Abrir menu principal
Ópera da Bastilha
Bastille Opera Building.jpg

Fachada principal da Ópera da Bastilha.

História
Arquiteto
Período de construção
Abertura
Arquitetura
Estilo
Administração
Ocupante
Website
Localização
Endereço
place de la Bastille (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
12.º arrondissement de Paris, Paris
Flag of France.svg França
Coordenadas

Ópera da Bastilha é uma casa de ópera da cidade de Paris. Foi construída na década de 1980 para substituir a Ópera Garnier, que atualmente abriga apresentações de balé. É a sede oficial da Ópera Nacional de Paris. Têm capacidade atual de abrigar 2.703 pessoas.

HistóriaEditar

Em 1968, surgiu a ideia de erguer uma nova casa de espetáculos em Paris para abrigar a Ópera Nacional. A ideia, que partiu de Pierre Boulez, Maurice Béjart e Jean Vilar, agradou a François Mitterrand. Mitterrand decidiu, então, organizar um concurso para definir o projeto do novo teatro sem nenhuma exigência.

Cerca de 756 pessoas se candidataram, mas o grande vencedor foi Carlos Ott, um arquiteto uruguaio até então pouco famoso. O projeto de Ott incluia 2.723 assentos e acabamento exterior em vidro.

A construção teve início em 1984 com a demolição da Gare de La Bastille, que já estava fechada desde 1969. O prédio foi inaugurado em 1989, durante o 200º aniversário da Tomada da Bastilha. A inauguração contou com um concerto de Georges Prêtre e participação de Teresa Berganza e Plácido Domingo.

  Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.