Tschlin é uma comuna da Suíça, no Cantão Grisões, com 448 habitantes. Estende-se por uma área de 75,08 km², de densidade populacional de 6 hab/km². Confina com as seguintes comunas: Curon Venosta (IT-BZ), Nauders (AT-7), Pfunds (AT-7), Ramosch, Samnaun, Spiss (AT-7).

Picto infobox map.png
Tschlin
Comuna da Suíça
Tschlin wappen.svg
Brasão de armas
Tschlin-Dorfbrunnen.jpg
Tschlin
Administração
Cantão Grisões
Distrito Inn
Localização(ões) Chaflur, Martina, San Niclà, Strada in Engiadina, Vinadi
Comunas
limítrofes
Curon Venosta (IT-BZ), Nauders (AT-7), Pfunds (AT-7), Ramosch, Samnaun, Spiss (AT-7)
Código postal 7559
Prefixo telefónico 081
Língua oficial romanche
Demografia
População 448 hab.
Densidade 6 hab./km²
Geografia
Coordenadas 46° 52' N 10° 25' E
Altitude 1.509 m
Área 75,08 km²
Website oficial www.tschlin.ch
Localização
Karte Gemeinde Tschlin.png

A língua oficial nesta comuna é o Romanche.

HistóriaEditar

Apesar de que foram encontrados objetos da Idade da Pedra e da Idade do Bronze em Tschlin, a primeira menção à vila data do século X. Neste século, o bispo Hildibald presenteou ao capítulo religioso de Coira uma casa de fazenda em Tschlin. Na Idade Média, Tschlin estava sob a autoridade de Ramosch. A igreça de St. Blasius foi contrauída em 1515, no estilo gótico. Em 1545, a Reforma Protestante alcançou a vila, e, em 1574-1582, o reformador e historiador Ulrich Campbell trabalhou em Tschlin. Em 1856, um incêndio destruiu parte da vila, incluindo a Igreja de São João Batista. A igreja não foi reconstruída, porém a torre da igreja ainda pode ser observada na vila.[1]

GeografiaEditar

Tschlin tem uma área de 75,1 km2. Deste total, 28,7% é utilizado na agricultura, enquanto 34,7% é ocupado por florestas. Do resto do território, 1,3% é ocupado por construções (estradas ou rodovias), e o restante (35,3%) é abrangido por áreas não-produtivas (rios, geleiras ou montanhas). A comuna está localizada no sub-distrito de Ramosch do distrito de Inn. Consiste na vila de Tschlin em uma colina sobre a margem esqueda do rio Inn, as seções de Strada e Martina, e os povoados de San Niclà, Chlafur, Sclamischot e Vinadi. Até 1943, Tschlin era conhecida como Schleins.[2] As comunas de Ramosch e Tschlin estão considerando uma fusão no futuro, que criaria a nova comuna de Valsot.

DemografiaEditar

A população de Tschlin (em 31 de dezembro de 2010) é de 448 habitantes. Em 2008, 6,3% da população era composta por estrangeiros.

A evolução histórica da população é apresentada pela tabela a seguir:

year population
1835 665
1850 571
1900 553
1930 648
1950 590
1960 553
1970 499
1980 431
1990 515
2000 392
2010 448

IdiomasEditar

De acordo com o censo de 2000, a maior parte da população fala romanche (71,4%), sendo o alemão o segundo idioma mais comum (25,5%), e o servo-croata aparencendo em terceiro, sendo falado por 1,0% dos habitantes da comuna.

Idiomas em Tschlin
Idiomas Censo de 1980 Censo de 1990 Censo de 2000
Número Percentual Número Percentual Número Percentual
Romanche 362 83.99 % 313 60.78 % 280 71.43 %
Alemão 64 14.85 % 130 25.24 % 100 25.51 %
Italiano 4 0.93 % 33 6.41 % 3 0.77 %
População 431 100 % 515 100 % 392 100 %

Bens culturais de importância nacional e regionalEditar

O Museu Stamparia da Strada é classificado como as a Swiss bem cultural suíço de importância nacional e regional.[3]

GaleriaEditar

Links externosEditar


Referências

  1. Dicionário Histórico da Suíça (em alemão)
  2. Amtliches Gemeindeverzeichnis der Schweiz publicado pelo Departamento Federal Suíço de Estatística (em alemão)
  3. «Bens culturais de importância nacional e regional (em alemão)». Consultado em 13 de junho de 2012. Arquivado do original em 1 de maio de 2009 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tschlin