Zofar (hebraico: צוֹפַר ) foi um dos três companheiros de .

Participação na tramaEditar

Zofar foi o último a discursar, no debate com Jó. O seu raciocínio era semelhante ao de Elifaz e Bildade; isto é, ele acusou Jó de ter pecado contra Deus, admoestando-o a que abandonasse o pecado.[1]

No fim do debate, Deus ordenou que os três companheiros oferecessem um grande sacrifício e que Jó orasse a favor deles.[2]

BibliografiaEditar

Referências

  Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.