Zygmunt Wróblewski

Zygmunt Florenty Wróblewski
Zygmunt Florenty Wróblewski
Condensação
Liquefação
Nascimento 28 de outubro de 1845
Grodno
Morte 16 de abril de 1888 (42 anos)
Kraków
Sepultamento Cemitério Rakowicki
Nacionalidade polaca
Cidadania Império Russo
Progenitores Mãe:Karolina Wróblewska
Pai:Antoni Wróblewski
Alma mater Universidade de Kiev
Universidade de Munique
Ocupação físico, química(o)
Empregador Universidade Jaguelônica
Causa da morte septicemia
Campo(s) Física
Química

Zygmunt Wróblewski (28 de outubro de 184516 de abril de 1888) foi um físico e químico polaco. É conhecido por descobertas relativas à condensação e liquefação. Em 1876, tornou-se professor assistente na universidade de Estrasburgo. Wróblewski foi introduzido ao estudo da condensação do gás em Paris pelo Professor Caillet na École Normale Supérieure. Quando regressa à Polónia, é-lhe oferecida uma cadeira de física na universidade Jaguelónica de Cracóvia.

Enquanto estudava o ácido carbónico, Wróblewski descobriu o hidrato de CO2. A descoberta foi anunciada em 1882.[1][2][3]

Foi sepultado no Cemitério Rakowicki.

Referências

  1. S. Wroblewski (1882 a), "On the combination of carbonic acid and water" (em francês), Acad. Sci. Paris, Comptes rendus, 94, pp. 212–213.
  2. S. Wroblewski (1882 b), "On the composition of the hydrate of carbonic acid" (in French), Acad. Sci. Paris, ibid., pp. 954–958.
  3. S. Wroblewski (1882 c), "On the laws of solubility of carbonic acid in water at high pressures" (em francês), Acad. Sci. Paris, ibid., pp. 1355–1357.