.22 Winchester Rimfire

cartucho de fogo circular


O .22 Winchester Rimfire (comumente chamado de .22 WRF), é um cartucho de fogo circular desenvolvido pela Winchester e introduzido em 1890, para uso no rifle Winchester Model 1890.

.22 Winchester Rimfire
22 WRF metallic horizontal.jpg
O cartucho .22 Winchester Rimfire com bala de ponta macia
Tipo Rifle
Local de origem  Estados Unidos
Histórico de produção
Criador Winchester Repeating Arms Company
Data de criação 1890
Especificações
Cartucho semelhante .22 Remington Special
Cartucho tipo com aro, "cilíndrico"
Diâmetro do Projétil ,2285 in (5,80 mm)
Diâmetro do pescoço ,2435 in (6,18 mm)
Diâmetro da base ,2455 in (6,24 mm)
Diâmetro do aro ,300 in (7,62 mm)
Espessura do aro ,050 in (1,27 mm)
Comprimento do estojo ,965 in (24,5 mm)
Comprimento total 1,180 in (30,0 mm)
Espoleta Fogo circular
Desempenho balístico
Projétil Peso / Tipo Velocidade Energia
45 gr. (2,9 g) standard velocity 1.050 ft/s (320 m/s) 105 ft-lbf (142 J)
45 gr. (2,9 g)  1.450 ft/s (440 m/s) 210 ft-lbf (280 J)
40 gr. (2,6 g) hollowpoint (high velocity) 1.440 ft/s (440 m/s) 185 ft-lbf (251 J)
Referências: Barnes & Amber 1972

HistóricoEditar

O cartucho .22 WRF, introduzido juntamente com rifle Winchester M1890, tinha uma bala de nariz achatado e é idêntico ao .22 Remington Special (que diferia apenas por ter uma bala de ponta redonda).[1] Ele usa um projétil de base plana e lubrificação interna, que difere dos cartuchos de lubrificante externa: .22 Short, Long, LR e Extra Long.[1]

 
Cartuchos .22 LR e .22 WRF ao lado de uma régua para comparação.

Quando introduzido, o .22 WRF "foi a primeira melhoria notável no poder de matar" em relação ao .22 LR,[1] e era capaz de abater de forma "limpa" a até 75 jardas (70 m). É um pouco menos preciso do que o .22 LR[1] e é mais adequado para pequenos animais de caça, como coelhos ou cães da pradaria.[1]

 
O cartucho .22 WRF.

Pouco antes da Segunda Guerra Mundial, foram desenvolvidos propelentes que aumentaram muito a eficácia do .22 LR. Essas novas cargas de "alta velocidade" fornecem hoje em dia, cerca de 1.132 fps e 82 ft-lbs de energia, podendo chegar a 1,600 fps dependendo do peso da bala, em relação à carga LR original que fornecia 1.095 fps (em rifles).[2] Este aumento na potência da bala menor, juntamente com seu preço mais barato e grande número de rifles já comercializados em .22 LR, efetivamente "matou" o .22 WRF, que só se mantém vivo como uma munição "menos destrutiva" para caça de pequenos animais.[3]

Uma variedade de rifles Winchester, Remington e Stevens de tiro único e de repetição foram oferecidos a partir de 1890, mas novos rifles não são feitos para este cartucho. A munição .22 WRF é oferecida periodicamente por fabricantes comerciais para uso nas armas antigas.[1] Ele pode ser disparado em qualquer rifle com câmara para o mais poderoso .22 WMR.[1] O cartucho WRF mais curto pode ser limitado ao uso de um único tiro em rifles WMR, uma vez que pode não se alimentar automaticamente de cartuchos de comprimento WMR, dependendo do design.

DimensõesEditar

Dimensões do cartucho conforme especificado pela ANSI/SAAMI.[4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d e f g Barnes (1972), p. 275, .22 Winchester Rimfire (WRF).
  2. Dave Campbell (11 de julho de 2020). «The .22 LR: History & Performance». American Rifleman. Consultado em 12 de junho de 2021 
  3. Chuck Hawks. «A Brief History of .22 Rimfire Ammunition». chuckhawks.com. Consultado em 12 de junho de 2021 
  4. «22 WINCHESTER RIMFIRE» (PDF). SAAMI. 31 de agosto de 2015. p. 17. Consultado em 12 de junho de 2021 

BibliografiaEditar

  • Barnes, Frank C. (1972). Cartridges of the World (em inglês) 3.ª, ilustrada, revisada ed. [S.l.]: DBI Books (publicado em 1 de fevereiro de 1972). 378 páginas. ISBN 978-0-69580-326-1. Consultado em 12 de junho de 2021 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre .22 Winchester Rimfire