Wulfstan de Hedeby

comerciante do século IX
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Vulstano.

Wulfstan ou Vulstano de Hedeby (em inglês antigo: Wulfstan; em nórdico antigo: Ulfstein; em latim: Vulstanus) foi um comerciante do século IX, possivelmente de origem inglesa ou dinamarquesa, conhecido pelo seu relato de uma viagem marítima, por volta do ano 880, entre a cidade viquingue de Hedeby, na Alemanha, e a cidade viquingue de Truso, na atual Polónia. A descrição da viagem foi mais tarde incluída, por iniciativa do rei Alfredo, o Grande, monarca do Reino de Wessex, na versão anglo-saxónica da obra Historiarum adversum paganos do historiador hispânico Paulo Orósio do século IV-V. [1][2][3][4]

Mapa da Europa ilustrando a versão anglo-saxónica da obra Historiarum adversum paganos do historiador hispânico Paulo Orósio. Gravura de J. Bayly (1773)

A viagem levou sete dias e sete noites, começando em Hedeby e terminando em Truso. As indicações geográficas e náuticas tornam a narrativa equilibrada e credível, tornando o texto uma fonte fidedigna. Segundo Wulfstan, a expedição teria passado ao largo de ”Langaland” (Langeland), ”Læland” (Lolland), Falster, e ”Sconeg” (Escânia), que pertenciam à ”Denemearcan” (Dinamarca), tendo depois passado por ”Burgenda lande” (Bornholm), que tinha um rei próprio, para finalmente ter passado por ”Blecinga eg” (Blekinge), ”Meore” (Möre, hoje uma parte do Condado de Kalmar), ”Eowland” (Öland), e Gotlândia, que pertenciam aos ”Sweom” (Suíones). [5][6]

Referências

  1. «Wulfstan» (em sueco). Nationalencyklopedin (Enciclopédia Nacional Sueca). Consultado em 18 de outubro de 2018 
  2. «Ottars og Wulfstans sørejser (As viagens marítimas de Ottar e Wulfstan (em dinamarquês). Den Store Danske Encyklopædi – Grande Enciclopédia Dinamarquesa. Consultado em 18 de outubro de 2018 
  3. Irmeli Valtonen. «An Interpretation of the Description of Northernmost Europe in the Old English Orosius.» (PDF) (em inglês). Oulu University. Consultado em 18 de outubro de 2018 
  4. Richard Hakluyt. «The Discovery of Muscovy - with The Voyages of Ohthere and Wulfstan from King Alfred's Orosius.» (em inglês). Project Gutenberg eBook 
  5. Dick Harrison. «Kalmars historia: Den begravda staden – medeltid och renässans» (em sueco). Google Books. Consultado em 18 de outubro de 2018 
  6. Orrling, Karin (1995). «Wulfstan». Vikingatidens ABC (ABC da Era Viking) (em sueco). Estocolmo: Museu Histórico de Estocolmo. p. 293. 184 páginas. ISBN 91-7192-984-3 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar