Abrir menu principal
Vikki Carr
Vikki Carr nos anos 1960-1970.
Informação geral
Nome completo Florencia Bisenta de Casillas Martinez Cardona
Nascimento 19 de julho de 1941 (78 anos)
Local de nascimento El Paso, Texas, EUA
Nacionalidade norte-americana
Gênero(s) Pop latino
Pop
Mariachi
Ocupação(ões) Cantora
Instrumento(s) Guitarra
Período em atividade 1962-presente
Gravadora(s) Liberty Records
Columbia Records
Universal Music Group
Página oficial vikkicarr.com

Vikki Carr, nome artístico de Florencia Bisenta de Casillas Martinez Cardona[1] (El Paso, Texas, 19 de julho de 1941), é uma cantora americana, humanitária e vencedora de três Grammy Awards. Ela já se apresentou em uma variedade de gêneros musicais, incluindo jazz, pop e country, mas ganhou maior notoriedade na Espanha.

Índice

CarreiraEditar

Cardona nasceu em El Paso, nos Texas. Depois de usar "Vikki Carr" como nome artístico, ela assinou um contrato com a Liberty Records no ano de 1962. Seu primeiro single que acalçou sucesso foi He's a Rebel, em português, Ele é um rebelde, chegando ao #5 lugar na Austrália e #115 nos Estados Unidos. Seu produtor, Phil Spector, ouviu Carr cortar uma música no estúdio e imediatamente gravou uma versão cover, que atingiu o primeiro lugar nos Estados Unidos. Em 1966, Carr fez uma turnê em que visitou o Vietnã do Sul com o ator e comediante Danny Kaye, com o objetivo de entreter as tropas americanas que lá se encontravam. No ano seguinte, seu álbum It Must Be Him foi gratificado com 3 Grammy Awards. A faixa-título alcançou a #3 posição na Billboard Hot 100 NOS Estados Unidos em 1967. It Must Be Him endeu mais de 1 milhão de cópias e foi premiado com um disco de ouro.[2] Carr também tinha outras duas canções, The Lesson de 1968 e With Pen in Hand de 1969, que foram ao Top 40 do Reino Unido. Em torno desse tempo, Dean Martin a chamou de "a melhor cantora feminina nos negócios". Carr teve 10 singles que alcançaram as paradas pop dos Estados Unidos da América e 13 álbuns que fizeram as paradas de álbuns pop dos Estados Unidos.

Em 1968, ela gravou seis especiais para a London Weekend TV. Ela apareceu em vários programas de televisão, como o ABC's The Bing Crosby Show entre 1964 e 1965. Em 1970, ela foi nomeada a "Mulher do Ano" pelo jornal Los Angeles Times. Carr também foi convidada a apresentar o programa The Tonight Show Starring Johnny Carson em 1973. Ela recebeu uma estrela na Calçada da Fama e foi convidada por cinco presidentes para cantar em cerimônias presidenciais de Richard Nixon, Gerald Ford, Ronald Reagan, George Bush e Bill Clinton.

Nos anos 1980 e 1990, Carr teve um enorme sucesso no mundo da música latina, vendendo o Grammy de Melhor Performance Mexicano-Americana em 1986 para o seu álbum Simplesmente Mujer, Melhor Álbum Pop Latino em 1992 para Cosas del Amor e Melhor Performance Mexicano-Americana em 1995, para Recuerdo a Javier Solis. Ela também recebeu indicaões ao Grammy para os discos Brindo a La Vida, All Bolero, A Ti (1983) e Emociones (1996). Seus inúmeros singles em espanhol incluem Total, Discúlpame, Déjame, Hay Otro en Tu Lugar, Esos Hombres, Mala Surte e Cosas del Amor. A última canção passou mais de dois meses em 1º lugar nas paradas latinas dos Estados Unidos, pelo ano de 1991, seu maior hit em língua espanhola dos EUA. Seus álbuns em espanhol também foram certificados com certificado de ouro e platina no México, Chile, Porto Rico, Venezuela, Costa Rica, Colômbia e Equador. Ela também foi nomeada ao Latin American Dub e ao Disney's Oliver and Company.

