30 Hudson Yards

arranha-céu em Nova Iorque
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com 30 Hudson Street.

30 Hudson Yards
Hudson Yards from Hudson Commons (95131p) (30 Hudson Yards).jpg

30 Hudson Yards em 2019

História
Nome(s) Alternativo(s)
Torre Norte
Arquiteto
Complexo
Período de construção
Pedra fundamental
Abertura
15 de março de 2019 (3 anos)
Status
Concluído
Arquitetura
Estilo
Altura
395 m
Pisos
91
Caves
7
Elevador
59
Administração
Proprietário
The Related Companies (en)
Website
Localização
Localização

500 West 33rd Street

Manhattan, Nova Iorque, 10001
Endereço
Coordenadas

30 Hudson Yards (também conhecido como Torre Norte) é um arranha-céu super-alto em West Side, Manhattan, Nova Iorque. Localizado perto de Hell's Kitchen, Chelsea e da área da Penn Station, o edifício é parte do empreendimento imobiliário Hudson Yards, um plano para redesenvolver o Pátio West Side da MTA.[1][2][3][4][5] É o terceiro maior edifício de Nova Iorque.[6]

O edifício tem um observatório triangular por fora do 101º andar. Esse observatório, com uma altura de 335 m, abriu em março de 2020 e é o maior observatório a céu-aberto do hemisfério ocidental.[7]

HistóriaEditar

A cerimônia de colocação da pedra fundamental aconteceu em 4 de dezembro de 2012. No início, as obras focaram em erguer uma plataforma que cobre a maioria do Pátio Oriental, onde grande parte da fase 1 do empreendimento está localizada. Em 12 de dezembro de 2013, foi anunciado que a Tutor Perini Building Group Corp. ganhou o contrato de 510 milhões de dólares para construir a plataforma.[8]

Em 2013, a Time Warner anunciou suas intenções de mover a maioria de seus escritórios para o 30 Hudson Yards, deixando vazio sua sede atual no Time Warner Center, também propriedade da Related, em Columbus Circle.[9] A empresa irá ocupar metade do edifício, abaixo do 38º andar.[10][11]

No meio de 2015, a Related recebeu um empréstimo de 690 milhões de dólares do Bank of America, Wells Fargo e CIBC, o que permitiu que a construção começasse.[12][13] Em janeiro de 2016, os primeiros andares acima do solo já estavam completos.[14] A construção do mirante no topo do edifício começou em abril de 2018,[15][16] e estava quase concluída na metade de 2018.[17][18][19][20]

Em janeiro de 2019, a WarnerMedia contratou Douglas Harmon e Adam Spies da Cushman & Wakefield para encontrar um comprador para para seu complexo de escritórios e, então, o alugasse de volta. O complexo de escritórios da WarnerMedia inclui mais de 1,4 milhões de pés quadrados de andares, representando aproximadamente 60% da torre de 2,6 milhões de pés quadrados.[21]

O edifício foi inaugurado em 15 de março de 2019.[22][23] Um mês depois, a WarnerMedia vendeu seu espaço à Related e Allianz por US$ 2,2 bilhões após assinar um contrato de aluguel de 15 anos por 1,5 milhões de pés quadrados (140 000 m2).[24] Os sócios financiaram a compra com um empréstimo comercial de 10 anos, com juros de garantia garantidos por hipoteca de US$ 1,43 bilhão do Deutsche Bank, Wells Fargo e Goldman Sachs.[25] Em junho, a KKR contraiu uma hipoteca de US$ 490 milhões do Deutsche Bank sobre o espaço de seus condomínios de escritórios.[26]

Arquitetura e projetoEditar

Kohn Pedersen Fox foi escolhido para projetar o edifício.[27] Originalmente projetado para ter 408 m de altura,[28] o prédio teve sua altura reduzida para 395 m,[29] ainda assim o maior edifício do empreendimento.[30] O espaço da WarnerMedia tem várias conveniências, incluindo uma cafeteria, uma academia, um auditório de dois níveis, um cinema e um mirante aberto.[25]

