Abrir menu principal

Adolfo de Eschaumburgo-Lipa

(Redirecionado de Adolfo de Schaumburg-Lippe)
Adolfo
Príncipe de Eschaumburgo-Lipa
Adolfo de Eschaumburgo-Lipa
Cônjuge Vitória da Prússia
Casa Lipa
Nascimento 20 de julho de 1859
  Castelo de Bückeburg, Buckeburgo, Alemanha
Morte 9 de julho de 1916 (56 anos)
  Bonn, Alemanha
Pai Adolfo I, Príncipe de Eschaumburgo-Lipa
Mãe Hermínia de Waldeck e Pyrmont

Adolfo de Eschaumburgo-Lipa (20 de julho de 1859 – 9 de julho de 1916) foi regente do Principado de Lipa entre 1895 e 1897.

Primeiros anosEditar

Nascido no Palácio de Bückeburg, em Buckeburgo, Adolfo era o sétimo filho de Adolfo I, Príncipe de Eschaumburgo-Lipa (1817–1893) e da princesa Hermínia de Waldeck e Pyrmont (1827–1910).

Após a morte do príncipe Woldemar a 20 de março de 1895 e a subida ao trono do irmão de Woldemar, Alexandre, Adolfo foi nomeado regente de Lipa, uma vez que Alexandre se encontrava incapacitado devido a uma doença mental. Esteve nessa posição até 1897, altura em que foi substituído pelo conde Ernesto de Lipa-Biesterfeld.

CasamentoEditar

A 19 de novembro de 1890, Adolfo casou-se em Berlim com a princesa Vitória da Prússia.[1] Sendo a sua esposa filha de Frederico III da Alemanha, Adolfo tornou-se assim cunhado do último rei da Prússia, Guilherme II. No casamento, estiveram presentes o rei, a sua esposa, Augusta Vitória de Schleswig-Holstein e a mãe de Vitória, a rainha viúva Vitória.[1] Uma vez que a mãe da princesa Vitória pertencia à família real britânica, também estiveram presentes muitos dos seus parentes, incluindo a princesa Helena do Reino Unido. Depois da cerimónia, o casal deu um banquete, no qual o imperador Guilherme lhes garantiu a sua "proteção e cuidado com amizade".[1]

Não nasceram filhos deste casamento, embora a princesa Vitória tenha sofrido um aborto durante os primeiros meses de casada.

GenealogiaEditar

ReferênciasEditar

  1. a b c "Princess Victoria's Wedding", The New York Times (Berlin), 20 November 1890