Abrir menu principal

União Nacional Africana Tanganica

A União Nacional Africana Tanganica (UNAT) (em inglês: Tanganyika African National Union - TANU) foi um partido político, sendo o principal na luta pela soberania no estado da Tanganica (atual Tanzânia), no Leste Africano. O partido foi formado a partir da Associação Africana Tanganica, por Julius Nyerere, em julho de 1954, quando ele estava ensinando no Colégio de São Francisco (que é agora conhecido como Pugu da High School).[1] A partir de 1964, passou a chamar-se União Nacional Africana da Tanzânia. Em janeiro de 1977, o partido fundiu-se com o partido no poder em Zanzibar, o Partido Afro-Shirazi (PAS ou ASP, em inglês) para formar a corrente revolucionária Chama Cha Mapinduzi. A política do partido era construir e manter um estado socialista visando à autosuficiência econômica e erradicação da corrupção e exploração, com os principais meios de produção e de troca sob o controle dos camponeses e trabalhadores.

Referências