Wikipédia Discussão:Votações/Direito ao voto (adendo)

Adicionar discussão
Discussões ativas

VotosEditar

Estou escrevendo aqui segundo conselho que me foi dado para tratar da seguinte questão: O usuario Paulo Juntas tomou a liberdade de invalidar meus votos em varias votações, argumentando ele que não tenho o minimo de 100 contrubuições validas. Eu e o Paulo estamos discordando do que caracteriza uma edição valida. Eu fui até a pagina onde ocorreu a restrição do voto: http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikipedia:Vota%C3%A7%C3%B5es/Direito_ao_voto e vi que tem uma parte que trata justamente dese assunto, de acordo com o que diz na pagina da votação acredito que minhas contrubuições sejam validas, o Paulo no entanto esta se baseando em coisas que foram ditas na pagina de discussão da pagina mencionada acima. Pegunto eu: O que tem valor o texto que foi votado ou opinões expressas na pagina de discussão? --Acer 01:31, 29 Setembro 2005 (UTC)


Para melhor esclarecimento desta questão sugiro a leitura das considerações feitas pelo Gervásio e por mim C.#Direito_ao_voto aqui, bem como da

página de discussão da votação em causa. Paulo Juntas 01:45, 29 Setembro 2005 (UTC)

Para melhor compreensão o que está aqui em causa é a votação que diz que usuários com menos de 100 edições não podem votar sendo colocado em causa se essa edições são apenas no Domínio Principal, ou não. Paulo Juntas 01:50, 29 Setembro 2005 (UTC)
Esta questão deve-se à minha acção de invalidação dos votos de Acer e Jura nas votações para a eleição de administradores. Paulo Juntas 08:51, 29 Setembro 2005 (UTC)

É exatamente o que o Paulo disse, ele explicou melhor do que eu... --Acer 01:57, 29 Setembro 2005 (UTC)

Obviamente que só contam edições no domínio principal... se não era só editar a nossa página de usuário (que ninguém ia reverter, em princípio). -- Nuno Tavares 02:35, 29 Setembro 2005 (UTC)

No entando não é isso que esta escrito na pagina de votação... --Acer 03:12, 29 Setembro 2005 (UTC)

Isso era tão óbvio (à luz dos acontecimentos na altura e da discussão por detrás dessa votação) que alguém (eu?) se esqueceu de especificar. Seja como for, se a validade das suas (Acer) foi colocada em causa, talvez seja melhor mostrar a alguém que são, de facto, válidas, editanto e não discutindo - até porque as discussões não lhe estão a aumentar as edições válidas.
Deixo aqui como referência alguns locais onde foi explicitado que seria no domínio principal - como se não fosse óbvio: [1] [2] [3] [4] [5] .

Caro Acer, em que medida é que uma edição numa página de discussão deve ser considerada válida ou não? Devia ter-se colocado essa questão a si próprio, não concorda?

Não obstante, falta, de facto, a referência domínio principal. -- Nuno Tavares 04:31, 29 Setembro 2005 (UTC)

Direito ao voto questionado - Não vou transcrever aqui as mensagens que trocamos na página da Clara C. sobre isso, basta que leiam aqui, no tópico Direito ao voto. Colocarei, entretanto, algo que o Acer está se esquecendo, de que na própria página mestra das Votações (Wikipedia:Votações), bem no alto, diz o seguinte: Votações são preteridas em favor de consensos. De qualquer forma, uma ampla discussão e um consenso devem ser tentados antes do início da votação. Isto para mim, assim como para o Juntas, ficou transparente, decidimos lá naquela página por consenso serem as edições mínimas no domínio principal bem como estar registrado antes do início da votação e fomos para votação para definir o número de edições e o tempo de registro antes do início da votação. O fato de não constar todas as letras minuciosamente na votação pelo que diz a própria regra das votações não invalida de forma alguma o que foi decidido por consenso na página de discussão. O que queremos, e suponho que o Acer também queira, é o melhor para nossa Wikipédia, logo ter um mínimo de edições no domínio principal e ter um mínimo de tempo de edições a partir da primeira edição é de fato indispensável para um usuário poder participar dos processos democráticos que temos aqui. Foi isto que motivou aquela discussão. Não podemos simplesmente passar por cima disso. Agora, uma coisa, quando revisei o status de edições do Acer no domínio principal há dois/três dias atrás, o Acer estava com 46 edições. Olhei de novo agora pela manhã e o Acer continua com 46 edições... Ora, Acer, as edições em páginas de usuário, testes, discussão, etc, não podem contar mesmo para validação de votos. Trabalhe um pouco mais do domínio principal, caro amigo, tenho certeza de que logo terás mais de 100 edições e logo poderás estar postando teu voto em nas votações que aqui se desenrolam. Gervásio Santana de Freitas 12:01, 29 Setembro 2005 (UTC)

Eu também acho que era óbvio que as 100 edições se referiam a edições no domínio principal. No entanto... a confusão apareceu. Queria por isso e sem sarcasmo agradecer ao Acer a oportunidade para esclarecer isto de forma civilizada. E além disso, estou certa de que logo logo vai ter as 100 edições necessárias para exercer o seu direito de voto (não são assim tantas!). Podiamos votar uma adenda à votação para esclarecer isto mesmo. Muriel 12:41, 29 Setembro 2005 (UTC)

Também considero que as 100 contribuições se referem ao domínio principal. Lusitana 12:48, 29 Setembro 2005 (UTC)

Faço minhas as palavras do Juntas e do E2m. Desde o princípio da votação, parecia a mim implícito que as 100 edições referiam-se ao domínio principal, e que do mesmo modo os 45 dias deveriam ser contabilizados no momento do início da votação. De todo modo, acho que esta confusão aponta para o fato de que precisamos documentar melhor as decisões que tomamos, seja por consenso, seja por votação. Isto parecia à maioria de nós evidente porque participamos todos das discussões que levaram àquela votação. Aqueles que não acompanharam este processo não tem obrigação de saber disso, e em Wikipedia:Votações o texto diz apenas "edições válidas" e "45 dias". Abs, Loge | fogo! 13:48, 29 Setembro 2005 (UTC)

Olá. Também compartilho do entendimento de que trata-se de contribuições no domínio principal.
Todavia, parece-me que, no caso que estamos discutindo, o que houve foi uma precipitação na hora de anular os votos ou, antes, pode ser que tenha faltado algum aviso aos usuários de que seus votos seriam invalidados. Então, não havendo outros impedimentos aos referidos usuários, não vejo mal em que se abra uma exceção e se contabilizem seus votos.
E, reforçando o que Loge disse acima, já que não tinha ficado claro para todos, talvez seja o caso de realçar essa restrição, para evitar outros contratempos do gênero no futuro.
Vale realçar que todas as contribuições são importantes, aí incluídas as reversões e as edições das páginas de usuários. Porém, nem todas as contribuições são essenciais. Como a "a Wikipedia é um projeto com a intenção de produzir um novo tipo de enciclopédia que seja abrangente" (grifei), deduz-se que sua essência é a redação de artigos enciclopédicos (domínio principal), não sendo de se estranhar que apenas estes sejam considerados na referida contagem. Embora isso que escrevi pareça-me evidente, julgo que seja útil para a discussão.
Então, mãos à obra! Vamos tratar de termos, cada um, mais de 100 edições válidas no domínio principal e vamos rumo aos 100.000 artigos -- que, como já disseram por , não se trata apenas de mero palpite quanto à data, mas de tarefa a ser cumprida.
Abraço, George de Moraes (   |  @ ) 14:05, 29 Setembro 2005 (UTC)

Nova propostaEditar

Olá. Quanto a votação de direito ao voto, tenho uma nova proposta:

(c) 100 edições nestes domínios: (domínio principal, Wikipedia, Imagem, Predefinição, Ajuda e Categoria).

Pode ser que alguma proposta anterior já englobe esta idéia, mas preciso deixar minha opinião. Slade | |   17:16, 29 Setembro 2005 (UTC)

Discordo da sua sugestão, Slade, porque o tema da discussão da votação mãe deste assunto era justamente forçar o utilizador a editar 100 vezes no domínio principal, aumentando o número e a qualidade dos artigos. Considero importante as edições dos utilizadores em Imagem, Predefinição, Ajuda e Categoria, como bem o ressaltastes, assim como também são importantes as edições em páginas de teste, páginas de discussão, páginas de usuários, etc, entretanto, me parece que os objetivos levantados na discussão apontaram para a concatenação das 100 edições no domínio principal e não em outros domínios. Bem, esta votação ora em curso deverá ou não confirmar isso, mas imagino que confirmará. Gervásio Santana de Freitas 17:48, 29 Setembro 2005 (UTC)
Está bem. Pelo menos ninguém reclamará de que esta idéia não foi proposta... Slade | |   17:52, 29 Setembro 2005 (UTC)

Mais Uma OpiniãoEditar

Depois de ler o acima, vou dar a minha opinião. Se em Wikipedia:Votações, o texto diz apenas "edições válidas" e "45 dias" (Loge | fogo!). É isso mesmo e mais nada! Alguns compartilham do entendimento de que trata-se apenas de contribuição no domínio principal. Penso esse deve ser o critério. George de Moraes realça que todas as contribuições são importantes, porém, nem todas as contribuições são essenciais. Concordo em absoluto! Portanto, as "edições válidas", a meu ver, são TODAS as contribuições importantes e essênciais para desenvolver domínio principal. E isso deve incluir, no meu ver, as contribuições significativas colocadas e trabalhadas nas páginas de discusão ("o estaleiro"). Usuário: José Dias 17:56, 29 Setembro 2005 (UTC)

José, você está ignorando o fato de que eu e diversos outros usuários mencionamos que, ao colocarmos nossos votos, acreditávamos que já havia um consenso de que as 100 edições seriam no domínio principal. Abs, Loge | fogo! 17:46, 30 Setembro 2005 (UTC).
Então acho que entendi! Obrigado. Então, só devemos redefinir a "regra", aprovar a "regra" e passar a "regra" à letra. Havendo uma compreenção imprefeita, algo natural, que se reverta as decisões anteriors e aplica-se a "nova regra"! Não há "culpa" de ninguem!

