Brasão de Armas do Senhorio de Coucy.

Tomas de Marle, filho de Enguerrando I e de Ada de Marle, foi senhor de Coucy, de Marle e Conde de Amiens.Morto pelo conde de Vermandois Raul I, o Valente, por ordem de Luís VI o Gordo. Foi casado por duas vezes: Segundo registros ele repudiou a primeira esposa Ida de Hainaut, filha de Balduíno II conde de Hainaut para se casar com Melisenda de Crécy.

Ele lutou contra a pai, a quem odiava, entretanto ambos participaram da Primeira Cruzada. Em 1116, ele sucedeu seu pai como Senhor de Coucy. Ele era violento e sem lei e causou problemas para a Igreja (sendo por isso excomungado), o rei, e as cidades. Para apaziguar a situação ele fez concessões e doações à Igreja

Em 1116/1117, Luis, o Gordo, rei da França, tirou o senhorio de Coucy do pai de Tomás, Enguerrando I e confiscou o condado de Amiens dos senhores de Coucy, concedendo-o à condessa Adelaide de Vermandois. Os registros das crônicas de Guilherme de Nangis, diz que em 1128, o senhor de Coucy, Tomas de Marle em um enfrentamento contra as forças do rei francês, quando tentava retomar o seu castelo, foi capturado e entregue, mortalmente ferido, por Raul I de Vermandois ao rei.

GenealogiaEditar

Do primeiro casamento Tomás teve duas filhas:

  1. Ida de Coucy, casou-se por duas vezes: (1) Com Alardo de Cymaco ou Alardo III de Chimay e depois com (2) Bernardo de Orbais, filho de Sigério de Orbais.
  2. Beatriz de Coucy, esposa de Everaldo III de Breteuil, filho de Valeriano II de Breteuil e sua esposa Ivette ou Judith.

Do segundo casamento teve 4 filhos:

  1. Enguerrando II de Coucy
  2. Matilde de Coucy, esposa de Guido Châtelain de Amiens, filho de Adão Châtelain de Amiens e sua primeira esposa.
  3. Roberto de Boves (1146-1191), senhor de Boves, casou-se com Beatriz de Saint-Pol, filha do conde de Saint-Pol Hugo II e sua segunda esposa Margarida de Clermont. Beatriz trouxe o condado de Amiens como dote de casamento e assim Roberto tornou-se também conde de Amiens.
  4. Melisenda de Coucy, esposa de Hugo de Gornaio e depois com Adelmo Châtelain de Amiens, filho de Adão Châtelain Amiens e sua segunda esposa. Alguns autores nomeiam seu segundo casamento como sendo com Hugo IV Gournay, filho de Geraldo de Gournay e Edite de Warenne.

Tomás, foi sucedido em 1130, pelo primeiro filho do segundo casamento Enguerrando II, senhor de Coucy, conhecido também como senhor de La Fère, ou senhor de Marle.

Ver tambémEditar

  A Wikipédia possui o
Portal da Música Erudita

Ligações externasEditar

Referências e bibliografiaEditar

Precedido por
Enguerrando I
Senhorio de Coucy
1116-1130
Sucedido por
Enguerrando II