Abrir menu principal

Treinadores de Gimnasia y Esgrima La Plata

artigo de lista da Wikimedia

O Club de Gimnasia y Esgrima La Plata teve um total de 63 treinadores de futebol ao longo de sua história. O primeiro treinador do clube foi o húngaro Emérico Hirschl, quem dirigiu na instituição entre 1932 e 1934.

Alguns treinadores que ficaram na memória do clube foram Nito Veiga (quem conseguisse a ascensão em 1984), Roberto Perfumo (treinador na final da Copa Centenário), Carlos Timoteo Griguol (quem dirigiu à equipa em três etapas, totalizando dez anos) e o ex futebolista Pedro Troglio.

Em 1993 Roberto Perfumo faz-se cargo da condução técnica do clube, prévio à final da Copa Centenário, da qual consagrar-se-ia ganhador.

Num ano mais tarde, Carlos Timoteo Griguol toma o cargo de treinador e consegue 3 sub-campeonatos (Torneio Clausura 1995, Torneio Clausura 1996 e Torneio Abertura 1998). Dirigiria até 1999, quando emigraria ao Betis de Espanha. Voltaria em pouco tempo para dirigir ao lobo na temporada 2000/2001, para logo ser substituído pelo uruguaio Gregorio Pérez. Na temporada 2003/2004 Griguol começa sua terceira etapa em Gimnasia y Esgrima La Plata, em onde finaliza sua carreira como treinador de futebol.

Desde o 3 de janeiro de 2008 o treinador de Gimnasia y Esgrima La Plata é o ex futebolista do clube, Guillermo «Topo» Sanguinetti.[1] O «Topo» despediu-se do futebol aos 37 anos, totalizando 383 encontros locais e 18 internacionais, sendo o segundo futebolista com mais presenças na centenaria história de Gimnasia, por trás de Jorge San Esteban.[2]

Equipa Técnica 2008Editar

Actualizado ao Torneio Clausura 2008

  • Treinador:
    • Uruguai Guillermo Sanguinetti
  • Ajudantes de Campo:
    • Uruguai Edgardo Adinolfi
    • Argentina Pablo Fernández
  • Preparador Físico:
    • Uruguai Daniel Curbelo
  • Médico:
    • Argentina Pablo Del Compare
  • Coordenador de Futebol Profissional:
    • Argentina Mario Díaz
  • Coordenador de Futebol Amador:
    • Argentina Pablo Morant[3]

Treinadores 1932-2008Editar

RefêrenciasEditar

  1. «Sanguinetti asumió en Gimnasia». Diario El Día. 2008. Consultado em 04 de abril de 2008  Parâmetro desconhecido |Lugar= ignorado (|lugar=) sugerido (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «Chau, chau, adiós». Diario Hoy. 2003. Consultado em 3 de junho de 2008. Arquivado do original em 11 de dezembro de 2008  |accessodata= e |acessodata= redundantes (ajuda)
  3. «El nuevo coordinador». Letra G. 2008. Consultado em 04 de abril de 2008  Parâmetro desconhecido |Lugar= ignorado (|lugar=) sugerido (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda)