Yes, Yes, Nanette

Yes, Yes, Nanette é um curta-metragem mudo norte-americano de 1925, do gênero comédia, dirigido por Stan Laurel e Clarence Hennecke — estrelado por Oliver Hardy.[1]

Yes, Yes, Nanette
 Estados Unidos
1925 •  p&b •  9 min 
Direção Stan Laurel
Clarence Hennecke
Produção Hal Roach
Roteiro Carl Harbaugh
Gênero comédia
Cinematografia Frank Young
Distribuição Pathé Exchange
Lançamento 19 de julho de 1925
Idioma mudo, intertítulos em inglês

ElencoEditar

 
Oliver Hardy
  • James Finlayson - Hillory, o novo marido (como Jimmie Finlayson)
  • Jack Gavin - Pai de dez filhos
  • Grant Gorman - Sonny Bryan
  • Sue O'Neill - Filha
  • Lyle Tayo - A noiva
  • Oliver Hardy - Seu ex-namorado (como "Babe" Hardy)

Referências

  1. «Progressive Silent Film List: Yes, Yes, Nanette». Silent Era. Consultado em 22 de dezembro de 2014 
  Este artigo sobre um curta-metragem é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.