Abrir menu principal

Acrosina

gene da espécie Homo sapiens

FunçãoEditar

A acrosina é a principal proteinase presente no acrossoma de espermatozóides maduros. É uma típica serina protease com especificidade semelhante a tripsina. É acumulada no acromossoma na sua forma percursora, a pró-acrosina. A enzima activa funciona na lise da zona pelúcida, facilitando dessa forma a penetração do espermatozóide através das camadas glicoproteicas mais interiores do óvulo. O mRNA para a acrosina é sintetizado nos estágios pós-meióticos da espermatogénese. Na pró-acrosina humana aparece em primeiro lugar nos esparmatídeos haplóides.[3]

Referências

  1. Adham IM, Klemm U, Maier WM, Engel W (janeiro de 1990). «Molecular cloning of human preproacrosin cDNA». Hum. Genet. 84 (2): 125–8. PMID 2298447. doi:10.1007/bf00208925 
  2. Honda A, Siruntawineti J, Baba T (2002). «Role of acrosomal matrix proteases in sperm-zona pellucida interactions». Hum. Reprod. Update. 8 (5): 405–12. PMID 12398221. doi:10.1093/humupd/8.5.405 
  3. «Entrez Gene: acrosin» 

Leitura adicionalEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre enzimas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.