O saguão do edifício terá uma obra de arte do artista espanhol Jaume Plensa, que consiste em 11 esferas de aço inoxidável pendurados no teto, representando a unidade global e a diversidade cultural.[31]

The EdgeEditar

O arranha-céu tem como destaque um mirante aberto a 340 m de altura conhecido como "The Edge" (em português: A Borda).[32] O The Edge contem um terraço ao ar-livre que se estende por 28 m a para fora do edifício, proporcionando vistas panorâmicas de Manhattan e do rio Hudson.[33] É o mais alto mirante a céu-aberto do hemisfério ocidental e o segundo maior mirante de Nova Iorque, atrás apenas do observatório One World, no One World Trade Center.[34][35] Visitantes podem andar até uma barreira de vidro inclinada a 6,6 graus para frente. Outro destque do The Edge é um triângulo de vidro no chão do mirante, que permite que os visitantes vejam a rua 345 m abaixo. Também existe uma escadaria aberta no lado oriental do mirante.[36]

O The Edge foi aberto ao público em 11 de março de 2020, e foi temporariamente fechado dois dias depois em decorrência da pandemia de COVID-19.[37] A atração foi reaberta em 2 de setembro de 2020.[38]

GaleriaEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Arak, Joey (19 de novembro de 2007). «"Brookfield Properties Goes Splittsville"». Curbed 
  2. Chaban, Matt (12 de julho de 2011). «"Scaling the Towers of Hudson Yards"». The New York Observer 
  3. Davidson, Justin (7 de outubro de 2012). «"From 0 to 12 Million Square Feet"». New York 
  4. Samtani, Hiten (16 de agosto de 2013). «"Anatomy of a deal: Inside Related/Oxford's unusual financing of Hudson Yards"». The Real Deal 
  5. Sheftell, Jason (4 de dezembro de 2012). «"New York City officials, developers to break ground on $15 billion mini-city Hudson Yards"». Daily News 
  6. Desjardins, Jeff (26 de abril de 2019). «"The 100 Tallest Buildings in New York City"». Visual Capitalist. Consultado em 24 de fevereiro de 2021 
  7. «"Edge"». Hudson Yards 
  8. D'Amico, Esther; Worrell, Carolina (19 de dezembro de 2013). «"Further Work Details Revealed on Three Major NYC Projects"». ENR New York. Cópia arquivada em 6 de julho de 2014 
  9. Weiss, Lois (5 de agosto de 2013). «"TW is at Center of hot attention"». New York Post 
  10. «"Time Warner Press Releases"». Time Warner. 16 de janeiro de 2014. Consultado em 31 de julho de 2014 
  11. Bagli, Charles V. (16 de janeiro de 2014). «"Time Warner Is Planning a Move to Hudson Yards"». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 11 de abril de 2018 
  12. Smith, Stephen (22 de julho de 2014). «"Permits Filed: 30 Hudson Yards"». NY Yimby. Consultado em 28 de agosto de 2014 
  13. Geiger, Daniel (10 de dezembro de 2015). «"Developers land $5 billion loan for 30 Hudson Yards, mall on far West Side"». Crain's New York 
  14. Warerkar, Tanay (23 de dezembro de 2015). «"Hudson Yards's Tallest Tower Begins Its 1,287-Foot Ascent"». Curbed. Consultado em 11 de abril de 2018 
  15. Garfield, Leanna (11 de abril de 2018). «"New York City is getting a 1,296-foot-tall skyscraper with the highest observation deck in the Western Hemisphere — see the incredible views"». Business Insider. Consultado em 12 de agosto de 2018 
  16. Stffiler, Scott (25 de abril de 2018). «"Construction Begins on Observation Deck at 30 Hudson Yards"». Chelsea Now. Consultado em 12 de agosto de 2018. Cópia arquivada em 12 de junho de 2018 
