Abrir menu principal

Yaakov Dov Katz (hebreu: יעקב כץ) (também conhecido com "Katzele") é um político israelita. Dirigiu a coligação União Nacional entre 2008 e 2012 e foi por ela deputado no Knesset (o parlamento israelita).[1] É ainda diretor executivo das instituições do Centro Yeshivá de Beit El, de que faz parte a rede de média Arutz Xevá.

BiografiaEditar

Yaakov Katz nasceu a 29 de setembro de 1951 em Jerusalém. Estudou no colégio da yeshivá do movimento Bnei Akiva, em Kfar Haroé, e seguidamente na yeshivá Merkaz Harav, em Jerusalém[2] .

Em 1970, Katz foi recrutado para o exército israelita, e voluntariou-se para servir na unidade Xaked. Participou na intervenção militar israelita de 1971 em Gaza, sob o comando de Ariel Sharon.[3] Em 1972, Yaakov Katz concluiu o seu curso de oficial com distinção, e chefiou posteriormente uma unidade de comandos.[2] Em 1973 participou na Guerra do Yom Kippur, e foi ferido com gravidade[4] .

Durante a sua recuperação no hospital, conheceu a sua futura mulher, Tami, uma estudante de sociologia da Universidade Bar-Ilan, que se voluntariara para trabalhar no Hospital de Beilinson como enfermeira.

Depois de ter passado seis meses no hospital, Katz voltou, de muletas, à Yeshivá Mercaz HaRav, onde estudaria mais quatro anos sob a tutela do rabino Zvi Yehuda Kook e do mazkir Shlomo Aviner.

Em 1977, com a mulher e os filhos, Katz fez parte das famílias que fundaram o colonato de Beit El na Cisjordânia, mas no ano seguinte, juntamente com o rabino Zalman Baruch Melamed, separou-se do grupo de Beit El e fundou outro colonato, chamado Beit El B. Posteriormente fundou o Centro Yeshivá de Beit El, um centro educativo composto de muitas instituições e com mais de 1200 alunos. Fazem parte deste centro: a yeshivá e o kollel de Beit El, uma universidade de formação de professores, a yeshivá hesder de Har Brakha, a escola secundária da Yeshivá de Bnei Tzvi, a Academia Ra'aya para mulheres jovens, a Academia Pré-militar de Beit-El, e a rede mediática Arutz Xevá. Katz foi ainda um dos primeiros membros do movimento Gush Emunim.[5]

Carreira PolíticaEditar

Em dezembro de 2008 Katz assumiu a presidência da coligação União Nacional, e depois das eleições de 2009 tornou-se um dos quatro deputados eleitos por este grupo político. Manteve este cargo até 2013.

Referências

  1. Fendel, Hillel (20 de janeiro de 2009). «Ketzaleh Convenes Party to Plan Campaign Strategy». Israel National News. Consultado em 10 de fevereiro de 2009 
  2. a b «Yaakov Katz (Ketzele)- Chairman of the Ichud Leumi Party‚ in an Exclusive Interview to Eretz Yisroel Shelanu». Eretz Yisroel Shelanu. 7 de janeiro de 2009. Consultado em 10 de fevereiro de 2009 
  3. «Ariel Sharon». ynetnews.com. 8 de março de 2006. Consultado em 24 de janeiro de 2010 
  4. Gedalyahu, Ben Tzvi (25 de setembro de 2012). «Yom Kippur War Survivor». Arutz Sheva. Israel National News. Consultado em 27 de outubro de 2014 
  5. Pedahzur, Ami (2012), The Triumph of Israel's Radical Right, New York: Oxford University Press, p. 99 .