Áquila Romano

Gramático romano especializado em língua Latina
Áquila
Nascimento século III
Nacionalidade
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Império Romano
Ocupação gramático

Áquila Romano (em latim: Aquila Romanus) foi um gramático romano, que floresceu na segunda metade do século III.

VidaEditar

Foi autor de um breve tratado De figuris sententiarum et elocutionis ("As figuras de pensamento e de expressão"), escrito como um fascículo de um manual sobre Retórica para ser utilizado por um jovem e ansioso correspondente. Ao recomendar Demóstenes e Cícero como modelos, ele toma seus próprios exemplos quase que exclusivamente de Cícero. Seu tratado é na realidade uma adaptação daquele criado por Alexandre Numênio, como é expressamente relatado por Júlio Rufiniano, que por sua vez é um tratado suplementar, acrescido de material de outras fontes. O estilo de Áquila é desagradável e descuidado, e o latim é inferior.[1]

Notas

  1. Chisholm 1911, p. 249.

Referências