Vila Fernandes (Goiânia)

Vila Fernandes
  Bairro do Brasil  
Localização
Unidade federativa  Goiás
Região administrativa Central
Município Goiânia
História
Criado em 02 de Abril de 1992
Características geográficas
Área total 0,01 (km²)
População total 80 hab.
Densidade 5.696,23 hab./km²
 • Homens 39
 • Mulheres 41
Outras informações
Limites Chácara Tocafundo, Residencial Bethel, Vila São Luiz, Vila Nossa Senhora Aparecida, Morumbi, Vila Vera Cruz, Setor Centro Oeste e Urias Magalhães
Fonte: Não disponível

Vila Fernandes é um bairro de Goiânia, localizado na região central, próximo a bairros como Urias Magalhães, Morumbi, Centro Oeste, Vila São Luiz e Vila Nossa Senhora Aparecida e à via Av. Marechal Rondon, via de acesso à região central.[1]

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados pela prefeitura, no Censo 2010 a população da Vila Fernandes era de 80 pessoas.[2]

Pela proximidade com o bairro de Campinas, sua extensão abrange áreas residenciais e comerciais. Com uma grande mancha urbana e proximidade com o Rio Meia Ponte e seus afluentes, já ocorreram problemas fluviais na região.[3]

O bairro foi criado em 02 de Abril de 1992[4], oriundo de terrenos de Valdivino Fernandes.[5]

Referências

  1. «Quadro: 3.5.3 - Bairros com população e sua área de abrangência por região - Goiânia - 2013» (PDF). Prefeitura de Goiânia. Consultado em 27 de Janeiro de 2020 
  2. «3.5.1 - Estimativa - Redistribuição da população residente em Goiânia, por bairro e gênero - 2010» (PDF). Consultado em 27 de Janeiro de 2020 
  3. Rego, Thalyta Lopes; Barros, Juliana Ramalho (16 de junho de 2014). «ALAGAMENTOS E INUNDAÇÕES EM GOIÂNIA: UMA ANÁLISE A PARTIR DA IMPRENSA LOCAL E DOS REGISTROS DA DEFESA CIVIL». Formação (Online). 1 (21). ISSN 2178-7298. doi:10.33081/formacao.v1i21.2358 
  4. «Vl Fernandes Decreto de Aprovação de Loteamento 405/1992». Diário Oficial do Município. 18 de Maio de 1992. Consultado em 27 de Janeiro de 2020 
  5. «Vl Fernandes Certidão de Registro de Parcelamento 7204». Cartório do Registros de Imóveis na 2ª Zona. Consultado em 27 de Janeiro de 2020