Thure von Uexküll

professor académico alemão

Thure von Uexküll (Heidelberg, 15 de março de 1908Freiburg im Breisgau, 29 de setembro de 2004) foi um médico e linguista alemão, pai da psicossomática e da biossemiótica. Desenvolveu, de acordo com a abordagem medicinal, os estudos de seu pai, Jakob von Uexküll, sobre sistemas vivos.[1]

Thure von Uexküll
Thure e Jakob von Uexküll em 1915.
Nascimento 15 de março de 1908
Heidelberg, Alemanha
Morte 29 de setembro de 2004 (96 anos)
Freiburg im Breisgau, Alemanha
Nacionalidade alemão

De 1955 a 1965, foi diretor do Departamento de Ambulatório Médico da Universidade de Giessen e, de 1966 a 1977, do Departamento de Medicina Interna e Psicossomática da Universidade de Ulm. Em 1994, recebeu o título de Doutor Honorário da Universidade de Tartu.[2]

BibliografiaEditar

  • Der Sinn des Lebens (with Jakob von Uexküll). Godesberg: H.Küpper (1947).
  • Psychosomatic Medicine. München: Urban & Schwarzenberg (1997).
  • Theorie der Humanmedizin (with Wolfgang Wesiack). München: Urban & Schwarzenberg (1998).

Referências

  1. Uexküll, Thure von. «A teoria da Umwelt de Jakob von Uexküll». Galáxia (PUC-SP). 7: 19-48. Consultado em 18 de julho de 2020 
  2. Kalevi Kull; Jesper Hoffmeyer 2005. Thure von Uexküll 1908–2004. Sign Systems Studies 33(2): 487–494
  Este artigo sobre filosofia/um(a) filósofo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.