Abrir menu principal
Yael Dayan
Yael Dayan, 2006
Nascimento 2 de dezembro de 1939 (79 anos)
Nahalal
Nacionalidade  Israel
Ocupação escritora e política
Yael Dayan dando uma palestra na Universidade de Haifa no programa Women's Studies and Gender

Yael Dayan (em hebraico: יעל דיין ) (Nahalal, 2 de dezembro de 1939) é uma escritora e política israelense.[1] Filha do general Moshe Dayan e neta do político sionista Shmuel Dayan, serviu como membro do Knesset entre 1992 e 2003, pelo Partido Trabalhista.

Em 1993, em Túnis, Yael tornou-se a primeira parlamentar israelense a se encontrar com o líder da OLP Yasser Arafat. Quando retornou a Israel, depois de três dias de conversações, Yael foi amplamente condenada pela imprensa do seu país e mesmo pelo seu próprio partido. Alguns a consideraram traidora, enquanto outros a acusaram de tentar se autopromover.

Yael Dayan é também ativista dos direitos das mulheres e dos homossexuais. Faz parte da liderança da Bat Shalom ("Filhas da paz"), organização feminista pacifista que reúne mulheres israelenses e palestinas em defesa da igualdade de direitos para cidadãos árabes e judeus no Estado de Israel. Dayan também é crítica da ocupação dos territórios palestinos por Israel e participa ativamente da organização Paz agora, o maior e mais antigo movimento pacifista israelense.[2]

Nas eleições de 2003, ela perdeu sua cadeira no parlamento e deixou o Partido Trabalhista. Em seguida, filiou-se ao Meretz. Nas eleições municipais de Tel Aviv, em 2004, Dayan liderou a lista do Meretz. Seu partido ganhou 5 dos 31 assentos no Conselho Municipal e aliou-se à coalizão de apoio a Ron Huldai.

Atualmente Yael Dayan é membro do Conselho Municipal de Tel Aviv, vice-prefeita e responsável pelos serviços sociais do município.[3]

BibliografiaEditar

Ficção:

  • New Face in the Mirror - 1959
  • Envy the Frightened - 1961
  • Dust - 1963
  • Death Had Two Sons - 1967
  • Three Weeks in the Fall - 1979

Ensaios:

  • The Promised Land: Memoirs of Shmuel Dayan (ed.) - 1961
  • Israel Journal: June 1967 (também conhecido como A Soldier's Diary) - 1967
  • My Father, His Daughter - 1985

Referências

  1. Página de Yael Dayan no site do Knesset.
  2. Dados biográficos Santa Clara University (em inglês).
  3. «Membros do Conselho Municipal de Tel Aviv». Consultado em 11 de outubro de 2010. Arquivado do original em 3 de junho de 2011