Udigrudi

De discografia reduzida, o movimento Udigrudi foi retratado como o movimento contra-cultural recifense, passando pelo conceito de "underground". A riqueza desse movimento foi ilustrado não apenas pela música, mas também por peças teatrais, textos, cinema, artes plásticas e até artesanato, levando em conta os bonecos e as críticas exarcebadas de alguns mestres artesãos de Caruaru, que estavam em ligação próxima ao mundo da música.

Iniciado na década de 1970 e embalado na psicodelia "pós-woodstockiana" e geração beatnik, muitos o nomearam de beat-psicodelia recifense, recebendo influências também da beatlemania, tropicalismo, jovem guarda e regionalismo. Continua sendo divulgado graças aos CD-r’s, já que poucos títulos dessa época foram relançados em CD’s.

Referências ao MovimentoEditar

Bibliografia sobre o assuntoEditar

LUNA, João Carlos. O Udigrudi da Pernambucália

TELES, José. Do Frevo ao Mangue Beat

  Este artigo sobre Cultura é um esboço relacionado ao Projeto Cultura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.