Trainspotting

(Redirecionado de Trainspotting (livro))
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre um livro. Para sua adaptação cinematográfica, veja Trainspotting (filme).
Trainspotting
Autor(es) Irvine Welsh
Idioma Inglês, scots
País  Reino Unido
Assunto Trabalhadores viciados em heroína
Género Comédia Negra
Localização espacial Leith, Edimburgo
Editora Martin Secker & Warburg
Lançamento 1993
Páginas 344
Edição portuguesa
Tradução Paulo Faria
Editora Relógio d'Água
Lançamento 1996
Páginas 369
ISBN 972-708-321-8
Edição brasileira
Tradução Daniel Galera e Daniel Pellizzari
Editora Editora Rocco
Lançamento 2004
Páginas 352
ISBN 8532517730

Trainspotting é o primeiro romance do escritor escocês Irvine Welsh, publicado pela primeira vez em 1993. Ele assume a forma de uma coleção de contos, escritos em escocês ou inglês britânico, girando em torno de vários moradores de Leith, Edimburgo, que usam heroína, são amigos do grupo principal de usuários de heroína ou se envolvem em atividades destrutivas retratadas implicitamente como vícios que têm a mesma função do vício em heroína. O romance se passa no final dos anos 1980[1] e foi descrito pelo jornal The Sunday Times como "a voz do punk, crescida, mais sábia e eloquente".[2]

Desde então, o romance alcançou um status de cult, somado ao sucesso global do filme baseado nele, Trainspotting (1996), dirigido por Danny Boyle.[3] O galês escreveu uma continuação, Porno, em 2002. Skagboys, um romance que serve como prequel, foi publicado em abril de 2012.[1][4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Irvine Welsh plans Trainspotting prequel». The Sunday Times. 16 de março de 2008. Consultado em 20 de março de 2020. Arquivado do original em 9 de maio de 2008 
  2. Lesher, Linda Parent (2015). The Best Novels of the Nineties: A Reader's Guide (em inglês). Jefferson: McFarland. p. 120 
  3. Petrie, Duncan J. (2004). Contemporary Scottish Fictions: Film, Television and the Novel (em inglês). Edimburgo: Edinburgh University Press. pp. 101–102 
  4. «Bookworm». The Scotsman. 2 de agosto de 2008. Consultado em 20 de março de 2020. Arquivado do original em 23 de janeiro de 2009