Abrir menu principal
Alavanca analógica do gamepad do Nintendo 64.

A alavanca analógica (freqüentemente confundida com o joystick) é um dispositivo de entrada para um gamepad para duas dimensões (também chamado controlador direcional). Diferencia-se do joystick pois, enquanto um joystick baseia-se em conexões elétricas simples para o movimento, a alavanca analógica consiste em atividade elétrica contínua obtida por potenciômetros. Aplicado à jogos, tal diferença permite que uma alavanca analógica indique não somente que o jogador está se movimentando para certo sentido, assim como joysticks, mas também a intensidade do movimento.

Em videogames, as alavancas analógicas são geralmente utilizadas para mover um objeto do jogo, como o protagonista. Também pode ser utilizada para mover ou rotacionar a câmera de visualização da cena. Seu uso é proeminente em jogos 3D, no qual mais de oito direções são necessárias.

HistóriaEditar

 
Controle baseado no 1292 Advanced Programmable Video System lançado em 1978.

Os analógicos começaram como um joystick de menor dimensão com o 1292 Advanced Programmable Video System lançado em 1978,[1] em 1982 a Atari lançou o Atari 5200 e a General Consumer Electronics lançou o Vectrex.

Em 1989 a companhia Dempa lançou o controle XE-1 AP para o Sega Mega Drive, o controle tinha um duplo analógico, pela primeira vez com níveis variáveis de precisão e um deles com giro em 360 graus.[2]

Em 1996 a Nintendo lançou o controle do Nintendo 64 com um analógico no centro voltado para jogos em 3D com giro em 360 graus, no mesmo ano a Sega lançou o 3D Control Pad para o Saturn, em 1997 a Sony lança o Dual Analog Controller que foi o primeiro com duplo analógico em 360 graus, desde então a maioria dos gamepads passaram a vir com dois analógicos.

Ver tambémEditar

Referências