Por exemplo, ai vai + 1 ideia: "Só poderá votar, se for um editor registado, e tiver na data da votação tiver completado 2 meses como Editor e pelo menos 150 edições válidas e significativas para desenvolvimento do Projecto da Wikipédia." Resta definir o que são edições válidas e significativas. Eh Eh

ReflexõesEditar

  1. Ao mesmo tempo em que percebo agora como verdadeiras as alegações de que houve alguns consensos prévios, quando votei admito que tomei o texto da votação ao "pé da letra". E isto se deu (também inconscientemente, como para o Nuno, por exemplo, aí acima) exatamente porque, na minha cabeça, restringir o direito ao voto não era um expediente para obstruir votos até que alguns contribuidores estivessem "treinados" o suficiente na wikipédia, mas sim para que fosse evitada a má intenção de alguém votar várias vezes, na medida em que não existe até agora, tecnicamente, forma de se obstruir esta atitude. Explicando melhor: com 100 edições, onde quer que fossem, entendia que um sock puppet poderia ser desmascarado.
  2. Também me passou pela cabeça antes o que o Slade propôs aí acima. Continuo gostando da atitude dele, de humildade, no bom sentido, mas isto não vem ao caso. Edições válidas em categorias, imagens, ajuda, etc não devem contar? Por que não?
  3. Vou mais além: ao restringir as contribuições ao domínio principal desqualifica-se como secundária a recepção a novos usuários, que é feita em páginas de discussão. E bem sabem muitos aqui o quanto eu privilegio esta tarefa e desgosto que alguns a negligenciem porque, ao meu ver, não percebem que é aí que reside o futuro da wikipédia.
  4. Há que se fazer também um apelo à legalidade. Estamos votando esta adenda, certo? Enquanto esta votação não for concluída devemos considerar que o "texto da lei em vigência" deve ser respeitado: usuários com 100 edições válidas e 45 dias de registro não devem ter seus votos anulados. Mais que isso: eles devem também ter direito a voto, aqui.
  5. Por fim, um sentimento: que resgatemos a generosidade na política. O Usuário:Acer, ao meu ver, tem razão ao questionar a votação sobre quem tem direito ao voto. Deveríamos ter feito melhor naquele momento, e não fizemos. Se considerarmos que cerca de 80 pessoas já se manifestaram em ambos os manifestos - pró e contra o fair-use - a decisão de restringir o voto, tomada por 25 pessoas, é realmente questionável. Concordo com ele no que diz respeito à pouca visibilidade das votações e acrescento: uma votação como esta - ímpar, porque retira o direito de voto a outrem - não podia ter sido tratada como outra qualquer. Incluo-me entre os que erraram aqui.

-- Clara C. 06:52, 30 Setembro 2005 (UTC)

IniciativasEditar

As políticas da wikipédia também dizem que as iniciativas são bem vindas. Reverti as anulações dos votos. Ao meu ver, não existe ainda base legal para aquelas anulações. Esperemos. -- Clara C. 08:00, 30 Setembro 2005 (UTC)

Não havendo base legal, (na tua opinião), entendes assim Lúcia que eu anulei os votos porque me apeteceu. Não posso concordar com isso. Paulo Juntas 09:04, 30 Setembro 2005 (UTC)

Estritamente falando, a base legal não está lá uma vez que na época a questão das edições válidas serem no domínio principal parecia tão óbvia que nem mereceu referência. Não era! Este incidente e esta adenda têm por isso o mérito de clarificar a situação. Quanto à inclusão/exclusão dos votos nos pedidos de administração: é irrelevante, pois neste caso não mudam o sentido da votação. E daqui a umas semanas já vai haver base legal. Muriel 09:16, 30 Setembro 2005 (UTC)

Já agora, supondo que as 100 edições são em qualquer domínio... O Usuário:Águia e seus amigos passeriformes, que se entretêm a falar sozinhos uns com os outros, também têm direito a votar, sim? Não! 100 edições no espaço dos artigos são absolutamente essenciais para demonstrar interesse no projecto. E nem é assim tão difícil: qualquer pessoa minimamente interessada atinge o limite em dois ou três dias. Muriel 09:21, 30 Setembro 2005 (UTC)

Isto das 100 edições no domínio principal não me parece um bicho de 7 cabeças e o caso referido pela Muriel é importante. Não se trata, afinal, de uma restrição definitiva! Como já alguém referiu antes, é preciso de ter 18 anos antes de se poder votar num determinado país, 100 contribuições passam num instante, com um bocadinho de trabalho e boa vontade. Eu própria demorei um certo tempo a atingir 100 contribuições e nesse tempo inicial provavelmente nem me passava ainda pela cabeça sair a deixar assinaturas nas votações; mesmo porque não ter ainda um conhecimento suficientemente amadurecido sobre o projecto. Se na altura houvesse essa restrição compreenderia perfeitamente.Lusitana 10:00, 30 Setembro 2005 (UTC)

No entanto não me tinha ocorrido que alterações em categorias não se incluem nas de domínio principal (duh)... Acho que vou alterar o meu voto para 100 contribuições válidas. Foi algures definido o que é uma contribuição válida? Tipo: o que não é vandalismo ou intervenção em páginas de discussão (excluindo p.ex. boas-vindas, avisos, etc e incluindo conversas consigo mesmo - Águias e afins - e "filosóficas"). Lusitana 10:13, 30 Setembro 2005 (UTC)

Sim Lusitana, tenho ideia que algures por aí, está definido o que são edições válidas segundo o teu pressuposto. No entanto esta votação não contempla essa opção mas apenas "dentro" ou "fora" do Domínio Principal. Paulo Juntas 10:23, 30 Setembro 2005 (UTC)

Mas na adenda está referido "100 edições válidas blá blá", logo, se concordar com a definição de edições válidas, voto em "100 edições válidas em qualquer domínio", o que interessa é que sejam válidas. Acho injusto que alterações em categorias não contem! Mas, na minha opinião, também não poderiam contar todas as edições válidas (como refiro no meu voto). P. ex. edições na página de testes não poderiam contar (vou lá escrever "olá" 100 vezes e já tenho 100 edições); edições em página de discussão só contariam os avisos em página de usuário como aviso de copyright, avisos de vandalismo, etc, edições na própria página de usuário também não contariam porque não influenciam directamente o projecto. Agora, isto é o que está de acordo com a minha consciência, mas que complicaria mais o processo de contagem de edições de um usuário... ah lá isso é verdade! Lusitana 10:53, 30 Setembro 2005 (UTC).

Compreendo perfeitamente a tua opinião, aliás eu próprio já disse ao Slade que não me chocava que a sugestão que ele fez pudesse ser válida. No entanto, para mim, não é isso que está em causa aqui e agora. O que está em causa aqui e agora são de facto as anulações de votos que eu fiz e a validação ou não dessas anulações segundo a predisposição que as pessoas tiveram ou não quando votaram a limitação do direito de voto. Que entretanto haja quem mudasse de opinião, tudo bem mas para mim era importante que não fosse dito, nem implícito que eu agi de forma leviana e que anulei os votos porque me apeteceu, ou porque uma análise completamente errada do que foi discutido e votado. Paulo Juntas 11:07, 30 Setembro 2005 (UTC)

Se o Juntas fez "uma análise completamente errada do que foi discutido e votado", eu da mesma forma, na altura da discussão e agora lendo e relendo a discussão, incidi na mesma interpretação. No meu entender ficara evidente serem as 100 edições no domínio principal, mas há que falhamos em não postar isso com todas as letras na votação, por isso a votação adenda. Ainda não me parece ser o caso de reverter a anulação do Juntas aos votos do Acer e do Jura (nada contra os dois utilizadores, que fique claro), até porque o consenso que imagino que tínhamos tomado na discussão parece que está se confirmando na votação da adenda. Não estou aqui fazendo defesa do Juntas, apenas das diretrizes do próprio projeto Wikipédia. O Juntas não fez a anulação dos votos porque lhe apeteceu fazer. Agiu assim tomando por base o consenso da discussão. Gervásio Santana de Freitas 14:09, 30 Setembro 2005 (UTC)


Dentro dos atuais critérios:

(...)

