Abrir menu principal
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde julho de 2014). Ajude e colabore com a tradução.
Membro da AEA, John Alexander Douglas McCurdy nos controles do AEA Silver Dart durante um encontro de aviação perto de Toronto, Canadá, ~1911.

Aerial Experiment Association (AEA) foi a designação de um grupo de pesquisa aeronáutica Canadense-Americano formado em 30 de setembro de 1907, sob a liderança do Dr. Alexander Graham Bell.[1]

A AEA produziu vários modelos diferentes de aviões em rápida sucessão, com cada membro atuando como projetista principal em ao menos um. O grupo introduziu inovações técnicas importantes, notadamente ailerons nas pontas das asas e trem de pouso em triciclo.

De acordo com Bell, a AEA era uma "associação científica cooperativa, não para lucro, mas pelo amor à arte e para fazer o possível para ajudar uns aos outros".[2] Apesar da associação não ter tido nenhum impacto comercial significativo, um dos seus membros, Glenn Curtiss, mais tarde criou uma empresa aeronáutica bem sucedida. A AEA foi dissolvida em 31 de março de 1909.

Aeronaves projetadas e construídasEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Milberry 1979, pp. 12–13.
  2. Milberry 1979, p. 13.
  3. Casey 1981, pp. 6–7.
  4. Casey 1981, pp. 8–11.
  5. Casey 1981, pp. 12–15.
  6. Casey 1981, pp. 16–23.
  7. Casey 1981, pp. 24–27.
  8. Casey 1981, pp. 28–33.
  9. Casey 1981, pp. 34–36.
  10. Milberry 2008, p. 73.

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar