Zadruga (Cirilico: Задруга) se refere a um tipo de comunidade rural tradicional, comum entre os povos eslavos, que historicante habitam os Balcãs. O termo era usado pelo Partido Comunista da Yugoslavia para designar sua tentativa de implantação das fazendas coletivas [1], após da Segunda guerra mundial. Na sua origem, geralmente as zadrugas eram formadas por uma única família ou clã de parentes e possuiam a propriedade, rebanho e dinheiro, com o patriarca, ou membro mais velho, ditando as regras e tomando as decisões pela família, embora às vezes, ao atingir idade avançada, ele delegasse esse direito para um de seus filhos.

Por ser baseada no sistema patriarcal, quando a mulher casava na zadruga, ela deixava a zadruga dos pais e juntava-se à do seu novo marido. Nos limites de uma zadruga, todos os membros da família trabalhavam para garantir que as necessidades de cada membro eram satisfeitas.

O Sistema Zadruga entrou em declínio no final do século XIX, com as grandes unidades tornando-se ingovernáveis e dividindo-se zadrugas menores ou formando pequenas vilas. No entanto, as zadrugas continuam a ter influência na vida dos Balcãs; mesmo hoje em dia, a típica preocupação com a família que se observa entre os eslavos do sul é em parte devida aos séculos de predominância do Sistema Zadruga. Muitas cidades modernas atuais nos Balcãs tiveram origem em uma zadruga e um grande número delas levam o nome de seu fundador.

Vilas, bairros ou cidades que tiveram origem em Zadrugas podem via de regra serem reconhecidas pelo sufixo, como -ivci, -evci, -ovci, -inci, -ci, -ane, -ene, etc., em seus nomes.

Esse estilo de cooperação é muito similar ao sitema russo do final do século XIX chamado obshchina [2]

Hoje em dia, na Croácia, o termo "zadruga" é utilizado em Direito para designar as pessoas acima de 18 anos de idade.

Ver tambémEditar

Ligação externaEditar