Abrir menu principal

Toxina (Marvel Comics)

Toxina (Marvel Comics)
Toxina (Marvel Comics).jpg
Codinomes conhecidos Pat, Paddy, Larry, Filho do Carnificina
Outro(s) nome(s) Patrick Mulligan
Eddie Brock
Espécie Humano com simbiose alienigena
Família Toxina:Carnificina (pai)
Venom (avô)

Patrick: Gina (esposa)
Edward Mulligan (filho)

Criado por Peter Milligan
Clayton Crain
Primeira aparição como Patrick Mulligan Venom/Carnage #1 (Setembro de 2004)
como Toxina Venom/Carnage #2 (Outubro de 2004)
como Eddie Brock:
Venom #17 (Maio de 2012)
Editora(s) Marvel Comics

Toxina é um personagem fictício do universo da Marvel Comics. Ele é o terceiro maior simbionte da série Homem-Aranha, o nono conhecido por ter aparecido nos quadrinhos fora do Planeta dos Symbiontes, e o primeiro simbionte que Homem Aranha considera um aliado, apesar das alianças temporárias com Venom em numerosas ocasiões. O primeiro usuário do simbionte Toxina é o ex-policial Patrick Mulligan. Toxina depois se liga a Eddie Brock como seu segundo usuário após Patrick Mulligan morrer.

Biografia FiccionalEditar

Assim como venom, Carnificina produziu um "filho": o terceiro simbionte. Carnificina sentia ódio e raiva de seu filho, pois estava com medo que seu filho fosse mais forte que ele e também por Cletus ser do sexo masculino e não querer ter que dar a luz. Venom descobre que Carnificina estava gravido e vai atrás dele para falar sobre o novo simbiose. Carnificina tinha decidido matar seu filho logo que ele nascese, diferente de Venom que o protegia para que educá-lo e transformá-lo em seu novo parceiro. Venom também estava preocupado que a 1000ª simbiose de sua linhagem se tornasse psicótica por causa da discriminação genética. Após o nascimento de seu "filho", Carnage sentia fraco demais para matar seu recém-nascido (devido, grande parte, à sua tentativa de reprimir o nascimento depois de enterrar a si mesmo). Como ele não podia matar seu recém-nascido, que ele implantou em Patrick Mulligan e fugiu com a intenção de matá-lo mais tarde e destruir o novo simbiose quando a sua força retornasse. Antes de ser implantado com o simbionte alienígena, Patrick Mulligan foi um dos melhores policiais de Nova York, mas ele também estava incomodado com vários problemas pessoais. Seu trabalho estressante, juntamente com a linhagem de sua família (sua esposa, Gina, estava grávida de seu primeiro filho, Edward). Uma noite, quando estava de serviço, se deparou com o local onde Carnificina estava dando à luz ao novo simbionse. Carnificina, necessitando de um hospedeiro para esconder o simbionte para mantê-lo longe de Venom, coloca o simbiose em Patrick. Carnificina resolveu matar tanto Patrick quanto o simbionse que estaca escondido em seu corpo mas toxina não era ainda suficientemente forte para se manifestar em um traje de super-potência como os simbionses Venom e Carnage. Venom ainda estava esperançoso de que ele seria capaz de usar este novo simbionte como um parceiro e lutou contra Carnage para proteger Pat e o simbionse que ele batizou de Toxina. De primeira, Patrick não sabia bem o que tinha acontecido com ele, mas em pouco tempo, o simbionse Toxina tinha amadurecido o suficiente para ganhar tanto o pensamento consciente, e a força para formar um traje simbionse no corpo de Pat. Após Carnage ter atacado Gina e Edward na sua casa, percebeu que o simbionse era um perigo para si próprio e sua família. Durante um confronto futuro entre Venom, Carnificina e Tóxina, Venom percebeu Patrick foi dedicado a uma vida de virtude e viu que Toxina era um perigo para ele. Venom e Carnage formaram um pacto temporário para destruir Toxina, como ficou claro até agora que ele é facilmente tão forte quanto qualquer um de seus antecessores, e ainda estava crescendo. O Homem-Aranha apareceu no confronto final entre o trio simbionse, e ajudou Toxina. Depois que acabou a luta contra Venom e Carnage, Toxina teve uma conversa com o Homem-Aranha, perguntando-o sobre o que tinha acontecido com ele. O Homem-Aranha lhe deu uma espécie de dica de coração para coração, e Tóxina resignou-se a uma vida de luta contra o simbionse bloqueando a entrar em violência e destruição, ao tentar aproveitar o seu poder para o bem. Ele saiu de casa deiando sua esposa e filho, e deixou a polícia para tentar chegar a termos com sua nova vida. Em 2005, depois de Homem-Aranha se juntou aos Novos Vingadores, a Marvel começou uma serie limitada de seis edições para Toxina com batalhas de Toxina com vários supervilões que escaparam da Balsa, como resultado dos eventos início a série New Avengers, bem como a sua constante batalha para manter o simbionse Toxina sob controle, ao contrário do Venom e Carnage, a mente simbionse ficou separada em Pat e Toxina, e eles ainda tinham conversas e argumentos de uns com os outros, ao contrário do seu "avô" Venom, a toxina não se refere a si mesmo como "nós". Durante todo o curso da minissérie, ele lutou contra King Cobra, o Destruidor, Piledriver, e Razor Fist. Em um ponto, tentando viver com o Toxina se torna demasiador para Pat, e ele tenta cometer suicídio, atirando-se na frente de um trem. Toxina interfere no último momento, salvando Pat e afirmando que, no fundo, Pat não queria morrer. Quando pressiona Pat a questão, no entanto, fica claro que, ao contrário dos simbionses Venom e Carnage, Toxina não é certeza de que poderia sobreviver por conta própria e encontrar um novo hospedeiro. (Ambos Venom e Carnage deixaram seus hospedeiros originais, Peter Parker, Eddie Brock, e Cletus Kasady, de se relacionar com os outros.) Foi nesta série limitada que o pai de Razor Fist assassinatos Patrick Mulligan, mas Pat/ Toxina começa a mostrar sinais verdadeiros de um herói faixas ele derrota Razor, mas em vez de mata-lo tanto como simbionse tinha desejo e Fist Razor, ele se controla e entrega Razor Fist à polícia. No final da série limitada, Pat se reconcilia com sua ex-esposa Gina por mostrar a ela o simbionte Toxina como uma forma de explicar por que ele saiu de sua família.

AcordoEditar

Pat e Toxina co-peram pacificamente em um negócio que é honrado por ambos. Pat estara em total controle do simbionte, se ele permitir que Toxina tenha duas horas de "brincadeira" a cada noite. No entanto, essas duas horas, não é permitido cometer quaisquer atos de roubo, incêndio, estupro ou homicídio.

Poderes e HabilidadesEditar

Toxina tem força, velocidade, agilidade e durabilidade super-humanas, e assim como seu pai e seu avô Toxina pode soltar teias organicas, escalar superficies em vertical e ter o sentido de aranha. Herdou de seu pai a capacidade de transformar a siombiose em machados ou laminas dependendo do que ele quer que vire

Ligações externasEditar