Óleo essencial

Disambig grey.svg Nota: Para Óleo essencial, veja Óleo (desambiguação).

Um óleo essencial é um líquido hidrófobo que contém compostos químicos voláteis obtidos a partir de plantas. São também denominados óleos voláteis, óleos etéreos ou denominados em função da planta da qual são extraídos, como o óleo de citronela. O termo "essencial" refere-se à característica de conter a a fragrância característica, ou "essência", da planta da qual deriva.[1] O termo "essencial" usado neste contexto não significa indispensável ou utilizável pelo corpo humano, ao contrário do que acontece com os termos aminoácido essencial ou ácido gordo essencial, que são assim denominados por serem imprescindíveis para a nutrição de um organismo vivo.[2]

Frasco contendo óleo Essencial de Sândalo

Os óleos essenciais são geralmente extraídos pelo método de destilação, na maior parte dos casos destilação a vapor. Entre outros métodos usados estão a compressão, extração por solvente ou resinagem. São bastante usados no fabrico de perfumes, cosméticos, sabonetes e outros produtos, assim como para dar sabor a alimentos e bebidas e como aromatizantes em incenso e produtos de limpeza doméstica.

São também usados em aromaterapia, uma forma de medicina alternativa que alega que os compostos aromáticos têm propriedades medicinais. Embora a aromaterapia possa induzir relaxamento, não há evidências de que os óleos essenciais sejam eficazes no tratamento de qualquer problema de saúde.[3] A utilização incorreta de óleos essenciais pode causar reações alérgicas e irritação da pele, sendo as crianças particularmente susceptíveis.[4][5]

Referências

  1. «essential oil». Oxford English Dictionary online, American English ed. [S.l.: s.n.] Consultado em 21 de julho de 2014. Cópia arquivada em 9 de agosto de 2014 
  2. Reeds, P. J. (2000). «Dispensable and indispensable amino acids for humans». The Journal of Nutrition. 130 (7): 1835S–40S. PMID 10867060. doi:10.1093/jn/130.7.1835S 
  3. Lee, Myeong Soo; Choi, Jiae Choi (2012). «Aromatherapy for health care: an overview of systematic reviews». Maturitas. 3 (71): 257–260. PMID 22285469. doi:10.1016/j.maturitas.2011.12.018 
  4. Posadzki, P; Alotaibi, A; Ernst, E (2012). «Adverse effects of aromatherapy: A systematic review of case reports and case series». The International Journal of Risk & Safety in Medicine. 24 (3): 147–61. PMID 22936057. doi:10.3233/JRS-2012-0568 
  5. «Essential Oils: Poisonous when Misused». www.poison.org (em inglês). Consultado em 1 de dezembro de 2017 
  Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.