Se não é assim, deveria ser. Posto que óbvio e justo. --Águia msg 16:37, 30 Setembro 2005 (UTC)

Não Cláudio, isso é apenas meia verdade e falando apenas por mim digo: a minha menina não pode votar e não é por não ter nascido ainda, é apenas porque não tem o número de edições regulamentares. Paulo Juntas 16:48, 30 Setembro 2005 (UTC)

O Usuário:Águia não pode votar porque tem 9 (nove) contribuições no domínio principal desde a sua primeira edição em 25 de Junho de 2005. Era só o que faltava se pudesse. Muriel 17:55, 30 Setembro 2005 (UTC)

Tanto o Usuário:Águia como o Usuário:Isis não podem (e nunca poderão) votar concomitantemente com os Usuário:Cláudio Aarão Rangel e Usuário:Juntas, respectivamente, por serem, ambos, sock puppets declarados. Isto precede as questões de tempo de registro e número de edições, o que está absolutamente explícito na votação original. Assim, não vejo meia verdade no que foi declarado acima. O que se passa com vocês??? -- Clara C. 18:28, 30 Setembro 2005 (UTC)
Sim Lúcia, tens razão. Aqui foi falha minha: bots e socks não podem votar, isso está clarinho. Paulo Juntas 18:42, 30 Setembro 2005 (UTC)
Claro que a Clara C. está coberta de razão, mas penso que o caso do Águia e os outros amiguinhos do zoo do Cláudio Aarao Rangel mostram o problema que se está a discutir. Se o Águia não fosse um sock-puppet, terá um usuário com as suas características de edição direito a voto? (Estas são menos de 50 edições, com 9 em artigos em 3 meses de participação) Eu acho que não porque, se este usuário se existisse por si, só estaria aqui por uma brincadeira que até teria graça se não sobrecarregasse os servidores da wikimedia. Quem brinca assim não pode ser levado a sério. Muriel 21:31, 30 Setembro 2005 (UTC)
Subscrevo as palavras da Muriel - inteiramente. -- Nuno Tavares 00:15, 2 Outubro 2005 (UTC)


Em atenção ao que escreveram Nuno e Muriel Gottrop, acima. Que desde já, devo dizer, considero grandes colaboradores, mas, nem por isto estão isentos de críticas.

  • 1 - Vocês estão brincando, não? Olhe-se no espelho Muriel Gottrop, e o senhor, também, Nuno e comparem com isto. Quem está sobrecarregando os servidores só para informar quantas e quais intervenções fizeram e algumas brincadeiras? Fato que não reprovo, mas, é perfeitamente dispensável. Por isto, só posso entender que estão a brincar. (Retornarei para dar alguns esclarecimentos a todos os interessados sobre a participação e a função deste usuário na WP-pt, que desde já informo: jamais cometeu um ato de vandalismo. Mas este memorial talvez seja exposto em outro lugar porque esta discussão já está saindo dos limites do razoável. --Águia - Cláudio msg 01:55, 3 Outubro 2005 (UTC)


Em atenção aos burocratas Nuno Tavares e Muriel Gottrop e para evitar aborrecimentos mais de ambos os lados, já tomei a providência de encaminhar as contas para Eliminação Rápida. Deixo um abraço a todos e bom trabalho. --Águia - Cláudio msg 05:14, 3 Outubro 2005 (UTC)

Conforme lê-se acima, este usuário solicitou a eliminação das páginas em atenção aos comentários feitos pelos burocratas mencionados. Alegou o sr. Nuno Tavares que devem ser preservadas as páginas de discussão. De qualquer modo, quero informar a todos e deixar bem claro que não participo mais da Wikipédia em língua portuguesa. --Águia - Cláudio msg 07:10, 3 Outubro 2005 (UTC)

  • Gostaria de ver menos gente se desencantando e abandonando o projeto e mais gente se indignando e manifestando protestos. Desculpem-me os portugueses pelo excesso de gerúndios. -- Clara C. 07:35, 3 Outubro 2005 (UTC)
  • Eu preferiria comparar as minhas contribuições e as contribuições do Nuno com as contribuições do Águia, mas pronto. Muriel 08:40, 3 Outubro 2005 (UTC)

Outras opções e problemasEditar

Já que houve dúvidas na votação anterior, as outras opções precisam ser reabilitadas. Se alguém votou pensando que eram 45 ou 60 dias durante a votação, provavelmente acharia melhor que fossem 30 dias antes da votação, por exemplo. --E2m 17:23, 30 Setembro 2005 (UTC)

Vocês devem notar que por toda a primeira discussão está falado que é "um mês e 100 edições antes do início da votação", contudo, de novo, não ficou escrito se as 100 contribuições eram antes do início da votação. Por isso também adicionei esta opção ("100 edições antes do início da votação"), pois para mim "100 edições" é em qualquer tempo, até mesmo no último dia da votação. --E2m 17:49, 30 Setembro 2005 (UTC)

InterpretaçãoEditar

O Juntas e o Gervásio fizeram o que qualquer bom intérprete faria. Levaram em conta os fundamentos da votação que originou a norma.

Basta ler a discussão desta votação que havia um consenso sobre edição válida se tratar de edição no domínio principal.

Aliás, o próprio verbo editar tem significância bem específica em nossa língua, e difere de em muito das ações de testar, votar e até mesmo discutir e mesmo o neologismo reverter.

Assim, a generalização de que qualquer intervenção do usuário com o programa consista em edição, consiste em reduzir significância do verbo editar à ação de meramente clicar na orelha "'editar'", mas não consiste em verdadeiramente editar.

E a discussão sobre se foi ou não definido o objeto "edição válida" é descabida porque fora para definir isto teríamos de definir também "domínio principal" afora vários outros termos que já são intuitivos aos usuários (ainda que erroneamente).

É por isto que na hermenêutica, a interpretação gramatical é postergada em favor da interpretação teleológica ou seja, na boa interpretação de uma norma, há que se perquirir primeiro aobra a finalidade da norma e não apenas as palavras com que redigida. Fala-se em investigar a 'mens legis' que se retira da motivação do legislador e das curcinstâncias de quando e como a norma foi elaborada, para dar a ela a utilidade desejada.

Caso contrário preparem-se para discutir e votar a definição de uma infinidade de ações e objetos e suas iterações. Ao final de tres ou quatro décadas teremos uma legislação que não vai, absolutamente, dispensar o bom senso já disponível.

E pelo bom senso vê-se claramente que "edição válida" refere-se à redação, correção e outras formas de produzir os textos dos artigos, ou seja, no domínio principal. --RubensL 02:01, 1 Outubro 2005 (UTC)

Então agora é fácil se fazer justiça num país... basta juntar um amontoado de pessoas que ficam discutindo, discutindo e depois escrevem qq coisa num pedaço de papel e divulgam... aí qdo alguém faz algo errado os decanos da lei vão lá em seus alfarrábios e levantam tudo aquilo que foi discutido, mas não foi escrito por algum motivo e decretam, mas o que vale é a que a gente discutiu lá atrás!!! Francamente, tenham a santa paciência!

ApoioEditar

Olá para todos vocês, essa votação ainda está gerando muita polêmica, apesar de estar com várias opções definidas(que quase todos devem se enquadrar em alguma delas) e dispor de ideais claros. Acredito que toda essa enorme discussão só possa ter um motivo: As pessoas é que não sabem o que querem, e isso não por não estar claro e sim por se tratar de um assunto conflitante. Vejam que as pessoas raciocinam de vários pontos de vistas, e esse assunto é um dos que geram uma crise opinativa. Falando da minha opinião agora: Olhando de um ponto de vista que visa a qualidade do projeto Wikipédia, para mim é bem lógico que seja 100 edições antes do início da votação e 45 dias, isso ainda no mínimo. Claro que medidas como esta tiram o direito que alguns teriam conseguido por um enorme esforço, mas isso tabém seria uma minoria, a grande maioria não faz contribuições decentes logo de início, e caso façam ainda falta um bocado para conseguirem entender completamente como funciona a wikipédia. E agora imaginem votar em algo que pode mudar o destino dessa enciclópedia???!!! Isso que faz eu me decidir, já que por experiência própria eu digo que eu ainda não atingí as 100 edições necessárias, e alguns até podem achar estranho eu apoiar algo que me exclua, mas eu digo à vocês que isto é bastante lógico, visto que eu viso o bem da enciclopédia e mesmo que isso custe alguns "sacrifícios" para mim. No meu caso estou nesse projeto desde, se eu não me engano, de maio deste ano e nos 2 primeiros meses não me empenhei muito, logo depois eu acabei me "viciando" por isso aqui, e vocês vão achar estranho eu ter menos de 100 edições nesses 5 meses, mas acreditem que eu gasto muito mais tempo aqui do que muitos com 10 vezes mais edições do que eu, mas deixando de lado as comparações, o que eu quero mesmo dizer é que como eu já havia dito ao Juntas eu olho muito mais do que faço, simplesmente por que eu não me achava familiarizado o suficiente com a wikipédia, mas agora eu creio que já estou por dentro de muitas coisas aqui e poderia votar conscientemente, mas retiro esse meu direito com minha opinião, e com isso eu seria mais um da minoria prejudicada, mas essa minoria não se ofenderia, já que estaria nessa situação por um motivo maior e conscientemente! Essa minha opinião ainda está incompleta, mas estou fazendo um tremendo esforço para transformar essa opinião em palavras, e no momento não consigo ir mais adiante, mas espero que consigam entender isso e talvez um pouco mais que eu nem cheguei a falar :).