Em 1999, ela gravou um especial de TV para a PBS TV, chamados de Vikki Carr: Memories, Memorias, em que ela performou músicas bilíngues populares da década de 1940 e 19590. Seus convidados eram Pepe Aguilar, Arturo Sandoval e Jack Jones. Em 2001, ela lançou o álbum de férias bilíngue, chamado The Vikki Carr Christmas Album.

Em 2002, ela apareceu com grande sucesso em uma produção de Los Angeles feita por Stephen Sondheim para o musical Follies, que também contou com a presença de Hal Linden, Patty Duke e Harry Groener. Em 2006, Carr fez uma apariação especial em um thriller straight-to-video chamado Puero Vallarta Squeeze. Em 2008, Carr organizou um especial para a PBS TV, denominado de Fiesta Mexicana, onde celebrou a música, a dança e aspectos culturais em gerais do México. Mais tarde, naquele mesmo ano, ela foi homenageada com um Grammy Lifetime Achievement Award da Latin Academy Recording. Ela também fez aparição na cerimônia do Grammy Latino, no qual ela cantou Cosas del Amor, com Olga Tañón e Jenni Rivera.

Vikki Carr está atualmente gravando um rock latino chamado El Chicano, onde canta Sabor A Mi do seu mais recente álbum de estúdio que foi lançado em abril de 2014.

Trabalho de caridadeEditar

Respeitada tanto como artista e humanitária, Vikki Carr dedica seu tempo para muitas instituições de caridade, incluindo a United Way of America, American Lung Association, Muscluar Dystrophy Association e o hospital St. Jude. Por 22 anos, ela realizou concertos beneficentes para apoiar a Holy Cross High School, em San Antonio, nos Texas. Em 1971, ela criou a fundação Vikki Carr Scolarship Foundation, dedicada a oferecer bolsas de studo para estudantes latino-americanos na Califórnia e no Texas. Até hoje, a sua fundação concedeu mais de 280 bolsas de estudo no valor de mais de um quarto de um milhão de dólares.

DiscografiaEditar

ÁlbunssEditar

Ano Álbum US 200 US Latin UK
[1]
Notas
1963 Color Her Great! - - -
1964 Discovery! 114 - -
Discovery Vol. II - - -
1965 Anatomy of Love - - - Encartes por Ethel Merman
1966 The Way of Today! - - 31
1967 Intimate Excitement - - -
It Must Be Him 12 - 12 Lançamento no Reino Unido e Estados Unidos
1968 Vikki! 63 - -
Don't Break My Pretty Balloon - - -
1969 For Once in My Life 29 - - Canção ao vivo
1970 Nashville By Carr 111 - - Gravada em Nashville
1971 The Ways to Love a Man - - -
Que Sea El - - -
Vikki Carr's Love Story 60 - -
Superstar 118 - -
1972 The First Time Ever (I Saw Your Face) 146 - - Song Sung Blue no Reino Unido
En Español 106 - -
1973 Ms. America 142 - -
Live at the Greek Theatre 172 - -
1974 One Hell of a Woman 155 - -
1975 Hoy 203 - -
1976 The Story of a Woman - - - Ao vivo no Japão (lançado apenas no Japão)
1980 Y El Amor - - -
1981 El Retrato Del Amor - - -
1982 Vikki Carr - - -
1984 A Todos - - -
1985 Simplemente Mujer - - - #3 US Regional MX / #15 US Latin Pop
1986 Promesas - - -
Esta Noche Vendras - - -
OK Mr. Tango - - - Participação de Mariano Mores
1987 Dos Corazones (com Vicente Fernández) - - - #2 US Regional MX
Me Enloqueces - - -
1988 Esos Hombres - - - #4 US Latin Pop
1990 Set Me Free - - - Várias canções do álbum Esos Hombres' em inglês
1991 Cosas del Amor - - - #1 US Latin Pop
1992 It Must Be Him - The Best Of Vikki Carr - - -
1993 Brindo a La Vida, Al Bolero, A Ti - - -
1994 Recuerdo a Javier Solís - 35 - #10 US Latin Pop
1996 Emociones - - -
1998 Con el Mariachi Vargas de Tecalitlán - - -
1999 Memories, Memorias - - - Álbum feito para o especial de PBS TV
2001 The Vikki Carr Christmas Album - - -
2012 Viva La Vida - 49 - #16 US Latin Pop

