Abrir menu principal
Yashima Gakutei
Nascimento 1786
Osaka
Morte 1868 (82 anos)
Cidadania Japão
Ocupação pintor, tradutor

Yashima Gakutei (八島岳亭? c. 1786 – 1868) foi um artista e poeta japonês e aluno de Totoya Hokkei e Hokusai. Gakutei é mais conhecido por sua poesia kyōka e obras de surimono (xilogravura).

BiografiaEditar

Gakutei nasceu em Osaka cerca de 1786, embora o ano exato de seu nascimento seja ainda desconhecido.[1][2] Era o filho ilegítimo de um samurai conhecido como Hirata que serviu sob o shogunato Tokugawa. A mãe de Gakutei depois se casou com o clã Yashima, explicando assim o nome do artista.[3] Por algum tempo, trabalhou em Osaka, dedicando-se principalmente a fazer cópias em xilogravura ou surimono além de ilustrações para livros.[2] A maioria do que se sabe sobre Gakutei tem sido suposições a partir dos assuntos e do contexto de seus trabalhos.[4]

ObrasEditar

Gakutei é notável para a qualidade em seus trabalhos de impressão de madeira e por suas contribuições gerais ao corpo de trabalhos ukiyo-e. Especificamente, os críticos notaram sua proeza técnica e precisão,[3] suas habilidades em gravação em relevo,[2] e que a sua especialização em surimono excedeu a de seu professor, Hokkei.[5] Alguns de seu trabalho incluem um conjunto de cinco cópias de impressões caracterizando mulheres executando gagaku, um tipo tradicional de música de corte do período Heian. Cada mulher tocava um instrumento: Um instrumento de sopro designado por Shō, um instrumento de sopro chamado ryūteki, um koto, um instrumento de cordas chamado biwa, e um instrumento de precursão chamado taiko.[4] Gakutei também ilustrou um livro inteiro chamado Kyōka Suikoden (狂歌水滸伝?) relacionado ao romance chinês traduzido Suikoden. Gakutei também criou paisagens e paisagens marinhas para livros,[6] que são peças raras entre os alunos de Hokusai.[7]

Gakutei também é conhecido por sua prolífica escrita;[8][9] ele escreveu muitos poemas humorísticos chamados kyōka e usou-os em seus trabalhos de arte e impressões.[10] Além disso, ele foi responsável por uma tradução de Journey to the West,[10] para a qual ele também criou ilustrações.[11]

GaleriaEditar

Referências

  1. van Gulik, Willem R. (1982). Irezumi. [S.l.]: Brill Archive. p. 49 
  2. a b c Young, Martie Wing (1973). Asian Art: a Collector's Selection. [S.l.]: Cornell University. p. 204 
  3. a b Keyes, Roger S. (1985). Surimono A catalogue of privately commissioned original Japanese woodblock prints from the 19th century. (PDF). [S.l.]: Sotheby. p. 46 
  4. a b Bennett, James (2009). Amy Reigle Newland, ed. The golden journey: Japanese art from Australian collections, Volume 1. [S.l.]: Art Gallery of South Australia. p. 174 
  5. Young 1973, p. 14.
  6. Stewart, Basil (1979). A guide to Japanese prints and their subject matter [Repr.] ed. New York: Dover Publications. p. 67. ISBN 0486238091 
  7. Stewart 1979, p. 131.
  8. «Collection of Surimono Depicting Books & Scrolls. - Bromer Booksellers - Rare and Beautiful Books». Bromer.com. Consultado em 11 de novembro de 2013 
  9. «Yashima Gakutei». IFPDA. Consultado em 11 de novembro de 2013 
  10. a b Roberts, Laurence P. «Gakutei». The Art of Japan. Consultado em 11 de julho de 2015 
  11. Harvard Art Museums/Arthur M. Sackler Museum, Gift of the Friends of Arthur B. Duel. «The Monkey King Songokû, from the Chinese Novel "Journey to the West"». Harvard Art Museums. Consultado em 11 de julho de 2015 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Yashima Gakutei