Com essa opinião, que acabou se tornando cansativa infelizmente, eu esperava ajudar algumas pessoas, ainda que colocando mais fatores para decisão, a se decidir e a demonstrar meu apoio a outras. Obrigado e desculpem o tamanho do texto. Tschulz 19:51, 1 Outubro 2005 (UTC)

TrapalhicesEditar

Desculpem caros colegas, mas se esta votação concluiu que o prazo de registo seria de 45 dias, como é que agora se vota em (c) 30 dias antes do início da votação? Afinal, isto é um esclarecimento ou uma nova votação? -- Nuno Tavares 00:15, 2 Outubro 2005 (UTC)

Outra coisa, a nota sob a opção (b) 45 dias no dia da votação:
Nota: neste caso, considerando-se que a votação por padrão dura 30 dias e em alguns casos pode ser prorrogada, novos usuários criados a partir do dia que iniciou a votação e já com 100 edições teriam direito a voto nos dias finais das votações prorrogadas.

Que contas são essas? 45 - 30 = 15... -- Nuno Tavares 00:18, 2 Outubro 2005 (UTC)

Epá, esta votação tem que ser reiniciada! Acrescentaram opções sem notificar quem já votou!!! -- Nuno Tavares 00:20, 2 Outubro 2005 (UTC)

Eu pergunto ainda: Esta votação é para substituir a outra? a outra votação foi anulada? por quem? Não me parece que a intenção desta votação fosse substituir a outra. O que me parece é que esta votação é para CONFIRMAR a outra. Não sendo assim, eu não voto aqui. E sendo assim usuários com menos de 100 edições no Domínio Principal, NÃO podem votar nesta, ou podem? Paulo Juntas 00:38, 2 Outubro 2005 (UTC)

Pronto. Parti-me a rir! -- Nuno Tavares 00:44, 2 Outubro 2005 (UTC)

Palhaçada. Eu me recuso a alterar meu voto (apesar de ter visto uma opção mais interessante) até que todos os que já votaram recebam notificações. E, aliás, que confusão é essa de usuários que se está na dúvida de ter direito ao voto votando? É o mesmo do que eu querer votar pra mim mesmo para adminstrador!!! Como dizem aquelas adolescentes bem chatinhas: ei, hellloooooooww!!! --Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 00:56, 2 Outubro 2005 (UTC)

PropostaEditar

Eu proponho o seguinte: vamos reiniciar esta votação, sem trapalhice. Se isto não fosse um assunto sério, até dava para rir e à brava. Vamos dar as seguintes opções:

isto não ajuda nada, Muriel 09:16, 3 Outubro 2005 (UTC)

Grupo AEditar

  • As edições que um utilizador deve ter para poder votar na wikipédia lusófona devem ser no mínimo 100 edições ... (E apenas 100 porque o nº já foi votado antes e o que se quer aqui é uma clarificação):
    • ...válidas no domínio principal e páginas de categorias, antes do início da votação
    • ...válidas no domínio principal e páginas de categorias, no dia do voto
    • ...válidas em qualquer lugar da estrutura Wikipédia, antes do início da votação
    • ...válidas em qualquer lugar da estrutura Wikipédia, no dia do voto

Grupo BEditar

  • O tempo de registro a partir da primeira edição para poder votar na wikipédia lusófona deve ser 45 dias... (E apenas 45 dias porque o nº já foi votado antes e o que se quer aqui é uma clarificação):
    • ... antes do início da votação
    • ... no dia em que o usuário exerce o direito de voto

Vamos ver se está tudo de acordo com esta redacção. Eu penso que agora não há nada a escapar, mas por favor olhem com olhos de ver e descubram falhas de linguagem. Se se acordar em reiniciar a votação eu ofereço-me para fazer as notificações. E vou pedir ao Acer para se abster, em nome da paz e harmonia. Vá, ideias vossas... :) (Já leram um livro chamado Parkinson's Law?) Muriel 01:32, 2 Outubro 2005 (UTC)

Comentários ao grupo AEditar

Estou de acordo com a nova redação. Mas, acho que se a votação for zerada, teremos de alterar a data limite dela... --Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 02:43, 2 Outubro 2005 (UTC)

Comentários ao grupo BEditar

O mesmo  --Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 02:43, 2 Outubro 2005 (UTC)

Muriel, do jeito como o grupo A está escrito, parece-me que o grupo B não faz sentido, pois as opções dispostas no A dão conta da questão relativa à contagem do prazo. Se é para ter 2 grupos, então não pode haver mistura. Vai dar confusão se a maioria dos votos for para o item 1 do grupo A e para o 2 do grupo B, por exemplo. No mais, votemos de uma vez para encerrar essa loooonga discussão. Pior do que reunião de CPI; está parecendo assembléia de colegiais...
Abraço, George de Moraes (   |  @ ) 14:53, 2 Outubro 2005 (UTC)

Comentário ao ComentárioEditar

Isto parece as Comissões Parlamentares Eh Eh na preparaçao do projecto Lei a paresentar na generalidade, e depois, "discutir" na especialidade. Vou fazer fazer uma soneca no Parlamento. Eh Eh Eh --José Dias 03:58, 2 Outubro 2005 (UTC)

Meu votoEditar

olá todos, primeiro vou pedir desculpas pela demora na resposta dos comentarios lá na minha página, a verdade é que eu só os li agora. Ontem, dia primeiro eu não cheguei perto do computador, estive fora o dia todo.

Eu estou escrevendo diretamente aqui porque três pessoas já me contactaram a respeito desse assunto e creio que outras possam ter dúvidas então aqui vai:

Eu votei aqui porque entendi que até que esta votação se conclua modificando a antiga o texto que esta escrito é o que tem valor. Pensei que não seria problema visto que meus votos nas demais votações ficaram.. De qualquer maneira não escrevi isto para rebater os comentarios que me foram feitos e sim para explicar o motivo de ter votado. Percebo agora que meu voto pode ter causado certo desconforto, realmente não tinha pensado nisto antes, então vou acatar o pedido que me foi feito (com bastante educação e por isso eu agradeço) pela muriel (e pelo juntas embora ele não tenha me pedido para remover meus votos)

Não só não vou mais votar até ter 100 contribuições no dominio principal como tambem vou anular meus votos que já foram feitos em todas as votações.

Tambem vou deixar claro que não estou fazendo isto porque me senti pressionado ou forçado mas sim em respeito aos pedidos já citados

PS: Tambem não quero que pareça que com isto estou renunciando as causas que defendi anteriormente, me mantenho firmes a elas que considero muito importantes.

PPS: Embora eu já tenha tomado minha decisão de remover meus votos e não vou muda-la vou avisar aqui que se outro usuario com 100 edições(que não sejam no dominio principal) quiser votar ele vai ter um caso forte, estou avisando porque quem avisa amigo é, se ele quiser realmente ter os votos dele reconhecidos vocês teram problemas em anular os votos dele visto que até que esta votação se conclua o que vale é a outra.. bem já sabem onde isto vai levar.. De minha parte no entanto não vou contrubuir para aumentar a polemica, vou remover meus votos.

Sem mais, --Acer 18:16, 2 Outubro 2005 (UTC)

Eu acredito que 100 edições e 45 dias sejam requisitos pesados demais para se poder votar, suficientemente pesados para deixar nas mãos de uma minoria as decisões que afetam a todos. É certo que não queremos Sock Puppets votando, mas para evitar isso bastaria 30 dias de cadastro e umas 50 edições válidas no domínio principal, mais do que isso, convenhamos, é reprimir a opinião dos novatos. Infelizmente faço parte de uma minoria que está a defender requisitos mais leves para se poder votar, entretanto para minha sorte tenho muito, mas muito mais do que 100 edições válidas. -- Marcelo-Silva 19:13, 2 Outubro 2005 (UTC)
De 30 para 45 existe apenas a distância de 15 dias. Acredito que isto não seria argumento para deixar de impedir que usuários novos votassem. De 100 para 50? A maioria clica em uma seção de verbete, muda uma letra, salva. Vai para a seção de cima, coloca uma frase, salva. Volta para a anterior, coloca mais um trecho, salva. Acha que não ficou bom, volta e edita mais uma palavra, salva. Nesse interim, nem dá tempo da pessoa descobrir o funcionamento do que é a wikipédia (acervo de conteúdo livre a ser construído, e não caderno de recorte de resultados de Ctrl+c e Ctrl+v)--Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 20:05, 2 Outubro 2005 (UTC)
Jaz aqui um paradoxo... -- Marcelo-Silva 20:21, 2 Outubro 2005 (UTC)
Marcelo, 100 contribuições fazem-se num fim de semana de wiki-obsessão. Veja só as suas e veja quanto tempo levou para fazer as suas últimas 100. E depois diga lá se continua a achar que é imenso... Muriel 00:01, 3 Outubro 2005 (UTC)

Mais uma propostaEditar

Bem, acho que também posso mostrar uma proposta: Sugiro que os requisitos para as votações sejam definidos por grupo:

  • 1 grupo para questões menos "vitais"(como eliminação de paginas e imagens)
  • 1 para admistradores e escolha de artigo em destaque
  • 1 para votação em buracratas

Assim, definiriamos os pré-requisitos para cada grupo, que poderiam ser:

100/250/500 edições validas no dominio principal/em qualquer lugar

e

30/45/60 de registro

Assim, por exemplo, podemos definir que, para o primeiro grupo, seriam necessárias 100 edições em qualquer lugar e 30 dias de registro, para o segundo, 100 no domínio principal e 45 dias, etc.

