Abrir menu principal

Tito Ânio Papiano Milão

(Redirecionado de Tito Ânio Milão)
Tito Ânio Papiano Milão
Funções
Tribuno da plebe
Questor
Edil
Biografia
Nascimento
Morte
Visualizar e editar dados no Wikidata
Compsa (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Era
Cidadania
Atividade
Cônjuge
Fausta Cornelia (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Causa da morte

Tito Ânio Papiano Milão (em latim: Titus Annius Papianus Milo; Lanúvio, c. 95 a.C. - Compsa, 95 a.C. (-47 anos)) foi um político romano da etapa final da República Romana.

Ele era da gente Pápia, uma casa ilustre, de origem plebeia, e representada por vários cônsules, porém foi adotado por seu avô materno.[1]

CarreiraEditar

Segundo Ascônio, foi questor. Depois, foi tribuno da plebe e apoiou a causa de Cícero a pedido de Pompeu, que prometeu-lhe o consulado. Ele teve o apoio de seus colegas Públio Sêxtio, Tito Fádio, Mânio Cúrio, Caio Sextílio, Marco Císpio, Quinto Fabrício e Caio Mesênio. Os outros dois que favoreceram Sexto Arrílio foram Serrano Gaviano e Quinto Numério Graco, eram ligados à facção de Públio Clódio Pulcro.[1]

Referências

  1. a b François Catrou e Julien Rouille, Histoire Romaine. Avec des notes historiques, géographiques & critiques; des gravures en taille-douce; des cartes géographiques, & plusieurs médailles authentiques: Depuis la fondation de Rome (1730) [google books]

BibliografiaEditar

  • Uwe Homola: Untersuchungen zu Titus Annius Milo. Diss. Mannheim 1997
  • W.J. Tatum, The Patrician Tribune. Publius Clodius Pulcher, Chapel Hill 1999.
  • L. Fezzi, Il tribuno Clodio, Roma-Bari 2008