Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O Expresso de Von Ryan
 Estados Unidos
1965 •  cor •  117 min 
Direção Mark Robson
Produção Saul David
Roteiro Wendell Mayes
Joseph Landon
Género guerra
Música Jerry Goldsmith
Direção de fotografia William H.Daniels
Direção de arte Jack Martin Smith
Hilyard Brown
Edição Dorothy Spencer
Companhia(s) produtora(s) 20th Century Fox
Lançamento 23 de junho de 1965
Idioma inglês

Von Ryan's Express (br/pt: O Expresso de Von Ryan[1][2]) é um filme de guerra norte-americano de 1965, produzido e dirigido por Mark Robson. Baseado no livro homônimo de David Westheimer.

SinopseEditar

Em 1943 a Itália era dominada pelos nazistas, porém estava prestes a ser libertada pelos aliados. Numa destas batalhas de libertação o Coronel Joseph Ryan (Frank Sinatra) teve seu avião derrubado, é capturado e mandado para um campo de prisioneiros de guerra que é comandado pelo Major Battaglia, oficial italiano sob ordens dos nazistas. Com a aproximação dos aliados a guarda italiana abandona o campo de prisioneiros deixando apenas o Major Battaglia (Adolfo Celi) e o Capitão Oriani (Sergio Fantoni), este simpático à libertação da Itália pelos aliados. Com a ajuda deste capitão o Coronel Ryan toma de assalto uma composição ferroviária e dá início a uma fuga com o propósito de atingir a Suíça, então um pais neutro.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

Filmado em Cortina d'Ampezzo e na Estação Santa Maria Novella de Florença, ambas na Itália e em Málaga na Espanha.

PremiaçõesEditar

Foi indicado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas ao Óscar de melhores efeitos sonoros.

Referências

Ligações externasEditar

  A Wikipédia possui o
Portal Cinema
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.