Agenda política

A agenda política refere-se ao conjunto de assuntos e táticas empregadas por grupos ideológicos ou políticos; além dos temas de debate de um executivo governamental ou de um gabinete em um governo, que tentam influir nas notícias e no debate político atual e futuro.[1][2][3]

Quando um governo dá forma à agenda política, pode estar influído pelas bases ou pela militancia do partido em eventos como conferências e inclusive por grupos de ativistas não governamentais que têm um objetivo político.[4][5]

A cada vez mais, os meios de comunicação de massas têm um efeito maior em definir a agenda política através da cobertura de uns ou outros acontecimentos.[2]

Pode-se dizer que um partido político define a agenda política se a promoção que faz de certos assuntos obtém uma cobertura mediática destacada. Por exemplo, durante o período eleitoral, os partidos políticos tentam promover seu ideário e obter cobertura mediática para aumentar seu apoio.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. (em castelhano) El diseño de la agenda política y la construcción de alternativas de solución en la política de inmigración española. Civilizar. Ciencias Sociales y Humanas. 2007.
  2. a b c (em inglês) The Mass Media’s Political Agenda-Setting Power. Arquivado em 19 de outubro de 2016, no Wayback Machine. Comparative Political Studies. 2008.
  3. (em castelhano) Estudio de agenda setting: Conceptos, metodología y bordajes posibles. Acta Académica. 2009.
  4. (em castelhano) Las bases sociales de la política Española. Revista Española de Sociología. 2004.
  5. (em inglês) How can NGOs lobby effectively to impact the political agenda? The Guardian. 26 de marzo de 2015.