Abrir menu principal

A Bomba

filme de 2001 dirigido por Leonel Vieira
Nota: Se procura pelo romance homónimo da escritora sueca Liza Marklund, consulte Sprängaren.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde julho de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
A Bomba
Portugal Portugal
2001 •  cor •  90 min 
Realização Leonel Vieira
Argumento Luís Diogo e Alberto Fernandes
Elenco Diogo Infante
António Melo
Fernanda Serrano
Género comédia
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

A Bomba é um filme português de 2001 do realizador Leonel Vieira, que varia entre comédia e acção.

SinopseEditar

Quando dois vendedores de lâmpadas afrodisíacas são confundidos com filhos de empresários brasileiros, eles são raptados e amarrados num local isolado. Enquanto que os raptores se matam entre eles, os reféns acabam em perigo de vida à mercê de uma bomba relógio frente a eles. O insólito é que as últimas horas da vida deles está a ser transmitida em directo pela televisão para todo o país.

Ignorado pelo público e arrasado pela crítica, esta comédia lança um satírico olhar à televisão portuguesa e aos reality shows de todo o tipo.

ElencoEditar

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um filme português é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.