Talvez assim não hajam mais dúvidas quanto a isso.

Severino666 19:20, 2 Outubro 2005 (UTC)

Iria ficar complicado demais para administrar, a não ser que os scripts verificadores de edições fossem modificados. Enquanto eles não são, fico com a proposta da Muriel.--Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 20:05, 2 Outubro 2005 (UTC)
Onde eu estava com a cabeça quando escrevi esse comentário? Bom, mas, mesmo assim, ainda causaria confusões. --Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 21:55, 2 Outubro 2005 (UTC)

Severino: isto tudo já foi decidido! O que se quer aqui é clarificar uma votação anterior: não inovar numa decisão que tem poucos meses. Muriel 00:03, 3 Outubro 2005 (UTC)

Tá bom entao, só acho que resolvendo todos os problemas de uma vez com relação à votações evitaria que esta situação se repetisse em outros momentos. --Severino666 13:52, 3 Outubro 2005 (UTC)

Comentários à propostaEditar

Parecem-me ambas esclarecedoras. O 555 também gostou. -- Nuno Tavares 05:17, 3 Outubro 2005 (UTC)

Suponho que estes comentários sejam em respeito à proposta da Muriel, que elogio, por tentar dar algum rumo a esta votação. No entanto, percebo as coisas muito confusas por aqui, especialmente nos seguintes quesitos:
  • Como devem ser encarados os votos até que este embroglio seja solucionado, o que, parece, não acontederá rapidamente?
  • Que consenso prévio é este que gerou tantas interpretações diferentes?
Vou me limitar a estes comentários e - espero, sinceramente - que alguém tenha a coragem de reformular esta votação na raiz, dando a ela a divulgação que lhe é devida. O banner que pretendia arrecadar fundos para a wikipédia parece perfeito para isto, dado o seu sucesso. -- Clara C. 08:01, 3 Outubro 2005 (UTC)
LOL!! Aqui apenas se tenta minimizar a porcaria da burocracia - Clara C., não estou a tirar relevância às tuas questões, perfeitamente legítimas! Assim sendo, face a à tracção actual em ver o assunto resolvido quanto antes, eu proponho uma nova votação, uma nova redacção, sob a lei vigente anterior à votação inicial e com texto previamente consensual antes da votação. A pergunta chave é: QUEM SE OFERECE PARA REDIGIR O NOVO TEXTO? -- Nuno Tavares 08:14, 3 Outubro 2005 (UTC)
A minha ideia era cancelar a cena e recomeçar a votação da adenda, mas não posso decidir isso sozinha. Muriel 08:16, 3 Outubro 2005 (UTC)

Assim é complicadoEditar

O prólogo desta votação diz:

"Releia a discussão ocorrida aqui e analise o que foi discutido a respeito das 100 edições serem ou não no domínio principal e a respeito do tempo de 45 dias da primeira edição ser antes da data de início da votação ou no dia da votação para só então dar o seu voto abaixo."

É claro qual é o objectivo desta votação? É claro que o promotor da mesma não propôs alterações? É claro que nem aceitou alterações que ninguém se deu ao luxo de lhe propor?

(-Falta minha - Slade propôs alterações que o Gervásio não aceitou.)

Se tudo isto for claro, porque é que se insiste em passar ao lado desta votação e querer votar o que aqui não está em causa?

Sugestão:

  1. Sugiro que quem fez alterações a esta votação, as retire;
  2. Sugiro que cada um vote dentro da sua consciência as questões que são colocadas nesta votação
  3. Sugiro que após isso tudo, quem não estiver de acordo proponha uma nova regra (votação).

Paulo Juntas 08:58, 3 Outubro 2005 (UTC)

  • Paulo, não há nada de inovador na minha sugestão. Era só para clarificar a confusão. Mas se calhar fiz mal, tudo bem. Retira-se a proposta. :) Muriel 09:16, 3 Outubro 2005 (UTC)
  • Não me refiro em concreto à tua proposta que até foi a última e tinha boas intenções mas sim, a todas as que foram sendo acrescentadas como alíneas (a), (b) e por aí adiante que foram sim as causadoras da "trapalhada", embora eu também concorde que algumas delas serão melhores mas não aqui e agora. Paulo Juntas 09:45, 3 Outubro 2005 (UTC)

Burocracia travestidaEditar

A porcaria da burocracia é uma coisa e a importância desta votação é outra. São coisas bem diferentes. Concretamente, tivemos 25 pessoas a decidir que toda a comunidade, antes integralmente com direito ao voto, passou a ter o voto restrito. E não conclamamos todos os eleitores, até então credenciados, a delegar seu voto a uma comunidade restrita. Mais que isto, não conseguimos ainda estabelecer aquilo que é dito como "óbvio".
Pelo o que o Nuno disse acima, creio que já somos dois a achar que deva-se retomar esta votação, na raiz, sob nova redação e sob às leis vigentes anteriores à votação inicial.
Assim sendo, antes de mais nada, é preciso concordar com isto. A Muriel já declarou, posteriormente à mensagem do Nuno, que pretendia outra coisa.
Podemos fazer uma votação prévia? Todo e qualquer usuário registrado tem direito a voto.
  • Retomar a votação original, com a inclusão de um banner (à exemplo do que foi utilizado na campanha de fundos), de forma a que a mesma seja divulgada amplamente.
  1. -- Clara C. 09:21, 3 Outubro 2005 (UTC)
  • Manter a votação em curso, que define aquilo que foi consensuado antes do início da votação.

Clara C.: 25 votos ou não a questão já foi decidida. Há que respeitar as votações. Quem leia as suas palavras até parece que a wikipédia virou fascismo. 100 edições e 45 dias não é nada para um wikipedista sincero e com vontade de trabalhar. É razoável. Veja nas suas contribuições e note há quanto tempo foi a sua 100ª contribuição. Eu tenho a certeza que você já fez isso num dia! Eu já reparei que você é fundamentalmente contra esta ideia de limitar os direitos de voto, tudo bem é a sua opinião. Agora quero apelar à sua capacidade de visão no futuro: imagine a wikipédia daqui a um ano (se não estiver para isso, passe pela wiki.en). Vai haver *milhares* de usuários novos por mês, que não sabem a missa a metade, que ainda estão a aprender como funciona o sistema. A única coisa que se lhes pede é que esperem um mês e meio e que tenham um bocadinho de trabalho. É assim tão grave? Muriel 09:28, 3 Outubro 2005 (UTC)

E foi a minha última edição nesta página. Muriel 09:30, 3 Outubro 2005 (UTC)

Muriel: Até agora não discordamos em nada. Sou a favor da restrição ao voto que impeça pessoas mal intencionadas, sempre. É uma questão técnica a qual não temos alternativa de solução. De resto, apelo para o teu bom senso a analisar aquele resultado, pífio, frente, por exemplo, o número de votantes nas campanhas pró e contra o fair use. Entendeste-me mal. -- Clara C. 09:38, 3 Outubro 2005 (UTC)
Ok, esta é que é a minha última edição aqui. Ainda bem que concordamos nesta questão. Eu vejo teu ponto também e já me decidi a fazer um banner na próxima votação de acordo com tua sugestão. Agora esta votação está confusa, em parte por minha causa, que devia ter ficado quieta em vez de ter desatado a propor coisas. Vou sair para não confundir tudo ainda mais. Muriel 09:53, 3 Outubro 2005 (UTC)
O Juntas acaba de editar de novo aí acima. Tens alguma dúvida de que aquela votação foi mal conduzida? -- Clara C. 09:55, 3 Outubro 2005 (UTC)
Clara C., as votações pró e contra fair use tiveram propaganda personalizada: quer na Esplanada, quer nas páginas de usuário. Eu sou da opinião que quem se interessa realmente, não vai às votações por convite. Esta votação (aliás, a original) foi votada por quem se interessa e não por quem quer ver os artigos coloridos ou a filosofia wikipédia defendida. Misturar os assuntos é um erro, ninguém teve culpa disso. Se tu quiseres angariar adeptos para a tua causa (seja ela votar esta votação ou outra) estás no teu direito, agora não adianta sugerir que esta votação é menos válida que as listas de campanhas que mencionaste só porque não teve tantos eleitores.
Na eventualidade de se reiniciar uma votação temo que terá que ser esta, onde se terão que utilizar os valores que foram decididos, pois isso já foi, de facto, decidido e de forma legítima. Aqui se vota _apenas_ uma desambiguação. Estou farto de pensar como solucionar esta questão, e foi o melhor que consegui.-- Nuno Tavares 09:56, 3 Outubro 2005 (UTC)


Pois é a isso que me refiro! Propagandas personalizadas para fazer adeptos a uma ou outra opinião acerca das políticas da wikipédia tiveram resposta - muito mais propagandística - do que quando se tratava de votar assunto tão crucial. Já mencionei que me incluo entre os que erraram, coletivamente. Não há porque mencionarem que estou criticando este ou aquele. Apenas acho que deveríamos fazer uma auto-crítica coletiva. Se se não quiser fazer, paciência... -- Clara C. 10:44, 3 Outubro 2005 (UTC)
Lúcia. O que eu editei ali em cima é que prova que a votação foi "mal conduzida"? Para que não restem dúvidas eu pergunto: Qualquer um pode decidir que determinada votação não está bem e mudá-la? Sem a permissão nem sequer a consulta (ao que sei) de quem a propôs? Não foi isso que fizeram os caros colegas , Lucpila, E2m e Slade? (sem dúvida com a melhor das intenções), mudando assim o "espírito" com que ela foi feita originalmente?. Não foi isso a causa da trapalhada? Se não foi isso, o que foi que a causou? Esta é a questão importante, a meu ver, saber o que causou a trapalhada pois só assim (se calhar, já nem assim) ela poderá ser resolvida.