SinglesEditar

  • Os anos representam o ano de lançamento, não necessariamente o gráfico de hit.
Ano Canção US 100 US AC US Latin UK
[1]
AUS Fonte
1962 "I'll Walk the Rest of the Way" - - - - - Single
"He's a Rebel" 115 - - - 5 Single
1963 "The Rose and Butterfly" - - - - - Single
"San Francisco" - - - - - Color Her Great!
"Poor Butterfly/Stay" - - - - - Discovery!
1964 "Forget You" - - - - - Single
1965 "The Color of Love" - - - - - Single
"Busca Ese Camino" - - - - -
"Unforgettable" - - - - - single
"Tell Her of Our Love" - - - - - Single
"None But the Lonely Heart" - - - - - Single
1966 "The Silencers" - - - - - Single
"Heartaches" - - - - - Anatomy of Love
"My Heart Reminds Me" - 31 - - - The Way of Today!
"Summer Samba (So Nice)" - 32 - - - Single
"Until Today" - 39 - - - Single
"Now I Know the Feeling" - 28 - - - Single
1967 "Sunshine" - - - - - Single
"There I Go" - - - 50 - Vikki!
"The Lesson" 34 1 - - - Vikki!
"It Must Be Him 3 1 - 2 2 It Must Be Him
1968 "She'll Be There" 99 13 - - - Don't Break My Pretty Balloon
"Your Heart is Free Just Like the Wind" 91 32 - - - Don't Break My Pretty Balloon
"Don't Break My Pretty Balloon" 114 7 - - - Don't Break My Pretty Balloon
"A Dissatisfied Man" - 18 - - - Single
1969 "With Pen in Hand" 35 6 - 39 - For Once in My Life
"Can't Take My Eyes off You" - - - - - It Must Be Him
"Eternity" 79 5 - - - Single
1970 "Singing My Song" - 30 - - - Nashville
"Everybody's Talkin'" - - - - - Nashville
"Ain't No Mountain High Enough" - - - - - Vikki Carr's Love Story
"For Once in My Life" - - - - - For Once in My Life
"I'll Be Home" 96 7 - - - Vikki Carr's Love Story
1971 "Six Weeks Every Summer (Christmas Every Other Year)" - 28 - - - Vikki Carr's Love Story
"I Can't Give Back the Love I Feel for You" - - - - - Superstar
"Que Sea El" - - - - - Que Sea El
"I'd Do It All Again" - 39 - - - Superstar
1972 "The Big Hurt" 108 31 - - - single
"Grande, Grande, Grande" - - - - - En Español
"Let the Band Play On" - - - - - single
1973 "Ms. America" - - - - - Ms. America
"Leave a Little Room" - - - - - Live at the Greek Theatre
1974 "Sleeping Between Two People" - - - - - One Hell of a Woman
"One Hell of a Woman" - - - - - One Hell of a Woman
"Wind Me Up" - 45 - - - One Hell of a Woman
"It Came upon a Midnight Clear" - - - - - Single
1975 "Hoy" - - - - - Hoy
"Puttin' Myself in Your Hands" - - - - - Single
1980 "Disculpame" - - - - - Y El Amor
"Abrazame" - - - - - Y El Amor
1981 "Total" - - - - - El Retrato del Amor
1982 "Todo Me Gusta de Ti" - - - - - Vikki Carr
1983 "Ya" - - - - - Vikki Carr
"Prefiero Amar un Extraño" - - - - - El Retrato del Amor
"Eso No" - - - - - El Retrato del Amor
1984 "Comprendeme" - - - - - A Todos
1985 "Ni Princesa Ni Esclava" - - - - - Simplemente Mujer
"Atrapame" - - - - - Simplemente Mujer
"Ni Me Viene Ni Me Va" - - - - - Simplemente Mujer
"Cantare, Cantaras" - - - - - Hermanos
1986 "Promesas" - - - - - Promesas
"Yo Creo en un Mundo de Amor" - - - - - OK Mr. Tango
"Esta Noche Vendras" - - 33 - - Esta Noche Vendras
"Tu Dicha, Tu Calma" - - - - - Esta Noche Vendras
"Asi es la Vida" - - - - - Esta Noche Vendras
1987 "Que No Que No" - - - - - Me Enloqueces
"Fallaste Corazon" - - - - - Me Enloqueces
"Me Parece Perfecto" - - - - - Me Enloqueces
"Dos Corazones" (com Vicente Fernández) - - 10 - - Dos Corazones
"Juntos los Dos" - - - - - Dos Corazones
1988 "Mala Suerte" - - 3 - - Esos Hombres
"Hay Otro en Tu Lugar" - - 14 - - Esos Hombres
"Esos Hombres" - - 37 - - Esos Hombres
1991 "Cosas Del Amor (com Ana Gabriel) - - 1 - - Cosas del Amor
"Me Estoy Volviendo Loca" - - - - - Cosas del Amor
"Con los Brazos Abiertos" - - - - - Cosas del Amor
1993 "Dejame" - - 30 - - Brindo a La Vida, Al Bolero, A Ti
"Nadie" - - - - - Brindo a La Vida, Al Bolero, A Ti
"Una Mujer" - - - - - Brindo a La Vida, Al Bolero, A Ti
1994 "Amaneci en Tus Brazos" - - - - - Recuerdo a Javier Solis
"Sombras" - - - - - Recuerdo a Javier Solis
"En Mi Viejo San Juan" - - - - - Recuerdo a Javier Solis
1996 "Emociones" - - - - - Emociones
"Que No Se Rompa la Noche" - - - - - Emociones
1998 "No Soy de Piedra" - - - - - Con El Mariachi Vargas de Tecalitan

