Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura o ex-prefeito da cidade de Nova Friburgo, veja Carlos Alberto Braune.
Alberto Braune
Nascimento 1864
Morte 5 de maio de 1929 (65 anos)
Ocupação farmacêutico

Alberto Henrique Braune (Nova Friburgo, 17 de dezembro de 1864[1]Nova Friburgo, 5 de maio de 1929) foi um farmacêutico brasileiro.[1]

Índice

BiografiaEditar

Ingressou na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, formando-se farmacêutico em 1886. Alberto Braune possuía em Nova Friburgo um consultório farmacêutico junto à Pharmacia Braune. Por durante certo tempo, também cumpriu a função de delegado no município[1]. Admirado pela população local da época por sua benevolência para com os mais pobres, onde as vezes os atendia gratuitamente.[2]

No ano de 1906, Alberto Braune se uniu a grupos políticos tradicionais - Galdino Antônio (pai de Galdino do Vale) e Carlos Maria Marchon - e criaou o jornal A Paz; e desta forma Galdino do Vale tornou-se seu diretor usando-o como base de sustentação de seu grupo. [3] Em Nova Friburgo, no Partido Republicano Fluminense, junto com Ernesto Brasílio, Júlio Zamith, Farinha Filho e Nelson Kemp, teve influência na política local devido ao prestígio que conquistou junto aos habitantes.[1]

Nas décadas de 1910 e 1920, Alberto Braune exerceu alguns mandatos de presidente da Caixa Rural de Nova Friburgo.[1]

Embora não fosse médico, fazia partos, visitava doentes e receitava remédios.[1] A população da cidade o presenteou com um anel de formatura de farmacêutico, comprado com o dinheiro obtido numa subscrição popular, e o defenderam de acusações de exercício ilegal da profissão — as quais, no fim, não deram em nada.[2]

Com a saúde abalada, faleceu em 5 de maio de 1929.[2]

HomenagensEditar

Referências

  1. a b c d e f g h «Alberto Braune». Fundação Dom João VI. Consultado em 11 de dezembro de 2017. Arquivado do original em 11 de dezembro de 2017 
  2. a b c d Ana Blue (14 de maio de 2016). «Das mãos que construíram a nossa história: um homem chamado Alberto Braune». Jornal A Voz da Serra. Consultado em 10 de dezembro de 2017 
  3. Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil - (CPDOC). «Dicionário da Elite Política Republicana (1889-1930), verbete: Galdino do Vale» 🔗 (PDF). Fundação Getúlio Vargas - FGV. p. 1. Consultado em 9 de dezembro de 2017 
  4. «Estátua de Alberto Braune é alvo de pichadores». Jornal A Voz da Serra. 23 de janeiro de 2017. Consultado em 17 de dezembro de 2017 
  5. «Farmacêutico Alberto Braune» (PDF). A gazeta da Farmácia / Biblioteca Nacional Digital. Abril de 1942. p. 18. 24 páginas. Consultado em 12 de dezembro de 2017 

Ligações externasEditar