Só mais uma coisa: 25 pessoas não são suficientes para decidir (seja o que for) na wikipedia? E uma ou duas, são o suficiente para decidir o contrário? Paulo Juntas 10:35, 3 Outubro 2005 (UTC)

Eu deixei lá em cima a razão das minhas alterações. Até agora, ninguém as comentou. Contudo, não quero insistir em um ponto batido e estou abstendo-me na segunda parte da votação. --E2m 16:53, 3 Outubro 2005 (UTC)

Ora, senhores, isto é uma adenda, não uma votação nova!Editar

Quanta polémica por causa de um adendo (uma adenda, como dizem em Portugal). Alguns estão se esquecendo de que isto é apenas uma adenda, não uma votação nova para re-discutir o que foi decidido na votação anterior... Estão falando até em anular a votação mãe... Caramba!

Então por que quando os partidários ao fair-use queriam reabrir a votação não foi permitido antes do prazo de um ano para reabrir uma nova votação do assunto? Porque houve consenso nisso, certo? Anular a votação mãe que definiu os direitos ao voto seria andar para trás e quebrar o rumo do caminho que estamos trilhando... A votação mãe está fechada, votou nela quem quis, o link para ela ficou o tempo estabelecido nas recent changes, assim como o link para esta votação também está lá... Não foi feito nada escondido como supus nas entrelinhas de algus comentários.

Antes de dizer como estou vendo esta questão, um parêntesis oportuno, posso até estar errado, mas imagino que sempre que tivermos que votar uma adenda sobre alguma votação já feita, tal como esta, por ser uma adenda, imagino que tenha de ter direito ao voto na adenda somente os utilizadores que se interessaram e que efetivamente votaram na votação mãe. Sei que isto é ponto polêmico também, mas que podemos discutir em outra página apropriada, se acharem necessário, e podemos num futuro levar à votação ou não... Bem, fechando o parêntesis.

Tenho duas coisas bem claras quanto a esta adenda, coisas que estão escapando a alguns wikipedistas, vou expô-las abaixo: * a votação mãe está encerrada, logo, já está definido que número de edições é de 100 e o tempo deve ser de 45 dias. * se interpretarmos apenas o texto da votação, já definimos portanto o número e o tempo. Falta definir onde deve ser o número de edições (presumo que no domínio principal - afinal, é uma adenda e é isso que foi definido na discussão original, não estamos aqui a propor uma discussão nova) e se o tempo de 45 dias deve ser no antes do início da votação ou no dia da votação.

Muito me surpreendeu o rumo que a votação tomou, acrescentou-se uma nova opção que entra em conflito com o que já temos nas letras a e b, já temos definido o número e o tempo, as duas combinadas já são suficientes para sabermos quem tem ou não direito ao voto, acrescentou-se a opção 100 edições no domínio principal antes do início da votação, esse antes do início da votação está conflitando, o critério para definir o tempo por acaso não é 45 dias antes do início da votação? Ora, não estamos lá na mesma página votando 45 dias antes do início da votação? Caramba... Se estou equivocado nesta abstração, abram-me os olhos, não estou conseguindo ver de outra forma.

Sendo assim, apelando ao bom senso, eu retiraria de imediato a opção 100 edições no domínio principal antes do início da votação e conclamaria os votantes nesta assertativa a trocarem o voto para a opção a, que é 100 edições no domínio principal. Isso estou falando seguindo o rumo do que já foi discutido e votado. Se isto não fosse uma adenda, talvez outras opções fossem até melhores, mas notem, estamos numa adenda não numa votação nova que tenha nascido no dia 29 de setembro! Gervásio Santana de Freitas 11:03, 3 Outubro 2005 (UTC)

Oi, Gervásio. As 100 edições e os 45 dias são requerimentos independentes e deve estar determinado se ambos devem ser atingidos antesa da votação ou durante. A questão é que eu sempre entendi que as 100 edições seriam antes da votação. Acho que isso precisa estar explícito, assim como deve estar explícito que os 45 dias de espera são antes do início da votação ou no dia do voto. Veja por exemplo os comentários na votação original:

Em outras palavras, eu estou perguntando o que acontece se alguém completar as 100 edições durante alguma votação e já tenha os 45 dias antes do início da votação? Pode votar ou não? Espero ter sido claro e espero que nosso trabalho aqui resolva a questão sobre quem deve votar definitivamente. Saudações, E2m 17:20, 3 Outubro 2005 (UTC)

Ponderando... - Caros, a capacidade de voltarmos atrás em alguma ponderação que fizemos num trabalho colaborativo é uma qualidade ou um defeito? A capacidade de mudar um ponto de vista depois de tê-lo como o mais correto e ver outro melhor e também correto num trabalho colaborativo é uma qualidade ou um defeito? Pois bem, qualidade ou defeito, julguem como quiserem, devo dizer, depois de reavaliação que fiz a partir dos comentários do usuário E2m e relendo de novo várias vezes a página de discussão da votação mãe, que a opção 100 edições no domínio principal antes do início da votação foi também peça presente na discussão da votação original e deve ser, portanto, a opção mais adequada na adenda ora com votação aberta. Risquei, portanto, parte dos meus comentários acima, e estou reconsiderando o voto para a opção mais indicada. Gervásio Santana de Freitas 19:57, 3 Outubro 2005 (UTC)

Um argumento matemáticoEditar

Senhores (e senhoras)

Curioso pela repercussão que o assunto está tomando e também devido ao fato de ser parte interessada direta na questão resolvi buscar alguns esclarecimentos e vejam esta tabela:

Edições >= Wikipedistas Edições total

1 2939 100.0% 390486 100.0%
3 1565 53.2% 388182 99.4%
10 907 30.9% 384386 98.4%
32 417 14.2% 375975 96.3%
100 229 7.8% 365388 93.6%
316 119 4.0% 348019 89.1%
1000 57 1.9% 314147 80.5%
3162 24 0.8% 254573 65.2%
10000 6 0.2% 147073 37.7%
31623 1 0.0% 65319 16.7%

fonte: [6]

Vemos que somente 229 (isso mesmo, 229 de um universo de 2939) usuários registrados tem mais do que 100 edições! Não chega nem a 10% do total.

Digo isso porque, eu mesmo não tenho as 100 edições em meu usuário porque tenho contribuido como anônimo.

Sobre esse ponto temos a seguinte estatística (também da mesma fonte)

Usuário Edições

143.106.31.17 353
200.218.180.151 285
212.113.164.97 275
212.113.164.98 255
200.172.115.194 254
143.108.13.82 225
201.0.19.169 219
212.113.164.100 219
212.113.164.105 210
212.113.164.102 203

Onde podemos observar que existem contribuídores anônimos (16% dos artigos alterados) que colaboram ativamente para o crescimento da Wikipédia e que por diversos motivos não querem utilizar seus usuários (tenho quase certeza de que todos eles o tem!) e que se não tiverem as necessárias 100 edições estão impedidos de votar, pelas regras que estão sendo discutidas atualmente. Nem quero passar pelo fato de que algum tem mais de 100 contribuições que não no domínio principal e também não serão autorizados a votar...

Fica aqui a reflexão a respeito do assunto e a lembrança de que num passado não muito distante, mulheres e analfabetos estavam impedidos de votar no Brasil, só pelo fato de serem mulheres e analfabetos!

Boas reflexões a todos!

RicardoF 15:19, 3 Outubro 2005 (UTC)

PS: Ah, as rozões que me levaram a contribuir anonimamente não importam muito, mas se quiserem saber posso citar duas:

- A má recepção que tive por parte de uns colaboradores daqui após as minhas primeiras intervenções como registrado e

- Algum problema que tive no meu micro que me obrigava a logar toda hora o que me incomodava muito!

  • Que raio Ricardo páre de chatear e vá escrever uns artigos logado para ter as suas 100 contribuições. Muriel 16:03, 3 Outubro 2005 (UTC)
  • De novo, como podem ver, a recpção que tenho não é das melhores. Só coloquei opiniões de forma ordeira e educada. Posso ser meio chato e cutucar a ferida, mas contra isso não existe proibição!