  17. Newson, Andrew (7 de março de 2018). «"30 Hudson Yards' Observation Deck And Parapet Nearly Complete"». New York Yimby. Consultado em 28 de agosto de 2018 
  18. Gannon, Devin (17 de julho de 2018). «"30 Hudson Yards officially tops out at 1,296 feet"». 6sqft. Consultado em 11 de outubro de 2018 
  19. Dailey, Jessica (10 de agosto de 2015). «"Hudson Yards Construction Rolls On As Retail Center Rises"». Curbed NY. Consultado em 20 de agosto de 2015 
  20. Walker, Ameena (4 de abril de 2018). «"Tracking the biggest buildings taking shape at Hudson Yards"». Curbed NY. Consultado em 12 de agosto de 2018 
  21. Wiss, Lois (8 de janeiro de 2019). «"WarnerMedia looking to sell, lease back Hudson Yards HQ"». New York Post. Consultado em 13 de outubro de 2020 
  22. Rosenberg, Zoe (2 de janeiro de 2019). «"6 crucial ways New York City's landscape will change in 2019"». Curbed NY. Consultado em 3 de janeiro de 2019 
  23. Bendix, Aria (7 de outubro de 2018). «"Hudson Yards is the biggest New York development since Rockefeller Center. Here are all the major buildings in the $25 billion neighborhood"». Business Insider. Consultado em 3 de janeiro de 2019 
  24. Gourarie, Chava (24 de abril de 2019). «"Allianz Teaming Up With Related in Its $2.2B Acquisition of 30 Hudson Yards"». Commercial Observer 
  25. a b Grossman, Matt (20 de agosto de 2019). «"Related, Allianz Office Deal at 30 Hudson Yards Funded with $1.43B Mortgage"». Commercial Observer. Consultado em 21 de agosto de 2019 
  26. Grossman, Matt (7 de agosto de 2019). «"KKR Seals $490M Financing for Commercial Condo at 30 Hudson Yards"». Commercial Observer. Consultado em 8 de agosto de 2019 
  27. «"30 Hudson Yards Floor Plans"». Hudson Yards. 22 de janeiro de 2014. Consultado em 20 de março de 2014. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  28. Fedak, Nikolai (25 de dezembro de 2013). «"Related's Hudson Yards Towers Re-Named"». New York Yimby 
  29. «"30 Hudson Yards Facts"». Skyscrapercenter.com. 1 de dezembro de 2011. Consultado em 20 de março de 2014 
  30. David M., Levitt (19 de março de 2014). «"New York's Hudson Yards Starts Next Phase as Deck Begins"». Bloomberg News. Consultado em 28 de agosto de 2014 
  31. Morris, Sebastian (31 de janeiro de 2019). «"Related And Oxford Unveil Commissioned Art Installations At Hudson Yards"». New York Yimby 
  32. «"Hudson Yards Set to Alter Skyline, Transform Neighborhood"». Chelsea Now. Consultado em 5 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 24 de julho de 2014 
  33. Matthew, Lindsey (11 de abril de 2020). «"The Highest Outdoor Observation Deck in the Western Hemisphere Is Now Open"». AFAR Media 
  34. Rosenberg, Zoe (24 de outubro de 2019). «"Hudson Yards' observation deck finally has an opening date"». Curbed NY 
  35. Hines, Morgan (5 de novembro de 2019). «"See what New York looks like from the Edge, a sky deck with a glass floor, 100 floors up"». USA Today 
  36. Weiss, Lois (24 de outubro de 2019). «"Hudson Yards observatory dares visitors to live life on the 'Edge' "». New York Post. Consultado em 13 de outubro de 2020 
  37. Chen, David W. (19 de junho de 2020). «"How Will Hudson Yards Survive the Pandemic?"». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 24 de fevereiro de 2021 
  38. Warren, Katie (2 de setembro de 2020). «"View from the top: A guide to NYC's best observation decks, from the Empire State Building to the Top of the Rock"». Business Insider. Consultado em 5 de setembro de 2020 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre 30 Hudson Yards