Troféu Raça Negra

premiação artística brasileira
Troféu Raça Negra
Estatueta do Troféu Raça Negra.
Organização ONG Afrobras (Organização Não Governamental)
Local Rio de Janeiro, RJ
País  Brasil
Sítio oficial

O Trófeu Raça Negra é um prêmio brasileiro que é entregue a indivíduos e grupos que contribuíram ou exibiram avanços para os afro-brasileiros.[1] Organizado pela ONG Afrobras, foi distribuído pela primeira vez em 2000, no 500º aniversário da chegada da Europa ao Brasil, e é realizado anualmente desde 2004.[2]

Em sua 13ª edição, foi entregue ao escritor nigeriano Wole Soyinka pelas mãos do então ministro da educação do Brasil, Aloizio Mercadante.[3]

Em 2017, o prefeito João Dória recebeu o troféu, mas não compareceu à cerimônia. A indicação de Dória ao prêmio foi duramente criticada pela mídia mais alinhada à esquerda.[4]

Na 16ª edição, em 2018, estiveram entre os homenageados, Mano Brown, e in memoriam, a vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco.[5]

Ver tambémEditar

Premiações brasileiras de televisão:

Referências

  1. «Folha Online - Cotidiano - Troféu Raça Negra 2006 será entregue neste domingo em SP - 19/11/2006». www1.folha.uol.com.br 
  2. nathanr (21 de novembro de 2017). «Troféu Raça Negra faz brado à luta pela igualdade racial». BoaVontade.com. Consultado em 21 de maio de 2018 
  3. «Mercadante entrega em São Paulo prêmio que homenageia Nobel de Literatura nigeriano». portal.mec.gov.br. Consultado em 12 de setembro de 2019 
  4. «O troféu Raça Negra para Dória era tão descabido que nem ele compareceu». Diário do Centro do Mundo. Consultado em 12 de setembro de 2019 
  5. «Mano Brown e Marielle serão homenageados com Troféu Raça Negra». www.bemparana.com.br. 15 de novembro de 2018. Consultado em 12 de setembro de 2019 

Ligações ExternasEditar