Abrir menu principal
Ievguêni Ievtuchenko
Nome completo Yevgeny Aleksandrovich Gangnus
Nascimento 18 de julho de 1932
Zima
Morte 1 de abril de 2017 (84 anos)
Tulsa, Oklahoma, Estados Unidos
Nacionalidade Rússia Russo
Cônjuge Maria Novikova
Ocupação Poeta
Período de atividade 1949–2017
Principais trabalhos Babi Yar
Página oficial
www.evtushenko.net

Ievguêni Ievtuchenko[1] (em russo: Евге́ний Алекса́ндрович Евтуше́нко , por vezes transliterado como Yevgeny Aleksandrovich Yevtushenko ou Ievgueni Ievtuchenko ou ainda Evgueni Ievtuchenko[2] ; Zima, 18 de julho de 1932[3]Tulsa, Oklahoma, 1 de abril de 2017[4]) foi um poeta russo.

Escreveu, entre outros, os poemas Stantsiia Zima (Estação Zima, 1956) e Mamãe e a bomba atômica (1984), em que expressa suas convicções pacifistas.

BiografiaEditar

Yevtushenko nasceu nas profundezas da Sibéria, na cidade de Zima, nome que se traduz como inverno.

Yevtushenko ganhou notoriedade na antiga União Soviética quando tinha 20 anos, com a sua poesia denunciado Estaline. Ganhou reconhecimento internacional como jovem revolucionário com Babi Yar, o poema de 1961 sobre o massacre de quase 34.000 judeus pelos Nazis e a denúncia do Anti-semitismo que se tinha espalhado por toda a União Soviética. Era professor na Universidade de Tulsa, nos Estados Unidos.

Faleceu com cancro em fase 4, que sofria desde há seis anos[5].

Referências

  1. «Aprender para Vencer». www.aprenderparavencer.com 
  2. «Skoob». www.skoob.com.br 
  3. «Прищепа, Валерий Павлович. Евгений Евтушенко: Семинарий» (em russo). russofile.ru. Consultado em 1 de abril de 2017 
  4. «Legendary Russian poet Yevtushenko dies in US». TASS (em inglês). 1 de abril de 2017. Consultado em 1 de abril de 2017 
  5. «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.tribtown.com. Consultado em 21 de abril de 2017. Arquivado do original em 8 de abril de 2017 
  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.