Abrir menu principal

FamíliaEditar

Amália foi a décima dos quinze filhos do príncipe Carlos Cristiano, Príncipe de Nassau-Weilburg e da princesa Carolina de Orange-Nassau. Os seus avós paternos eram o príncipe Carlos Augusto de Nassau-Weilburg e a princesa Augusta de Nassau-Idstein. Os seus avós maternos eram Guilherme IV, Príncipe de Orange e a princesa Ana, Princesa Real e Princesa de Orange.[1]

Casamento e descendênciaEditar

Amália casou-se no dia 29 de outubro de 1793 com o príncipe Vítor II de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym. Tiveram quatro filhas:

  1. Hermínia de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym (2 de dezembro de 1797 - 14 de setembro de 1817), casada com o arquiduque José da Áustria; com descendência.
  2. Adelaide de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym (23 de fevereiro de 1800 - 13 de setembro de 1820), casada com o futuro grão-duque Augusto de Oldemburgo; com descendência.
  3. Ema de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym (20 de maio de 1802 - 1 de agosto de 1858), casada com o príncipe Jorge II de Waldeck e Pyrmont: com descendência.
  4. Ida de Anhalt-Bernburg-Schaumburg-Hoym (10 de março de 1804 - 31 de março de 1828) casada com o futuro grão-duque Augusto de Oldemburgo, viúvo da sua irmã; com descendência.

Referências

  1. C. Arnold McNaughton, The Book of Kings: A Royal Genealogy, in 3 volumes (London, U.K.: Garnstone Press, 1973), volume 1, page 205