Referências culturaisEditar

  • No seriado Whither Canada?, o primeiro episódio de Monty Python's Flying Circus, há uma piada sobre porcos sendo mortos, geralmente por acidentalmente sentarem por cima deles. Durante os créditos finais para os episódios, o locutor John Cleese diz: "E aqui está o resultado final: 9 porcos e 4 bípedes britânicos. Os porcos encontrarão Vikki Carr no final".
  • No seriado The Nanny, o episódio "Strange Bedfellows", Fran Drescher celebra a aposentadoria de uma colega babá, interpretada por Tyne Daly, dando-lhe o mais novo CD de Vikki Carr, que passa a ser a cantora favorita da babá aposentada.
  • No seriado Moonstruck, estrealado por Cher e Nicolas Cage, quando Loretta Castorini chega em casa para contar ao pai, interpretado por Vincent Gardenia, que ela setá noiva de Johnny Cammerieri, a personagem de Cher e seu pai contam à mãe a notícia. A família tem uma acalorada discussão sobre quem deve pagar o casamento. O pai de Loretta termina a luta, colocando uma canção de Vikki Carr. A mãe, a Sra. Castorini, interpretada por Olympia Dukakis, alega que: "agora ele vai ouvir essa canção de Vikki Carr e quando ele vier para cama, ele não me tocará".
  • Na sitcom de animação norte-americana Family Guy, no episódio Total Recall, Peter tem inveja de sua esposa Lois, depois dela ter se tornado muito popular entre seus amigos. Depois ela comenta que, "um deles dirige um Volvo", referindo-se à um "trapézio novo", uma piada que não faz sentidos, mas Peter e todos os outros riem. Ele observa e diz: "e daí? Ela pode me nomear um tipo de carro. Grande coisa, eu posso fazer isso também... Vikki Carr...Vikki".
  • Uma vez, o presidente Gerald Ford referiu Carr como seu prato mexicano favorito.

Referências

  1. a b c Roberts, David (2006). British Hit Singles & Albums 19th ed. London: Guinness World Records Limited. p. 95. ISBN 1-904994-10-5 
  2. Murrells, Joseph (1978). The Book of Golden Discs 2nd ed. London: Barrie and Jenkins Ltd. p. 217. ISBN 0-214-20512-6