Adão Escoto

Adão Escoto
Filosofia medieval
Escola/Tradição: Misticismo, Asceticismo, Cartusianismo, Premonstratensismo
Data de nascimento: ca. 1140
Local: Não disponível
Morte ca. 1212 (72 anos)
Local: Witham, Somersécia
Principais interesses: Teologia, disciplina monástica, ideal cartuxo
Influências: Hugo de São Vitor, Elredo de Rievaulx, Pseudo-Dionísio, o Areopagita, Anselmo de Cantuária, Bernardo de Claraval, André de São Vitor
Influenciados: Ordem dos Cartuxos na Grã-Bretanha

Adão Escoto (em latim: Adam Scotus; c. 1140 – 1212) foi um teólogo, escritor e monge premonstratense e cartuxo anglo-escocês, do final do século XII e início do XIII. Ingressou na Abadia de Dryburgh quando jovem, chegando a tornar-se abade (1184-1188), antes de converter-se ao cartusianismo, e mudar-se para Witham. É também conhecido por vários outros nomes: Adão, o Cartuxo, Adão Ânglico e Adão de Dryburgh.

BiografiaEditar

Adam nasceu por volta de 1140 na zona de fronteira anglo-escocesa (Nortúmbria e Fronteiras Escocesas) de pais cujos nomes e identidade são desconhecidos. Os detalhes de sua primeira educação também não são conhecidos, mas em algum momento, pode ter sido aluno do grande Hugo de São Vitor. É conhecido por ter rejeitado a vida clerical, em favor do monasticismo, ao entrar para casa premonstratense da Abadia de Dryburgh e tornar-se ali um padre em 1165 aos vinte e cinco anos de idade.

Adam serviu sob a administração dos primeiros dois abades, Roger e Gerard, antes mesmo de em 1184 o próprio Adam tornar-se abade. Não está bem claro se Adam tornou-se um abade completo ou se estava apenas substituindo o abade ou na função de coadjutor. O abade Gerard pode ter ficado incapacitado por motivo de doença, e Adam, aparentemente, recusou-se a ser abençoado por um bispo, enquanto o abade Gerard ainda vivia. Adam foi transferido para Prémontré, França, pelo abade chefe da sua ordem. Enquanto esteve na França, Adam visitou o convento cartuxo de Val Saint-Pierre de Vervins, que o impressionou tanto, que ele prometeu a si mesmo tornar-se um cartuxo, renunciando à sua abadia em Dryburgh. Agindo assim, ele seguiu os passos do abade Roger, primeiro chefe da abadia de Dryburgh, que havia ingressado na abadia de Val Saint-Pierre em 1177.

Adam retornou à Grã-Bretanha e visitou Hugo de Lincoln, bispo de Lincoln. Após consultar-se com esta figura sênior cartuxo e futuro santo, Adam ingressou no antigo priorado de Hugo em Witham, Somersécia. Os premonstratenses não desistiram de tentar trazê-lo de volta, contudo, foi só após a intervenção do bispo Hugo, que uma carta de liberação foi enviada a Adam. Adam permaneceria em Witham até sua morte, talvez em 1212. Ele não teve filhos, diz-se ter sido de estatura mediana; era conhecido por sua alegria, sua habilidade como pregador e sua boa memória.

Adam foi também um escritor prolífico, que produziu muitos sermões, assim como outros textos teológicos e religiosos. Entre seus trabalhos mais famosos estão: De tripartito tabernaculo, escrito em Dryburgh em 1180, e Liber de quadripartito exercitio cellae', escrito em Witham. Seus escritos foram publicados pela primeira vez por Egídio Gourmont, em Paris, em 1518. Mais tarde, naquele século, o clérigo John Bale atribuiu por engano, mais seis escritos como sendo de autoria de Adam, sendo que, cinco deles não tinha qualquer ligação com Adam.

Referências

  • Este artigo incorpora texto (em inglês) da Encyclopædia Britannica (11.ª edição), publicação em domínio público.
  •   Vários autores (1911). «Adam Scotus». In: Chisholm, Hugh. Encyclopædia Britannica. A Dictionary of Arts, Sciences, Literature, and General information (em inglês) 11.ª ed. Encyclopædia Britannica, Inc. (atualmente em domínio público) 
  • Bartlett, Robert, England under the Norman and Angevan Kings, 1075—1225 Oxford University Press, 2000, p. 433
  • Beckett, W. N. M., "Adam the Carthusian (supp. fl. 1340)", em Oxford Dictionary of National Biography, Oxford University Press, 2004 , acessado em 26-12-2010
  • Bullock, James, Adam of Dryburgh, (Londres, 1958)
  • Holdsworth, Christopher, "Dryburgh, Adam of (c.1140–1212?)", em Oxford Dictionary of National Biography, Oxford University Press, 2004 , acessado em 26-12-2010
  • D. E. R. Watt & Shead, N. F. (eds.), The Heads of Religious Houses in Scotland from the 12th to the 16th Centuries, The Scottish Records Society, New Series, Volume 24, (Edimburgo, 2001), p. 58-62

Ligações externasEditar

  • "Adam Scotus". Dictionary of National Biography, 1885–1900. Londres: Smith, Elder & Co.


Títulos da Igreja Católica
Precedido por
Gerardo
Abade de Dryburgh
1184-1188
Sucedido por
Ricardo