Vache II Mamicônio

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Vache II.

Vache II Mamicônio (em armênio/arménio: Վաչե Բ Մամիկոնյան) foi um nobre armênio do século IV.

Vache II Mamicônio
Morte Após 378
Etnia Armênio
Progenitores Pai: Artavasdes II (?)
Amazaspes (?)
Religião Catolicismo

VidaEditar

A filiação de Vache é disputada. Para Christian Settipani, era filho de Artavasdes II, filho de Vache I, enquanto para Cyril Toumanoff, era filho de Amazaspes, um suposto filho de Artavasdes II. É citado na obra de Fausto, o Bizantino, segundo a qual o rei Varasdates (r. 374–378) nomeou-o chefe da família Mamicônio com a morte de Muchel I, filho de Bassaces I e neto de Artavasdes II, em 374/378. Em 378, quando Manuel, filho de Muchel I, retorna de seu exílio no Império Sassânida, Vache abdica de sua posição e lhe concede todas as honrarias devidas. Foi o próprio Vache que recebeu Manuel e seu irmão Cosme quando voltam do exílio.[1][2][3]

Referências

  1. Yarshater 1983, p. 531.
  2. Settipani 2006, p. 131-132.
  3. Toumanoff 1990, p. 329-330.

BibliografiaEditar

  • Settipani, Christian (2006). Continuidade das elites em Bizâncio durante a idade das trevas. Os príncipes caucasianos do império dos séculos VI ao IX. Paris: de Boccard. ISBN 978-2-7018-0226-8 
  • Toumanoff, Cyril (1990). Les dynasties de la Caucasie chrétienne de l'Antiquité jusqu'au xixe siècle : Tables généalogiques et chronologiques. Roma: Edizioni Aquila 
  • Yarshater, Ehsan (1983). The Cambridge History of Iran. The Seleucid, Parthian and Sasanid periods. 3(I). Cambridge: Cambridge University Press