2010 VX11

objeto trasnetuniano

2010 VX11, também escrito como 2010 VX11, é um corpo celeste que é classificado como um centauro, numa classificação estendida de centauros. Ele possui uma magnitude absoluta de 6,3[1] e tem um diâmetro estimado de cerca de 242 km.[2] O astrônomo Mike Brown lista este corpo celeste em sua página na internet como um candidato a possível planeta anão.[3]

2010 VX11
Data da descoberta 3 de novembro de 2010
Descoberto por D. L. Rabinowitz
M. Schwamb
S. Tourtellotte
Categoria Transnetuniano
Centauro
Elementos orbitais
Semieixo maior 41,997 UA
Periélio 21,327 UA
Afélio 62,666 UA
Excentricidade 0,492
Anomalia média 346,2 °
Inclinação 22,4°
Longitude do nó ascendente 170,6 °
Argumento do periastro 292,6 °
Características físicas
Dimensões 242 km
Magnitude absoluta 6,3

DescobertaEditar

2010 VX11 foi descoberto no dia 3 de novembro de 2010 pelos astrônomos D. L. Rabinowitz, M. Schwamb e S. Tourtellotte.[1]

ÓrbitaEditar

A órbita de 2010 VX11 tem uma excentricidade de 0,492 e possui um semieixo maior de 41,997 UA. O seu periélio leva o mesmo a uma distância de 21,327 UA em relação ao Sol e seu afélio a 62,666 UA.[1]

Referências

  1. a b c «List Of Centaurs and Scattered-Disk Objects» (em inglês). Minor Planet Center. Consultado em 25 de junho de 2015 
  2. «List of Known Trans-Neptunian Objects» (em inglês). Consultado em 25 de junho de 2015 
  3. «How many dwarf planets are there in the outer solar system? (updates daily)» (em inglês). Consultado em 25 de junho de 2015