Muriel, o ponto é exatamente este, eu não quero contribuir com o meu usuário que só reservo para discussões e votações. Ponto! Isso não é proibido em lugar algum que eu tenha lido na Wikipédia, mas quando vocês fizeram essa restrição me tomaram essa liberdade e então só me restaria aceitar a sugestão que foi posta como única alternativa. Mas, acredito, ainda é possível argumentar a respeito e fazer considerações para que as outras pessoas vejam a extensão completa do problema e reflitam qual seria a melhor solução! É isso que estou fazendo... não estou a querer chatear! RicardoF 16:13, 3 Outubro 2005 (UTC)

Um argumento lógicoEditar

  1. Quantos usuários registrados que possuem edições inferiores a 100 e que ainda continuam editando? Não liste os recém-cadastrados. Exemplo: um amigo meu, (citação removida posteriormente), que havia se registrado apenas para fazer uma piadinha (hoje já deletada), apesar de enquanto anônimo ter melhorado uns dois ou três verbetes. (em tempo, ele não edita mais por não ter se adaptado à linguagem wiki; pegou a época boa, em que usuários experientes não ficavam se degladeando por futilidades)
Vou escrever aqui para facilitar a compreensão: Eu sei de 03, eu, meu irmão e o Acer, que aliás está fazendo um grande trabalho mas não nas contribuições que contam. Infelizmente as estatísticas disponíveis não permitem fazer uma análise melhor, se alguém souber um jeito de fazê-lo, favor se manifestar.
Ótimo, que continuem, e comecem também a editar em domínios que "contem" (não entendi sua colocação, eles apenas editam no wikipedia ou no domínio de usuário?)--Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 17:01, 3 Outubro 2005 (UTC)
  1. Você mesmo se contradiz. Veja a quantia de usuários que passaram de 100 edições, e a quantia deles que vota. Ainda nos chamam (outros usuários) de oligarcas...
Nunca citei a palavra oligarquia...
Claro, eu nem disse que foi você. Apenas foi um desabafo diante de seus números (vários passaram de 100 mas pouqíssimos votam)--Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 17:01, 3 Outubro 2005 (UTC)
  1. Usuários anônimos: para anônimo eu pergunto as horas, se linha x de ônibus já passou etc. Eu não digo para anônimos comprarem algum produto, não sou nem atendente de telemarkenting, nem publicitário.
Anônimos na Wikipédia não são anônimos eles tem número IP, assim como vc tb tem número, 555!
Este número é meu login, fixo. O IP pode tanto uma hora ser um, quanto outra hora ser outro. O IP pode ser reaproveitado pelo provedor e disponibilizado a outro usuário. O IP, pode, ainda ser clamufado, através de proxis anônimos. Como saberei quem é quem? --Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 17:01, 3 Outubro 2005 (UTC)
  1. Se encontrar algum anônimo bastante participativo que ainda não tenha recebido a {{bem-vindo IP}}, favor inserí-la. Não vale anônimos que tem medo (e, favor não se ater ao tom pejorativo desta palavra, eu a usei em seu sentido lingüístico).
Vc como administrador deveria se preocupar com isso, posso começar a lhe ajudar se vc quiser, mas lhe adianto que as missões burocráticas de Adm não me atraem.
Como se isso fosse excitante... Igual o papo de quem vai colocar o lixo na rua: alguém precisa fazer, mas, ninguém quer  --Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 17:01, 3 Outubro 2005 (UTC)
  1. Olharam meu Usuário:Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal? Vejam sua pré-história. Vejam a distância de datas de minhas primeiras contribuições.

Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 16:19, 3 Outubro 2005 (UTC)

qual a relevância disso?
Atingi bem rapidinho as 100 edições.--Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 17:01, 3 Outubro 2005 (UTC)

Sobre sua segunda mensagem: não tens coragem de assumir parte de seus atos, mas quer exercer seus direitos. Alguém é grosseiro ou você monta armadilhas para receber patadas? Vamos editar artigos, então, que é o principal da wikipédia, grande lixo querer se ocupar de votações. Pessoal, isto não é uma sociedade virtual, nem micro-nação, é uma enciclopédia (ainda colocarei este texto em uma predefinição). Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 16:19, 3 Outubro 2005 (UTC)


Essa sua segunda parte está ligeiramente ofensiva a minha pessoa, eu nunca me escondi, sempre deixei claro na minha página que estou contribuindo sob IP e nunca fiz qq tipo de armadilha, arapuca, ou o que quer que seja, uma vez que isso pressupõe algum ardil dissimulado e minhas colocações sempre foram claras. Gostaria que vc não voltasse a se referir a mim assim, dando exemplo da sua condição de administrador. Grato RicardoF 16:43, 3 Outubro 2005 (UTC) - os textos em negrito no meio do título são meus

Eu sou um ser humano, não um computador. Um ser humano é emotivo e se extressa. Do mesmo jeito que daí a pouco se descontrai. Se eu lhe ofender muito, posso ser bloqueado por alguns tempos, de acordo com as sanções de insultos. Simples.--Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 17:01, 3 Outubro 2005 (UTC)

Ainda o direito ao votoEditar

Bem, respeito todas as fórmulas e equações matemáticas por aí existentes porque todas elas tem algum valor, entretanto, posso discordar daquelas que julgo inapropriadas. No caso da Wikipédia, todos sabem que é permitido fazer edições como anônimo, mas também todos sabem que incentivamos a que todos os anônimos se registrem e passem a fazer suas contribuições sob um username e uma senha, porque assim passariam a usufruir de diversas vantagens, veja aqui quais são.

Mas tenho uma razão de ordem minha para editar estando registrado que não está elencada na referida página (razão minha, que julgo ser das mais importantes) que é a coragem de mostrar a cara, de dizer quem somos. O projeto Wikipédia não é brincadeira, é um projeto demasiado sério no qual cada utilizador deveria mostrar-se e editar sob um username configurado para mostrar seu nome completo, ou pelo menos nome e sobrenome e, mais, cada utilizador deveria ter orgulho de proceder assim e de poder participar de um projeto que envolve o conhecimento desta envergadura.

Por vezes fico triste ao ler determinadas mensagens (não estou me referindo apenas a esta página, mas a todas as páginas de discussão que já li) porque tenho a clara impressão de que muitos se escondem atrás de um nome qualquer ou de um endereço IP de propósito para extravasar certos sentimentos e linguajar que tenho certeza não usariam se estivessem utilizando seu próprio username ou seu username regular (não estou me referindo a ninguém em especial, a a uma tendência que tenho notado ultimamente).

E se muitos fogem da raia ao usar seu próprio login já nos primeiros conflitos, eu particularmente não aceito esta desculpa, porque eu também tive vários conflitos no início da minha colaboração e ainda tenho alguns de vez em quando mas nem por isso vou deitar-me a correr daqui. Antes de tudo no trabalho colaborativo temos de saber assumir nossos erros e temos de saber defender nossos acertos, enfim, temos de saber conviver com o trabalho dos outros editores e com opiniões diferentes da nossa.

Quanto a termos um percentual pequeno de usuários com menos de 100 participações do total de inscritos, está escapando a alguns que queremos incentivar que estes usuários participem mais, que editem mais no domínio principal, que mostrem a sua cara e que possam logo ter também o direito ao voto. Em última instância, mais edições destes usuários significa mais revisões e mais conteúdo em nossa Wikipédia, o que é bom para todos, não?

E quanto aos anônimos, me desculpe quem pensa diferente, mas tenho de ser sincero para ser autêntico. Embora a participação deles seja permitida, mesmo com nosso incentivo para que se registrem, julgo que não se deva mesmo dar o direito de voto aos anônimos. A estes, digo o seguinte, mostrem a cara, registrem-se, digam quem são, editem sua página de usuário, mostrem a que vieram na Wikipédia, atinjam o mínimo necessário para ter o direito ao voto e então pronto, já terão o direito ao voto assegurado. Gervásio Santana de Freitas 18:08, 3 Outubro 2005 (UTC)

UMA PROPOSTA DE EUEditar

As edições que um utilizador deve ter para poder votar na Wikipédia Lusófona (PT) deve ter: no mínimo 100 edições válidas (já que não pode ser 150!?).

O que são edições válidas? Eu considero que tem de ser contribuições significativas para o progresso da Wikipédia PT (seja nos artigos, paginas de discussão dos artigos (o "estaleiro" dos artigos), criação de imagens, trabalho de criação e inovação das páginas da Wikipédia PT, etc ...) Só quanto a contagem não sei mesmo como!!!

O tempo de registro a partir da 1.ª edição para poder votar na Wikipédia PT deve ser: 45 dias antes da data do início da votação. (Então, os 45 dias seguintes serão um periodo de reflexão e ponderação sobre a melhor decisão!)

Uma questão: Será que em 45 dias de certa pessoa como editor, ela já demostrou ser "bom" editor, já dominar razoavelmente prodecimentos Wikis e ser capaz de colaborar (de "discutir" amigavelmente, dar e receber galhetas, saber escutar as opiniões alheias válidas, havendo conflitos procurar achar soluções e não vencer conflitos, dar reconhecimento pelo valor dos seus co-editores, etc e etc) com demais editores?

