Abrir menu principal
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.
O Arcebispo e o Chanceler, peças criadas por Capablanca, segundo a concepção do wikipedista Matt Hucke, montadas a partir de peças comuns de xadrez com o uso de estilete e cola.

O Xadrez de Capablanca é uma clássica variante do Xadrez Ortodoxo criada pelo enxadrista cubano José Raúl Capablanca.

Modificações semelhantes já haviam sido propostas séculos antes pelo enxadrista italiano Pietro Carrera.[1]

Índice

CaracterísticasEditar

As novidades introduzidas por Capablanca incluem um novo tabuleiro de 10 por 8 casas, além de duas novas peças, o Arcebispo, que combina os movimentos do Bispo e do Cavalo, e o Chanceler que une os movimentos da Torre e do Cavalo.

As novas peças possuem propriedades interessantes. Por exemplo, o Arcebispo tem a capacidade de dar sozinho o xeque-mate, desde que o Rei adversário esteja posicionado em uma das quatro casas no canto do tabuleiro

Capablanca previu que, em algumas décadas com o crescente conhecimento de estratégia e táticas pelos mestres, haveria uma grande quantidade de empates entre esses jogadores de elite. Deste modo, decidiu criar um novo jogo que preservaria o interesse pelo xadrez por mais um milênio.

Posição inicial de peçasEditar

No diagrama abaixo podemos visualizar as peças em sua posição inicial, onde o Arcebispo é colocado entre o Cavalo e o Bispo da Dama, o Chanceler fica na ala do Rei.

RoqueEditar

No Xadrez de Capablanca valem as mesma regras do xadrez normal acerca do roque, com a diferença que o rei se move três casas para os lados para rocar, no lugar de apenas duas como no Xadrez Ortodoxo.

abcdefghij
8          8
7          7
6          6
5          5
4          4
3          3
2          2
1          1
abcdefghij
Os Reis e Torres em suas posições iniciais, antes de efetuarem os roques.
abcdefghij
8          8
7          7
6          6
5          5
4          4
3          3
2          2
1          1
abcdefghij
O Rei e Torre negros após o roque grande na ala da dama, indicando-se com o símbolo O-O-O, como na notação algébrica tradicional.

O Rei e Torre brancos após o roque pequeno na ala do rei, indicando-se com o símbolo O-O, como na notação algébrica tradicional.

Edward LaskerEditar

Um dos grandes mestres norte-americanos, Edward Lasker, fez as seguintes observações em sua História do Xadrez (2.ed, pp.62–64):

ComputadoresEditar

 
Xadrez de Capablanca em sua posição inicial no programa de computador ChessV.

Na atualidade (2007), existem dois programas de computador que jogam o Xadrez de Capablanca, o ChessV e o SMIRF. Além destes, foi disponibilizado em abril de 2006 um conjunto de regras para jogar Xadrez de Capablanca no engenho Zillions of Games.

CuriosidadesEditar

 
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde abril de 2011).
  • No Xadrez de Capablanca, diversamente do Xadrez Ortodoxo, temos a Dama branca situada em uma casa negra e Dama negra em uma casa branca.

Referências

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Programa para a prática do Xadrez de Capablanca, não necessitando instalação: apenas descompactar e executar o arquivo ChessV.exe no Windows (ainda não há versões para outros sistemas operacionais).
  A Wikipédia possui o
Portal de Enxadrismo
  Este artigo sobre enxadrismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.