Voo Aeroflot 821

Acidente aéreo

O voo Aeroflot 821 foi um voo operado pela Aeroflot-Nord, uma divisão da Aeroflot, que caiu próximo ao Aeroporto Bolshoye Savino, no distrito industrial de Perm (57° 58′ 17″ N, 56° 12′ 54″ L), em 14 de setembro de 2008. Todos os seus 83 passageiros e 5 tripulantes morreram. O avião caiu sobre a linha férrea Transiberiana, o que obrigou a suspender o tráfego no trecho Yekaterimburgo-Perm.[1][2]

Voo Aeroflot 821
A aeronave envolvida, em 5 de junho de 2008, três meses antes da queda
Sumário
Data 14 de setembro de 2008
Causa erro do piloto
má gestão dos recursos da tripulação
desorientação espacial
Local Rússia Perm, Rússia
Origem Aeroporto Internacional Sheremetyevo, Moscou
Destino Aeroporto Bolshoye Savino, Perm
Passageiros 83
Tripulantes 5
Mortos 88
Feridos 0
Sobreviventes 0
Aeronave
Modelo Boeing 737-505
Operador Rússia Aeroflot-Nord
Prefixo VP-BKO

CausasEditar

As causas do acidente foram desorientação espacial da tripulação e falha do comandante na programação do piloto automático na fase final do voo, fazendo com que a aeronave fizesse uma descendente à esquerda, colidindo contra o solo. A perda de orientação espacial ocorreu durante o voo noturno, entre nuvens, com o piloto automático desativado e controle automático de potência. Os fatores que contribuíram para a perda de orientação e a inabilidade para a recuperação, foram a falta de treinamento da tripulação para pilotar aquele modelo de aeronave, falha de gerenciamento e incapacidade para lidar com os equipamentos mais complexos da aeronave como os Indicadores de Direção de Atitude (Attitude Director Indicator - ADI). O equipamento era mais complexo do que os que a tripulação estava habituada a operar em aviões como Tu-134 e Antonov 2. Além destes fatores, uma quantidade não especificada de álcool foi encontrada no corpo do piloto, que também estava sendo submetido a um excesso de carga de trabalho.[3]

MortesEditar

Nacionalidade Mortes
  Rússia 67
  Azerbaijão 9
  Ucrânia 5
  França 1
  Suíça 1
  Letônia 1
  Estados Unidos 1
  Alemanha 1
  Turquia 1
  Itália 1
Total 88

Entre os mortos está o coronel militar russo Gennady Troshev.

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um acidente aéreo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.