UMAR (associação)

A UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta é uma associação portuguesa dos direitos das mulheres, criada em 1976.[1][2] O significado original do acrónimo UMAR era União de Mulheres Antifascistas e Revolucionárias, mas, em 1989, o nome da associação mudou para Movimento para a Emancipação Social das Mulheres Portuguesas e, em 1999, assumiu a designação atual.

UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta
Fundação 12 de setembro de 1976
Propósito Direitos das mulheres
Sede Lisboa, Portugal
Antigo nome
  • União de Mulheres Antifascistas e Revolucionárias (1976-1989)
  • Movimento para a Emancipação Social das Mulheres Portuguesas (1989-1999)
Sítio oficial umarfeminismos.org

A associação surgiu por iniciativa de militantes da União Democrática Popular (UDP), um partido político de Esquerda, todavia, sempre teve autonomia face à direção do partido, considerando-se um movimento independente, e que se manteve intacto após a dissolução do partido.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Almeida, São José (12 de setembro de 2016). «A conquista dos direitos das mulheres nunca é definitiva». Público. Consultado em 24 de junho de 2018 
  2. «Quem Somos». UMAR. Consultado em 24 de junho de 2018 

Ligações externasEditar