Adalberto I de Métis

Adalberto I de Métis foi um nobre francês dos século X. Era filho de Lantesinda e seu esposo Matifredo, a quem sucedeu como conde em 930.[1] Foi o primeiro cônjuge de Liutegarda, filha de Vigerico III e Cunegunda, e o casal gerou Matifredo e Hugo.[2] Thierry Stasser, através duma análise onomástica, afirmou que o casal ainda teve uma filha, chamada Liutegarda, que casar-se-ia com Roberto I.[3] De acordo com o Continuador de Regino de Tréveris, Adalberto morreu em 27 de janeiro ou 10 de fevereiro de 944 ao combater Uodão. [4] Foi sucedido por Gerardo II, mas é imprecisa sua relação com o antecessor. Nalgumas reconstruções genealógicas ele e Ricardo, seu filho, são desconsiderados e os futuros Gerardo III (r. 986–1022) e Adalberto II (r. 1022–1033) são vistos como netos de Matifredo, filho de Adalberto, através dum indivíduo de nome desconhecido.[1]

Adalberto I de Métis
Conde de Métis
Reinado 930-944
Antecessor(a) Matifredo
Sucessor(a) Gerardo II
 
Cônjuge Liutegarda
Descendência
  • Hugo
  • Matifredo
  • Liutegarda
Casa de Métis
Morte 944
Pai Matifredo
Mãe Lantesinda
Religião Cristianismo

Referências

  1. a b Jan 1995, p. 444.
  2. Jan 1995, p. 456.
  3. Stasser 2000, p. 115.
  4. Pertz 1826, p. 619.

BibliografiaEditar

  • Jan, Régine Le (1995). Famille et pouvoir dans le monde franc (VIIe-Xe siècle): essai d'anthropologie sociale. Paris: Publicações de Sorbona 
  • Pertz, George (1826). Monumenta Germaniae Historica [MGH]. Annales Alamannici continuatio Sangallensis tertia (SS I). Berlim: Weidmann 
  • Stasser, Thierry (2000). «L'épouse de Robert I de Namur: Essai d'identification». In: Keats-Rohan, K. S. B. and Settipani, C. Onomastique et Parenté dans l'Occident medieval (Prosopographica et Genealogica, Vol. 3). Oxônia: Unidade para Pesquisa Prosopográfica