Abrir menu principal
Thiago Medeiros
ThiagoMedeiros.jpg
Thiago Medeiros em Indianápolis, em 2006.
Período em atividade 1997–2008
Nacionalidade brasileiro
Data de Nascimento 24 de julho de 1982 (37 anos)
São Paulo, SP
Aposentaria 2008
IndyCar Series de 2006
Ano de estreia 2005
Antigas equipes 2 (Dreyer & Reinbold e PDM Racing)
Corridas 2 (1 largada)
Vitórias 0
Pódios 0
Poles 0
Voltas mais rápidas 0
Primeira corrida Estados Unidos Toyota Indy 400, 2005 (não-classificado)
Última corrida Estados Unidos 500 Milhas de Indianápolis, 2006
Outras competições
2007–2008
2006
2003–2004
1998–2002
1997–1998
Stock Car Brasil
USAC Silver Crown
Indy Pro/Indy Lights
Fórmula 3 Sul-Americana
Fórmula Chevrolet
Títulos
2004
1998
Indy Pro/Indy Lights
Fórmula Chevrolet

Thiago Cavalcante de Medeiros (São Paulo, 24 de julho de 1982) é um ex-piloto brasileiro de automobilismo, que competiu na Stock Car Brasil entre 2007 e 2008.

CarreiraEditar

Disputou a Fórmula Chevrolet entre 1997 e 1998, quando foi campeão em sua segunda temporada. Competiu também na Fórmula 3 Sul-Americana por 4 anos, ficando em 3º lugar na temporada de 2001.

Em 2003, foi para os Estados Unidos disputar a Indy Pro Series (atual Indy Lights pela Genoa Racing. Em seu primeiro ano na categoria, obteve 6 pódios e venceu a última etapa, no Texas Motor Speedway. Terminou o campeonato na quarta posição, com 371 pontos. Na temporada seguinte, venceu o campeonato por larga vantagem sobre o norte-americano Paul Dana (513 pontos, contra 379 do piloto da Hemelgarn Racing), representando a Sam Schmidt Motorsports.[1]. Sua última participação na Lights foi na etapa de Milwaukee, onde chegou em 6º lugar. No mesmo ano, venceu o prêmio Auto Racing All-America Team em seu grupo, tendo a seu lado Bill Auberlen[2].

A curta passagem pela IndyCarEditar

Em 2005, Thiago Medeiros fechou com a tradicional Patrick Racing, porém a Chevrolet (que fornecia os motores para a equipe) anunciou sua saída da Indy, atrapalhando os planos do brasileiro, que assinou com a Dreyer & Reinbold para disputar a última etapa da temporada, no Auto Club Speedway, em Fontana. Sua participação, no entanto, resumiu-se ao primeiro treino livre - ele bateu seu carro e não conseguiu vaga no grid. Mesmo assim, obteve 12 pontos e ficou em 39º na classificação geral.

Após disputar 7 corridas na USAC Silver Crown pela PDM Racing, a equipe inscreveu o brasileiro para as 500 Milhas de Indianápolis, conquistando a última vaga. Abandonou a prova com problemas elétricos em seu Panoz-Honda #18.

Volta ao Brasil e aposentadoriaEditar

De volta ao Brasil, Thiago Medeiros participou da temporada 2007 da Stock Car Brasil - disputou 4 corridas pela WB Motosport e as demais pela Bassani Racing.

Ele ainda competiu nas 5 primeiras provas da temporada 2008 pela equipe Nascar Racing, sendo companheiro do veterano Carlos Alves. Posteriormente, foi substituído pelo goiano Ruben Fontes. Desiludido com o automobilismo, encerrou a carreira no mesmo ano e passou a estudar aviação, tornando-se piloto de helicópteros em Dubai[3].

Referências

  1. «Medeiros Thiago». www.champcarstats.com. Consultado em 29 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 18 de janeiro de 2013 
  2. Victor Berto (20 de dezembro de 2004). «Thiago Medeiros premiado por jornalistas americanos». F1Mania 
  3. Gabriel Curty (29 de maio de 2015). «Conta-giro: campeão da Indy Lights em 2004, Thiago Medeiros larga carreira e vai pilotar helicópteros em Dubai». Grande Prêmio