No acto do voto, deve indicar obrigatóriamente 3 dados: o nome do Usuário e do E-mail (conforme no cadastro), do IP do PC que vai votar e a indicação se trata de PC pessoal, acesso autorizado a PC de outra pessoa ou dum PC público. Em caso de dúvida da validade do voto, deve ser suspenso para verificação da sua validade, e rejeitado, se não validado.

Quando se aproxima votações, seria ideal o sistema informatico Wiki gerar uma pikena (mesmo pikena, Eh Eh) mensagem para alertar a comunidade Wiki PT. Se alguém sentir necessidade de "discutir" algum ponto para esclarecimento ou para justificar o seu voto, ter um pagina exclusivamente para isso.

Já é hora de tomar 1 decisão, pois o debate está arrasntando se desnecessáriamente e sem proveito útil. Somos Editores e não Politicos. Só estou a dar uma opinião, eu sou apenas 1 editor. GabiZinha, querida, vai buscar 1 Pizza Gigante e 1 grade de Bejecas, pois o Parlamento vai fazer serão ... Eh Eh Usuário: José Dias --José Dias 19:17, 3 Outubro 2005 (UTC)

ChegaEditar

Esta discussão está a andar em círculos. A minha vontade era votar tudo de raiz, mas isso não pode ser feito - se assim fosse estaríamos a tirar a relevância de quaisquer outras votações (no futuro e no passado), já que todas poderiam ser contestadas: bastaria gerar uma polémica como esta e deixar as coias em banho-maria. Atentem, por favor, à credibilidade do projecto. Os números são 100 edições e 45 dias. O que aqui se pretende esclarecer é até quando termina essa contagem: até à data do voto, ou até ao início da votação? Para mim é óbvio que se trata da segunda, dada a discussão precedente e pelo que li a maioria concorda, o que torna a proposta da Muriel exactamente esclarecedora. Não compreendo esta discussão toda e lembrem-se, que enquanto andamos aqui em círculos, ou a votação do adendo prossegue. Por favor, párem de discutir este assunto. -- Nuno Tavares 00:11, 4 Outubro 2005 (UTC)

E alguém discutiu alguma coisa até agora? eheheh! Desculpem o sarcasmo... Manuel Anastácio 00:14, 4 Outubro 2005 (UTC)

Eu explico: não estou a dizer mal de ninguém! Apenas acho esta discussão cansativa e suicida. Boa noite. Manuel Anastácio 00:17, 4 Outubro 2005 (UTC)

Ufa! Não sou o único que já se cansou desta discussão enfadonha!!!
Abraço, George de Moraes (   |  @ ) 13:10, 4 Outubro 2005 (UTC)

ChegouEditar

Comos os três únicos usuários que se manifestaram sobre a proposta da Muriel a aprovaram, estarei mudando totalmente a votação para a redação dela. Já houve a possibilidade de emendas, mas, só apresentaram possibilidades que fogem ao objetivo do adendo. Assim que concluir a edição da votação, começarei a comunicar a todos os usuários que tenham manifestado voto. --Cachorrinho está latindo lá no fundo do quintal 00:38, 4 Outubro 2005 (UTC)

A Muriel retirou a proposta. --E2m 00:49, 4 Outubro 2005 (UTC)
Vejam aqui. Férias por alguns poucos dias, aí vou eu (sem cookies por bug).
555, não faça isso. Isto agora parece estar a correr bem... Muriel 08:47, 4 Outubro 2005 (UTC)

O que restouEditar

Que perda de tempo ... Resta verbalizar o que concluo : TEMOS DE REDIGIR MELHOR OS ITENS DAS VOTAÇÕES já que não faltarão insurrectos que, por qualquer ninharia, tentarão por abaixo a validade da decisão votada. --RubensL 16:24, 4 Outubro 2005 (UTC)

Entre mortos e feridos, salvaram-se todos (quer dizer, espero que o Juntas retorne logo!). A discussão também serve para trazer a luz e neste caso, depois de muito bá-fá-fá, agora as coisas estão a correr bem. Gervásio Santana de Freitas 17:23, 4 Outubro 2005 (UTC)

Caro RubensL: Insurrectos? Isso é coisa que se diga? Insurrecto fui eu. Os insurrectos votaram e onde não votaram foi porque assim decidiram. Paulo Juntas 23:39, 4 Outubro 2005 (UTC)

Paulo, por inssurrectos o Rubens quis certamente dizer pessoas que topam erros de formulação em propostas, tipo advogados do diabo. Era uma profissão séria na Roma Antiga, sabias? Havia pessoal que só o que fazia era ler projectos de lei e procurar gatos. Nós deviamos era contratar um... Muriel 08:36, 5 Outubro 2005 (UTC)


Estava inclinada a não mais me manifestar nesta discussão, mas a intervenção do Rubens e as que a seguiram me fizeram pensar diferente. Gostaria de submeter à reflexão os seguintes tópicos:

  • De forma alguma entendo que esta votação foi perda de tempo. Ao contrário, quanto antes ela acontecesse, melhor. A não-eleição do Usuário:Slade para administrador já estava definida por outros critérios [7] e, portanto, nada se alterou no status quo por conta desta dúvida que agora vai sendo esclarecida.
  • Tratar toda voz discordante como "inssurecta" - subversiva da ordem reinante - me parece um mau caminho para a wikipédia, como para qualquer sociedade ou comunidade. A estratégia de "massacrar" as minorias com críticas (muitas vezes pessoais) ou chantagear emocionalmente, também.
  • Ninguém, ao que me parece, tentou por abaixo a validade da decisão votada. O que se tentou foi justamente validá-la. O tal consenso era tão "óbvio" que 12 entre 15 votos já migraram de um óbvio para outro no que diz respeito às 100 edições.
  • Mas por mais óbvio que o óbvio fosse, esperava que houvesse mais racionalidade e menos paixão nas interpretações. Salvo engano, afora o Gervásio - que, em um primeiro curto instante, questionado por mim, chegou a reverter a interpretação que dera à lei [8] -, a Muriel - que fez a declaração quanto às bases legais, aí acima - e obviamente os "inssurectos", todas as outras pessoas enxergaram palavras onde palavras não existiam.
  • Como já dizia Nelson Rodrigues, "se todos concordarem com você, alguma coisa está errada, pois toda unanimidade é burra". Para mim, como para ele, é uma absurda pretensão querer que todos concordem acerca de algo, que pensem igual, que entendam as coisas e os fatos da mesma forma. Aprender a conviver com esta diversidade é a melhor lição que daqui se poderia tirar.

Era isso amigos. Espero que na nova discussão polêmica que surja não mais ocorram ataques pessoais gratuitos, nem pessoas abandonando emocionalmente o projeto, seja porque tiveram sua "unanimidade" questionada, seja porque foram bombardeadas por terem emitido opiniões dissonantes. Um abraço a todos e... bom trabalho! -- Clara C. 17:56, 5 Outubro 2005 (UTC)

Sensato, Clara C.!--Águia msg 18:43, 5 Outubro 2005 (UTC)


Explicação e DesculpasEditar

Queiram me desculpar o Paulo Juntas, a Lúcia e todos que possam ter sido atingidos pelo mau uso da palavra "inssurectos" (rectius= "insurrectos" - desculpem-me(novamente)), com a qual não pretendi depreciar ninguém. Ao contrário, acho que qualquer discussão é salutar e que, não fossem nossos ancestrais insurrectos e contestadores, ainda usariamos a roda quadrada. (E a prova de minha sinceridade é que escreví na minha página (porque acredito) que as convicções (quaisquer) não passam de cárceres intelectuais. Pronto ... desculpem-me, pois concordo plenamente com vocês.
- Mas deixem-me explicar : Temo ver aqui o que deploro em meu ofício, que muitas vezes, consiste em joeirar no texto da lei, as imperfeições que possibilitam ao meu cliente escapar do seu cumprimento.
- Vocês acham que eu não sei o que o texto da lei diz? Que o Juiz não o sabe? Qualquer pessoa alfabetizada pode sabê-lo. E digo mais : Quanto menos erudição mais facilimente apreenderá o espírito da lei porque na verdade, a linguagem escrita é muito rudimentar para expressar normatividade e quase sempre o texto contem imperfeições e jamais (digo jamais em toda plenitude) é completo.
- Se, tentando "fechar" as "brechas legais", além de positivistas nos tornarmos literalistas, pasmem : A tarefa de redigir e votar normas não tem fim, nos ocupará por décadas e ainda assim não teremos concluido toda a norma. (E é por isto que temos Poderes Legislativos perenes).
- E foi só por isto, e porque uma grande quantidade de normas se contrapõe àquela comunidade anarco-libertária que pressupus na wikipédia, pelo horror à burocracia e pela certeza de fragilidade dos sistemas jurídicos, é que me insurgi contra os insurrectos. :)
- Mas ao final, é obvio que a discussão foi muito produtiva, e a novela poderia ter o título "Sobre o valor de uma só palavra", (e só para mim : "Sobre o mau uso de uma palavra errada"). --RubensL 16:29, 6 Outubro 2005 (UTC)
Voltar à página de projeto "Votações/Direito ao voto (adendo)".