Portal:Goiás


Portal de Goiás


Portal Goiás
Este portal pretende reunir informações sobre os mais variados temas relacionados com o estado brasileiro de Goiás.
VacaBravaian.jpg Goiás (Goiás) 16.jpg Parque Ambiental Ipiranga 9.jpg Vista da Região Central de Rio Verde.jpg Morro cabeludo - Parque dos Pireneus - Pirenópolis - Goiás 01.jpg Igreja Matriz em Pirenópolis, 2013.jpg Iub3.JPG Prédios de Caldas Novas 1.jpg Basilica no natal.jpg Vale do.jpg Foto panorâmica de Luziânia Goiás.jpg


Goiás

Goiás Goiás
Mapa do estado e localização no Brasil
Goiás (pronúncia em português: /ɡoˈjas/) é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Situa-se a leste da Região Centro-Oeste, no Planalto Central brasileiro. O seu território é de 340.257 km², sendo delimitado pelos estados do Mato Grosso do Sul a sudoeste, Mato Grosso a oeste, Tocantins a norte, Bahia a nordeste, Minas Gerais a leste, sudeste e sul e pelo Distrito Federal a leste.

Goiânia é a capital e maior cidade do estado, assim como sede da Região Metropolitana de Goiânia, a única no estado. Outras cidades importantes, fora da região metropolitana de Goiânia, são: Anápolis, Rio Verde, Itumbiara, Catalão, Luziânia, Formosa, Jataí, Porangatu, Caldas Novas e Niquelândia, que também são as maiores cidades em população do interior do estado, além das cidades que compõem o Entorno do Distrito Federal. Ao todo são 246 municípios.

Com 6,6 milhões de habitantes, é o estado mais populoso da Região Centro-Oeste e o 12º mais populoso do país. Possui, ainda, a nona maior economia entre as unidades federativas brasileiras. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás, em junho de 2011 registram-se 4 406 920 eleitores.

A cultura goiana é muito conhecida nacionalmente, principalmente através da música, em especial a música sertaneja. Goiás é considerado pelos críticos musicais como o "seleiro" da música sertaneja no Brasil.

Artigo destacado aleatório

Ponte Affonso Pena, em Itumbiara.

A Ponte Pênsil Affonso Penna é uma ponte localizada na divisa dos estados brasileiros de Goiás com Minas Gerais. É a ponte pênsil mais antiga do Brasil. É o principal símbolo da cidade de Itumbiara. A estrutura de ferro da Ponte Affonso Penna veio da Alemanha até o Rio de Janeiro de navio, depois seguiu até Araguari de trem e, de lá para Itumbiara, em carro de boi. A construção da Ponte Affonso Penna significou a ligação do Centro-Oeste brasileiro com as outras regiões do País, já que unia as regiões Sul e Sudeste ao Sul goiano e ao Mato Grosso.

A antiga Ponte Affonso Penna começou a ser construída em 1908, no então povoado de Santa Rita do Paranaíba, atraindo pessoas de várias pontos da região para acompanhar sua instalação, e foi inaugurada no dia 15 de novembro de 1909, recebeu o nome em homenagem ao Presidente Afonso Augusto Moreira Pena. Após a construção da Rodovia BR-153, no decorrer da década de 1960, o movimento passou para a ponte construída para atender a rodovia. E no início da década de 1970, com a construção da Usina Hidrelétrica de Itumbiara (Furnas), engenheiros da estatal mudou o lugar de origem da Ponte Affonso Penna para atender a Vila Operaria na cidade de Itumbiara com o canteiro da obra na localidade denominada Araporã, Minas Gerais.


História

A história de Goiás se inicia no fim do século XVI, quando as explorações portuguesas não mais se limitaram à região do litoral. A caça ao índio, a busca por riquezas minerais e a evangelização foram os principais responsáveis pela exploração do Centro-Oeste. O desbravamento inicial da região deve-se aos missionários do norte e aos bandeirantes do sul. Já no século XVII, em função da catequese empreendida pelos jesuítas na Amazônia, missionários sob a chefia de frei Cristóvão de Lisboa percorrem a área do Tocantins, onde fundam missões religiosas em 1625. As origens históricas de Goiás estão diretamente ligadas à corrida do ouro empreendida pelos bandeirantes paulistas, em razão da qual o território goiano é esquadrinhado ao longo do século XVIII.

Os paulistas Bartolomeu Bueno da Silva, o Anhanguera, João Leite da Silva Ortiz e Domingos Rodrigues do Prado, em troca da isenção de impostos pela passagem dos rios da região, por três gerações, e outras vantagens, saem de São Paulo em 1722 para descobrir as abundantes lavras de Goiás em 1725. Com o objetivo de novas descobertas, Bartolomeu Bueno retorna ao território goiano em 1726 quando é levantada a primeira povoação goiana, o Arraial da Barra, na confluência dos rios Vermelho e Bugre. Achadas depois as minas de Vila Boa, em meados de 1727, para aí se passarem quase todos os habitantes da Barra e levantarem o arraial de Nossa Senhora de Sant'Ana e a respectiva capela no local em que hoje se ergue a igreja matriz.

Imagem aleatória

Categorias

Como colaborar

Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com o Estado de Goiás na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração:


Você sabia

  • ...que a primeira cidade do estado foi a de Vila Boa, que hoje chama-se Cidade de Goiás?
  • ...que Goiânia foi a primeira cidade planejada do Centro-Oeste nos anos 1930?
  • ...que não existem cobradores nos ônibus de Goiânia, toda cobrança é feita por meio de cartões e catracas eletrônicas?
  • ...que o estado do Tocantins era parte do estado de Goiás até 1988, quando foi desmembrado?
  • ... que Goiás é o estado geograficamente mais central do Brasil?


Biografia destacada

Cora Coralina

Cora Coralina, pseudônimo de Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas (Cidade de Goiás, 20 de agosto de 1889Goiânia, 10 de abril de 1985), foi uma poetisa e contista brasileira. Considerada uma das mais importantes escritoras brasileiras, ela teve seu primeiro livro publicado em junho de 1965 (Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais), quando já tinha quase 76 anos de idade, apesar de escrever seus versos desde a adolescência. Mulher simples, doceira de profissão, tendo vivido longe dos grandes centros urbanos, alheia a modismos literários, produziu uma obra poética rica em motivos do cotidiano do interior brasileiro, em particular dos becos e ruas históricas de Goiás.

Senhora de poderosas palavras, Ana escrevia com simplicidade e seu desconhecimento acerca das regras da gramática contribuiu para que sua produção artística priorizasse a mensagem ao invés da forma. Preocupada em entender o mundo no qual estava inserida, e ainda compreender o real papel que deveria representar, Ana parte em busca de respostas no seu cotidiano, vivendo cada minuto na complexa atmosfera da Cidade de Goiás, que permitiu a ela a descoberta de como a simplicidade pode ser o melhor caminho para atingir a mais alta riqueza de espírito.

Predefinições

Wikimedia

Goiás no Wikinotícias     Goiás no Wikiquote     Goiás no Wikilivros     Goiás no Wikisource     Goiás no Wikcionário     Goiás na Wikiversidade     Goiás no Wikivoyage     Goiás no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Guias de viagem Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/Goi%C3%A1sWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/Goi%C3%A1sWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/Goi%C3%A1sWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/Goi%C3%A1sWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/Goi%C3%A1sWiktionary-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Goi%C3%A1sWikiversity-logo.svg
https://pt.wikivoyage.org/wiki/Special:Search/Goi%C3%A1sWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:Goi%C3%A1sCommons-logo.svg