Tropic of Cancer

filme de 1970 dirigido por Joseph Strick
Tropic of Cancer
Trópico de Câncer (BRA)
 Estados Unidos
1970 •  cor •  87 min 
Direção Joseph Strick
Roteiro Betty Botley (roteiro)
Joseph Strick
Henry Miller (livro)
Elenco Rip Torn
Ellen Burstyn
James T. Callahan
Gênero drama
biografia
Lançamento 1970
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Tropic of Cancer (br.: Trópico de Câncer) é um filme biográfico estadunidense de 1970, produzido e dirigido por Joseph Strick. O roteiro adapta livremente o livro homônimo de Henry Miller (que faz uma ponta no filme), transpondo a trama para a época da produção enquanto originariamente a história se passava na década de 1930. As locações foram em Paris. O livro sofrera com a proibição nos Estados Unidos até a década de 1960 e o filme fora classificado como "proibido para menores" mas depois a Motion Picture Association of America atenuou a classificação.[1]

ElencoEditar

  • Rip Torn...Henry Miller
  • James T. Callahan...Fillmore
  • David Baur...Carl
  • Laurence Lignères...Ginette
  • Phil Brown...Van Norden
  • Dominique Delpierre...Vite Cheri
  • Magali Noël...Princesa
  • Raymond Gérôme...M. Le Censeur
  • Ginette Leclerc...Madame Hamilton
  • Sabine Sun...Elsa
  • Sheila Steafel...Tania
  • Gladys Berry...Madame Americana
  • George Birt...Sylvester
  • Stuart De Silva...Ranji
  • Steve Eckardt...Cronstadt (como Steve Eckhardt)
  • Edward Marcus...Boris (como Ed Marcus)
  • Ellen Burstyn...Mona Miller (não creditada)

SinopseEditar

Henry Miller é um escritor norte-americano que vive em Paris e passa durante alguns meses por grandes dificuldades financeiras devido a falta de emprego. Sua esposa também americana o abandona e ele só consegue lugar para comer e dormir devido a ajuda de alguns amigos igualmente expatriados. Enquanto aguarda vaga em um jornal, aceita alguns serviços temporários: de professor de inglês particular num colégio conservador e de intérprete de um jovem indiano rico. Sempre que consegue algum dinheiro não deixa de beber e se divertir nos bordeis e com as prostituas de rua. Mas seus amigos também enfrentam problemas, como Filmore, que sofre porque contaminou a amante Ginette com uma doença venérea ao mesmo tempo que a engravidou.

Referências

  1. Fox, Margalit (7 de junho de 2010). «Joseph Strick, Who Filmed the Unfilmable, Dies at 86». The New York Times. Consultado em 1 de abril de 2014