Verdilhão-de-cabeça-preta

O verdilhão-de-cabeça-preta (Carduelis ambigua ou Chloris ambigua) é um Passeriforme da família Fringillidae.

Como ler uma infocaixa de taxonomiaVerdilhão de cabeça negra
Black-headed Greenfinch, Taunggye, Shan, Myanmar 1.jpg
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Fringillidae
Género: Chloris
Espécie: C. ambigua
Nome binomial
Chloris ambigua[1]
(Oustalet, 1896)
Sinónimos
  • Carduelis ambigua

DescriçãoEditar

O verdilhão de cabeça negra tem um comprimento de 13 cm. O macho tem a cabeça preta, asas pretas com barras amarelas, dorso acastanhado, cauda preta no lado superior e amarela no lado inferior; a garganta, o peito, a barriga e os flancos são amarelos com estrias acastanhadas e o bico é rosado. As fêmeas são parecidas com os machos, mas as cores são mais baças, a cabeça é mais cinzenta do que negra. Os juvenis são pardos e as estrias são mais escuras.[2] As vocalizações são semelhantes às do verdilhão (Chloris chloris), e do verdilhão-oriental (Chloris sinica). A fêmea constrói o ninho, num arbusto ou moita, a meia altura, em forma de taça, com palhas, musgo, raízes finas, pêlos, penas, ervas secas. Põe entre 3 a 5 ovos branco-azulados ou branco-esverdeados com pintas pretas ou castanho-escuras, que são incubados durante 13-14 dias. Depois de eclodirem as crias são alimentadas por ambos os progenitores.

DistribuiçãoEditar

Extremo nordeste da Índia (nordeste de Arunachal Pradesh), sul da China, sudeste da Região Autónoma do Tibete, Myanmar, Tailândia, Laos e Vietname.

TaxonomiaEditar

Recentes estudos filogenéticos indicam que o verdilhão dos Himalaias é parente próximo do verdilhão (C. chloris), do verdilhão-oriental (C. sinica) e do verdilhão-de-peito-amarelo (C. spinoides)[3] Conhecem-se duas subespécies [3][1]:

  • Chloris ambigua ambigua ( Oustalet, 1896) – Sul da China (oeste e sul de Sichuan, oeste e sudeste de Yunnan, oeste de Guizhou), este e nordeste de Myanmar, norte do Laos e noroeste do Vietname (oeste de Tonkin); noroeste da Tailândia (fora do território de reprodução).
  • Chloris ambigua taylori (Kinnear, 1939) – sul da China (sudeste de Xizang); extremo nordeste da Índia (nordeste de Arunachal Pradesh) (fora do território de reprodução).

HabitatEditar

Encontra-se em bosques de árvores de folha caduca e de coníferas, orlas de florestas, planícies de mato e arbustos, terrenos de cultivo.

AlimentaçãoEditar

Não é muito conhecida. Numa foto (Ottaviani, 2011) podemos vê-lo a alimentar-se de uma asterácea, dente-de-leão (taraxacum).

FilogeniaEditar

Obtida por Antonio Arnaiz-Villena et al.[4][5]

ReferênciasEditar

  1. a b Gill, F & D Donsker (Eds) (8 de janeiro de 2017). «Finches, euphonias». IOC World Bird List (v 7.1) (em inglês). Consultado em 16 de fevereiro de 2017 
  2. verdilhão-de-cabeça-negra Conteúdo Animal. Consultado em 23 de Julho de 2012
  3. a b black headed greenfinch The Internet Bird Collection. Consultada em 23 de julho de 2012
  4. Arnaiz-Villena, Antonio; Alvarez-Tejado M., Ruiz-del-Valle V., García-de-la-Torre C., Varela P, Recio M. J., Ferre S., Martinez-Laso J. (1998). «Phylogeny and rapid Northern and Southern Hemisphere speciation of goldfinches during the Miocene and Pliocene Epochs» (PDF). Cell.Mol.Life.Sci. 54(9):1031-41 
  5. Zamora, J; Moscoso J, Ruiz-del-Valle V, Ernesto L, Serrano-Vela JI, Ira-Cachafeiro J, Arnaiz-Villena A (2006). «Conjoint mitochondrial phylogenetic trees for canaries Serinus spp. and goldfinches Carduelis spp. show several specific polytomies» (PDF). Ardeola. 53: 1–17 

Ligações externasEditar