Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2015). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
AK-101
Ak-101.jpg
Tipo Fuzil de Assalto
Local de origem  Rússia
Histórico de produção
Criador Mikhail Kalashnikov
Data de criação 1994
Fabricante Izhmash
Quantidade
produzida
25.000
Variantes AK-102
Especificações
Peso 3,6 kg (sem carregador), 4 kg (carregada)
Comprimento 943mm (com a coronha estendida), 700mm (com a coronha rebatida)
Comprimento 
do cano
415mm
Calibre 5.56x45mm NATO
Ação Operada a gás, ferrolho rotativo com dois ressaltos.
Cadência de tiro 600 disparos/min
Velocidade de saída 910 m/s
Alcance efetivo 550 m
Sistema de suprimento carregador de 30 tiros
Mira Mira de ferro (alça e massa), podendo ser adaptável miras opticas

AK-101 é um fuzil de assalto de fabricação Russa, fabricado pela Izhmash. O AK-101 foi projetado para exportação, usando calibre 5.56x45mm NATO, calibre padrão de vários exércitos ocidentais. Este modelo é projetado para que seja uma arma que combine a logística e familiaridade do calibre 5,56mm NATO com a resistência e facilidade de operação do Kalashnikov. A arma faz uso de vários materiais compostos, incluindo polímero, para baixar o peso do fuzil e melhorar a precisão. Muitas melhoras presentes no AK-101, são utilizadas em outros fuzis da linha, como o AK-103.

CaracterísticasEditar

O AK-101 é um fuzil automático, com seletor de tiro, podendo ser disparado em modo semi-automático ou automático. Mecanicamente, o AK-101 é uma arma muito similar a o AK-74, tendo somente os calibres diferentes. Ela é equipada com um trilho acima da caixa de culatra, podendo ser equipado com miras ópticas tanto de fabricação russa quanto ocidentais. O fuzil é equipado com um freio de bocal/quebra-chamas, do mesmo modelo do AK-74, usado para melhor controle da rama em modo automático. A coronha é feita em polímero (plástico de alta resistência), podendo ser rebatida para a esquerda, o guarda-mão também é feito em Polímero. O AK-101 pode ser equipado com baioneta tipo 6H5 e lança-granadas GP-30, colocado embaixo do guarda-mão.

UtilizadoresEditar

  •   Butão: Arma operada por alguns batalhões do Real Exército do Butão.
  •   Uruguai: 300 armas foram adquiridas em 2004 pelo Exército Uruguaio, para equipar as forças uruguaias da MONUSCO. Algumas armas são utilizadas no Batalhão de Infantaria Paraquedista Nº14 do Exército Uruguaio.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar