Yelena Kondakova

Yelena Vladimirovna Kondakova (em russo: Елена Владимировна Кондакова; Mytishchi, 30 de março de 1957) foi a terceira cosmonauta russa e a primeira mulher a participar de uma missão espacial de longa duração.

Yelena Kondakova
Nascimento 30 de março de 1957 (65 anos)
Mytishchi, Rússia Soviética, URSS
hoje Rússia
Nacionalidade Rússia russa
Carreira espacial
Cosmonauta da URSS
Tempo no espaço 178d 10h 41m[1]
Seleção 1989[1]
Missões
Insígnia da missão Insígnia Soyuz TM-20 Mir EO-17 patch.png Insígnia STS-84
Aposentadoria 1999[1]

Formada em engenharia de voo em Moscou, em 1980, foi selecionada como cosmonauta em 1989, após programa de treinos no Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin, na Cidade das Estrelas.[2] Kondarova participou da missão Soyuz TM-20 à estação Mir, lançada do Cosmódromo de Baikonur em 4 de outubro de 1994, permanecendo na estação orbital até 22 de março de 1995, numa estadia de mais de cinco meses no espaço.

Em maio de 1997 fez seu segundo voo espacial, desta vez no programa conjunto ônibus espacial-Mir, da NASA e da AER, a bordo da nave Atlantis, missão STS-84, como especialista de missão, passando mais dez dias no espaço.

Yelena é casada com o também cosmonauta Valeri Ryumin e vive em Kaliningrado.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «Cosmonaut Biography: Yelena Kondakova». 25 de agosto de 2018. Consultado em 27 de outubro de 2021 
  2. a b «Yelena Kondakova». Spacefacts. Consultado em 8 de abril de 2015 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Yelena Kondakova