Aeroporto de Chapecó

Chapecó
Aeroporto
Aeroporto Serafin Enoss Bertaso
IATA: XAP - ICAO: SBCH
Características
Tipo Público
Administração Municipal[1]
Serve Região de Chapecó
Localização Brasil Chapecó, SC
Inauguração 18 de março de 1978 (42 anos)
Coordenadas 27° 08' 02" S 52° 39' 43" O
Altitude 654 m (2 146 ft)
Movimento de 2018
Passageiros 564.995 Embarques
Carga 182 334 Kg
Aéreo 2 397 Decolagens
Principais companhias Azul Linhas Aéreas

Gol Linhas Aéreas

LATAM Airlines Brasil

Mapa
SBCH está localizado em: Brasil
SBCH
Localização do aeroporto no Brasil
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
11 / 29 2 063  m (6 768 ft) Asfalto
Notas
Dados do DECEA[2] e da ANAC[3]

O Aeroporto de Chapecó - Serafim Enoss Bertaso (IATA: XAP, ICAO: SBCH) é um aeroporto regional no município de Chapecó, em Santa Catarina. É um importante centro de tráfego aéreo do interior do país, pois atende à demanda de todo o Oeste Catarinense, além do Sudoeste do Paraná e Noroeste do Rio Grande do Sul.

Localizado a 9 quilômetros do centro de Chapecó, é o terceiro aeroporto com maior movimento de passageiros de Santa Catarina. Em 2017, movimentou cerca de 564.995 passageiros, atrás apenas do Aeroporto Internacional de Florianópolis e do Aeroporto Internacional de Navegantes.[4]

Possui capacidade para operar com aeronaves de até 186 passageiros.[5][6] Os principais destinos são Florianópolis, São Paulo, Brasília e Porto Alegre.

Opera com as companhias aéreas Azul Linhas Aéreas, Gol Linhas Aéreas, Avianca Brasil e LATAM Airlines Brasil.[7]

HistóriaEditar

O primeiro aeroporto foi construído no final da década de 1940, onde hoje é o bairro São Cristóvão. O aeroporto era uma simples pista de terra e tinha apenas um hangar, e suas operações com a Varig, Cruzeiro do Sul, e a Sadia, que mais tarde se tornaria a Transbrasil, eram limitadas devido ao seu pequeno espaço. E para resolver esses problemas de operação, foi construído o novo e atual aeroporto mais ao sul de Chapecó, sendo inaugurado em 18 de março de 1978, já que o antigo estava sendo cercado pelo crescimento da cidade. Com a inauguração do novo aeroporto, já poderia receber mais voos comerciais regulares.

O aeroportoEditar

 
Terminal de passageiros

Localizado a 9 km da área central de Chapecó, tem operação noturna e procedimentos para pouso por instrumentos constituído por rádio VOR/DME e NDB, sistema PAPI para procedimentos de aproximação e uma seção contra incêndio.

Sua pista tem uma extensão homologada de 2.063 metros e largura de 45 metros.[8]. Estudam-se melhorias, como a ampliação da pista para 2.963 metros e o reforço do piso com uma nova camada de asfalto, porém sem prazo para execução[9].

Seu terminal de passageiros é climatizado e mede 1.173 m². Conta com hangares para aviação executiva, taxi aéreo, como também o Aeroclube de Chapecó, que mantém uma escola voltada para a aviação civil.

Terminal de passageirosEditar

  • Estacionamento capacidade: 150 vagas
  • Estacionamento de aeronaves número de posições: 02
  • Esteira para bagagens
  • Lanchonete
  • Raio X para vistoria de bagagem de mão
  • Sala de embarque
  • Sala de desembarque

Segurança aeroportuáriaEditar

O Aeroporto de Chapecó possui vigilância armada durante 24 horas, realizada por empresas terceirizadas, instalações para guarnição de Corpo de Bombeiros. Seu nível de segurança é de categoria cinco (5).

Sistema de comunicaçãoEditar

 
Boeing 737 da Gol a aterrisar no aeroporto

Conta com sistema de comunicação que dá cobertura para as aeronaves que cruzam o espaço aéreo local.

Equipamentos:


Movimento operacionalEditar

Histórico Operacional[10]
Ano Passageiros Carga Movimentos
Número Δ Carga (kg) Δ Número Δ
2019 85.123 111.006 751
2018 564.995   21,3% 692.437   30,3% 4.144   5,1%
2017 465.910   12,4% 531.584   19,2% 4.367   5,9%
2016 414.536   5,4% 445.898   13,1% 4.125   13,2%
2015 438.033   4,1% 394.152   4,2% 4.753   8,8%
2014 420.854   7,7% 378.426   17,9% 5.211   13,9%
2013 390.886   84,0% 320.852   35,2% 6.055   56,7%
2012 212.432   15,7% 237.355   35,7% 3.864   10,9%
2011 252.051   16,0% 368.959   24,8% 3.483   17,5%
2010 217.318   14,1% 295.646   50,9% 2.964   10,1%
2009 190.434   38,3% 195.930   25,5% 2.693   64,7%
2008 137.706   6,0% 263.168   30,1% 1.635   18,7%
2007 129.929   80,2% 202.285   30,3% 2.010   2,6%
2006 72.120   1,8% 155.297   11,4% 2.064   4,6%
2005 73.447   13,6% 175.334   7,7% 2.164   15,5%
2004 64.664   43,1% 162.812   189,1% 1.873   23,0%
2003 45.177   24,1% 56.323   30,7% 1.523   12,2%
2002 36.398   39,8% 81.304   10,7% 1.358   64,0%
2001 60.427   10,2% 90.997   43,0% 3.772   30,6%
2000 67.319 - 159.639 5.439
Movimento anual de passageiros
 

Dados de 2019 relativos ao período até 28 de fevereiro.

Maiores rotasEditar

Maiores rotas do Aeroporto Serafin Enoss Bertaso em 2018[10]
Rank Origem/Destino Passageiros

(embarques e desembarques)

1
 São Paulo (Guarulhos) 186.619
2
 Florianópolis 174.372
3
 Campinas 107.497
4
 Porto Alegre 9.698
5
 Brasília 510

Distâncias aéreasEditar

Ver tambémEditar


ReferênciasEditar

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 20 de julho de 2013. Arquivado do original em 3 de janeiro de 2014 
  2. «Publicação Auxiliar de Rotas Aéreas (ROTAER)» (PDF). Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). 2016. Consultado em 1 de outubro de 2016. Cópia arquivada (PDF) em 1 de outubro de 2016 
  3. «Dados Estatísticos» (XLSB). Agência Nacional de Aviação Civil. 2015. Consultado em 2 de outubro de 2016. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2016 
  4. «Airports Base». www.airportsbase.com. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  5. «Aeroporto de Chapecó começa a operar com aeronaves maiores». www.nsctotal.com.br. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  6. QuilomboMais. «Azul terá novo voo de Chapecó e Florianópolis». QuilomboMais. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  7. «Latam anuncia voos para Chapecó em 2020». www.nsctotal.com.br. Consultado em 10 de fevereiro de 2020 
  8. «Agência Nacional de Aviação Civil». www2.anac.gov.br. Consultado em 17 de dezembro de 2018 
  9. «Aeroporto Chapeco Santa Catarina SC Brasil». www.aeroportosdobrasil.com.br. Consultado em 17 de dezembro de 2018 
  10. a b «Dados estatísticos». Agência Nacional de Aviação Civil. Consultado em 26 de março de 2019 
  Este artigo sobre um aeroporto, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.